28 DE OUTUBRO – DIA DE SÃO JUDAS TADEU

1294

São Judas, designado por Tadeu (que significa o corajoso), é um dos Doze Apóstolos escolhidos por Jesus para o acompanhar na Sua vida pública. Irmão de S. Tiago Menor, primo de Jesus, seguiu o Divino Mestre de perto e depois do dia de Pentecostes dedicou-se à pregação do Evangelho na Judéia, Samaria, Mesopotâmia (hoje região do Iraque) e na Pérsia, aonde viria a morrer martirizado, juntamente com o Apóstolo São Simão, apelidado «o Zelote». Costuma ser representado com uma moca ou cacete na mão porque foi assassinado à paulada. O seu corpo foi trazido para Roma, onde é venerado na Basílica de São Pedro, no Vaticano. O Papa Paulo III concedeu indulgência plenária a quem visitar o seu túmulo no dia da sua festa, que a Igreja fixou no dia 28 de outubro.

Por causa da traição de Judas Iscariotes, o nome de Judas (que significa Deus seja louvado) veio a cair no opróbrio, devotando os cristãos tal horror e desprezo por aquela designação que o termo Judas passou a ser usado como equivalente de traidor, criminoso, assassino, homem desprezível ou diabólico. Narra Santa Brígida que Nosso Senhor quis reparar tal estado de coisas e fazer justiça a nome tão belo e sublimemente usado por Seu primo materno. Numa aparição àquela famosa santa sueca, Jesus, num momento difícil, disse-lhe para recorrer a São Judas Tadeu, pois ele queria ajudar os seus irmãos neste mundo. A influência das revelações de Santa Brígida estendeu-se desde a Idade Média ate os dias de hoje e é por isso que muitos cristãos passaram a recorrer a São Judas, a exemplo de Santa Brígida. Tais foram e têm sido os favores espetaculares do Santo que a sua fama alcançou todo o mundo católico, tornando-se conhecido na tradição cristã como o advogado das causas consideradas perdidas, desesperadas, angustiosas ou muito difíceis de resolver satisfatoriamente.

Poderoso patrono das causas difíceis e desesperadas

Assim, desde o século XIV, S. Judas éinvocado nos casos difíceis e a experiência provou o poder da sua intercessão nas circunstâncias em que, esgotados todos os meios humanos, as causas parecem totalmente perdidas ou desesperadas.

Um escritor eclesiástico assegura que “entre os devotos de S. Judas, poucos há que não tenham recebido provas especiais da sua assistência nas doenças, nos assuntos mais difíceis e mesmo no desespero, nos temores, nos desgostos, nas calúnias, na pobreza, na miséria, e nas ocasiões em que toda a esperança humana parecia perdida”. S. Bernardo de Claraval tinha uma enorme devoção ao santo Apóstolo. Depois de ter conservado e honrado durante toda a sua vida uma relíquia do Santo, ordenou que, quando morresse, lhe pusessem sobre o coração e assim o enterrassem.

Dizia que não queria se separar daquele que tinha sido um poderoso protetor da sua pureza e o seu auxílio em todas as dificuldades.

Como São Bernardo, muitos têm encontrado no patrocínio de São Judas o alívio que há muito procuravam. A capela com a sua imagem na Basílica dos Mártires, em Lisboa, prova bem o agradecimento de inúmeras almas, que, aflitíssimas, a ele recorreram com eficácia. Mas capelas por todo o mundo atestam o mesmo fato. Ele entrou na devoção dos povos católicos e tem marcado a sua presença ao longo dos séculos com poderosos favores.

Como recorrer a S. Judas?

É a oração persistente, humilde, com confiança, que atrai o milagre. E é assim que se deve ir a São Judas: com preces, missas, novenas, visitas as suas capelas ou igrejas onde esteja a sua imagem e, também, muito especialmente, com esmolas.

Será muito útil aos que recorrerem à intercessão do Santo Apóstolo, que dêem em sua honra uma esmola ou façam outra Obra de Misericórdia. Nada nos atrai tanto o auxílio de Deus e a proteção dos Santos como este procedimento. Que graças magníficas e extraordinárias não concedeu Santo Antônio àqueles que lhe prometeu pão para os pobres! O Salvador disse: “Bem-aventurados os misericordiosos porque alcançarão misericórdia”. E mais: “Usarão convosco da mesma medida que tiverdes usado para com os outros”. S. Leão assegura-nos que a oração tem maior eficácia diante de Deus, quando as obras de misericórdia a acompanham.

De fato, a esmola, recomendada pela Sagrada Escritura, é uma das obras que mais satisfaz a justiça divina. O Arcanjo S. Rafael dizia a Tobias que a esmola livra da morte, apaga o pecado e obtém-nos a graça do Céu. O Eclesiastes ensinava já esta verdade: “A esmola aniquila o pecado como a água extingue o fogo”. Abri a vossa mão ao pobre, para que o vosso sacrifício fique completo. Um autor eclesiástico escreve: “Se não houvesse pobres, os pecados graves e numerosos não seriam perdoados. Os pobres são os médicos das nossas feridas espirituais. Nunca daremos aos pobres tanto quanto recebemos deles; porque, por um copo de água que lhes dermos, eles oferecem-nos um direito de entrada no Céu”.

Escutemos S. Vicente de Paulo: “Quem poderá medir o amor infinito do Filho de Deus pela pobreza? Ele quis nascer num humilde estábulo, para ser o pai dos pobres e diz em seguida, claramente, que tudo o que lhes fizessem o encararia como feito a Ele mesmo. Convém, pois, amar os pobres com uma caridade especial, vendo Jesus Cristo neles, e estimando-os como Ele os estima”.

Diante de Deus, todos somos mendigos. O que possuímos é uma esmola que recebemos da Sua Mão. Mas é preciso que Deus nos possa reconhecer como tais, para que nos dê sempre mais. “Ele fa-lo-á – diz Santo Agostinho – se vir que somos bons para os pobres”. Exercera a divina perfeição da Sua Misericórdia conosco. Muitos santos e sábios tiveram essa experiência. Um santo sacerdote, pregando numa tarde, aconselhou ao mais infeliz dos seus auditores que fizesse uma obra de misericórdia, com a confiança de que Deus viria em seu auxilio. No dia seguinte de manhã, um senhor rico veio ter com ele e disse-lhe: “Eu era ontem à tarde o mais infeliz dos ouvintes do seu sermão (ao mesmo tempo mostrava-lhe uma corda que tinha arranjado para se enforcar); segui o seu conselho e deitei no prato da coleta uma moeda de ouro. Imediatamente me senti transformado. Agora peço-lhe que me ouça em confissão, para reencontrar a felicidade”.

A Santíssima Virgem, que é tão poderosa, ajudar-nos-á se formos misericordiosos. Coloquemos obras de misericórdia nas suas mãos e Ela nos recompensará com graças especiais. “Quem semeia a misericórdia colherá o milagre”.

ORAÇÕES A S.JUDAS TADEU

Oração para se rezar nas situações difíceis
(Pode-se rezar como Novena, sempre acompanhada pela Ladainha)

Glorioso S. Judas, ilustre Apóstolo e mártir de Jesus Cristo, resplandecente de virtudes e de milagres, fiel e pronto advogado dos que vos veneram e têm confiança em vós, vós sois o patrono e o poderoso auxílio nas situações difíceis. Por isso, eu recorro e recomendo-me a vós.
Vinde em meu auxílio, eu vos suplico, com a vossa poderosa intercessão, pois obtivestes de Deus o privilégio de ajudar os que perderam toda a esperança. Dignai-vos baixar os vossos olhos sobre mim; a minha vida é uma vida de cruz, os meus dias, dias de angústia, e o meu coração um mar de amargura. Todos os meus caminhos estão cobertos de espinhos e quase não tenho um lugar de repouso. Não me abandoneis nesta triste situação. Não vos deixarei enquanto não me tiverdes atendido. Apressai-vos a socorrer-me. Ficar-vos-ei reconhecido o resto da minha vida, reverenciar-vos-ei sempre como meu patrono especial e prometo-vos espalhar o vosso culto e a força do vosso nome. Assim seja.

Ladainha do Apóstolo S. Judas Tadeu
(Para a recitação privada)

Senhor, tende piedade de nós,
Jesus Cristo, tende piedade de nós,
Senhor, tende piedade de nós,
Jesus Cristo, ouvi-nos,
Jesus Cristo, atendei-nos,
Pai do Céu, que sois Deus, tende piedade de nós,
Filho, Redentor do mundo, que sois Deus, tende piedade de nós,
Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós,
Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós,
S. Judas Tadeu, amigo de Jesus e de Maria, rogai por nós,
S. Judas Tadeu, que fostes digno de ver Jesus e Maria e de usufruir dos Seus doces colóquios, rogai por nós,
S. Judas Tadeu, que fostes elevado à dignidade de Apóstolo, rogai por nós,
S. Judas Tadeu, que tivestes a honra de ver o vosso Divino Mestre abaixar-se até vos lavar os pés, rogai por nós,

S. Judas Tadeu, que na Última Ceia recebestes a Sagrada Eucaristia das mãos do próprio Jesus, rogai por nós,
S. Judas Tadeu, que depois da dor cruel que vos causou a morte do Vosso Mestre bem-amado tivestes a consolação de O ver ressuscitado e de assistir a Sua gloriosa Ascensão, rogai por nós,
S. Judas Tadeu, que fostes cheio do Espírito Santo no dia de Pentecostes, rogai por nós,
S. Judas Tadeu, que convertestes a Fé povos inumeráveis, rogai por nós,
S. Judas Tadeu, que operastes prodígios espantosos por virtude do Espirito Santo, rogai por nós,
S. Judas Tadeu, que anunciastes a Boa Nova da salvação aos pobres, rogai por nós,
S. Judas Tadeu, que destes a vida de Deus batizando os que se abriam à Fé, rogai por nós,
S. Judas Tadeu, que alimentastes os primeiros cristãos com o Corpo e Sangue de Cristo, rogai por nós,
S. Judas Tadeu, que desprezando as ameaças dos ímpios, pregastes sem medo os dogmas da Fé, rogai por nós,
S. Judas Tadeu, que tivestes a felicidade de morrer sob os golpes dos inimigos, para glória do vosso Divino Mestre, rogai por nós.
Nós vos invocamos com confiança:
Que por vossa intercessão a Igreja cresça em zelo ardente na Fé de Jesus Cristo, atendei-nos, nós vos suplicamos,
Que os povos conservem a paz, fruto da Obediência a Deus, atendei-nos, nós vos suplicamos,
Que os homens conheçam Jesus Cristo, o Caminho, a Verdade e a Vida, atendei-nos, nós vos suplicamos,
Que a Fé, a Esperança e a Caridade aumentem nos nossos corações, atendei-nos, nós vos suplicamos,
Que sejamos libertados dos maus pensamentos, das emboscadas do demônio, e das situações aflitivas, atendei-nos, nós vos suplicamos,
Dignai-vos cobrir com a vossa proteção todos os que vos honram, livrando-os dos males do mundo e do Inferno, atendei-nos, nós vos suplicamos,
Dignai-vos preservar-nos do pecado e da ocasião do pecado, atendei-nos, nós vos suplicamos,
Que possamos expiar, antes da morte, todos os pecados, pela virtude dos divinos Sacramentos, atendei-nos, nós vos suplicamos,
Dignai-vos defender-nos na hora fatal contra a raiva dos demônios, e agora dos nossos inimigos, atendei-nos, nós vos suplicamos,
Que possamos obter da Divina Justiça uma sentença favorável, atendei-nos, nós vos suplicamos,
Que possamos entrar finalmente na mansão dos vivos e gozar das delícias eternas no Céu, atendei-nos, nós vos suplicamos.
Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor,
Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor,
Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós, Senhor.
S. Judas Tadeu, rogai por nós,
E por todos os vossos devotos.

Oremos:

Glorioso Apóstolo e Mártir de Jesus, S. Judas Tadeu, que difundistes a Fé no seio das mais bárbaras e mais longínquas nações, e que gerastes inúmeros povos para Jesus Cristo pela virtude da vossa palavra santa, fazei, eu vos suplico, que renuncie desde este dia ao hábito do pecado, que seja preservado dos maus pensamentos, que obtenha sempre o vosso auxílio nas situações desesperadas, e que chegue, por fim, a essa Pátria Celeste onde é adorada a Santíssima Trindade, um Único Deus em Três Pessoas, Pai, Filho e Espirito Santo. Amen.

OUTRAS ORAÇÕES A S. JUDAS TADEU
Prece

(Que pode ser rezada como Novena com a Ladainha)

S. Judas Tadeu, glorioso Apóstolo, fiel servidor e amigo de Jesus, muitos cristãos vos invocam como o patrono especial das causas desesperadas: rogai por mim. Rogai por mim para que eu receba a consolação e o auxílio do Céu nas minhas tribulações e angústias, em particular (…) e para que, por fim, bendiga o nosso Deus, por toda a Eternidade, convosco e com todos os eleitos. Assim seja.

Louvor e Agradecimento

Ó dulcíssimo Senhor Jesus, em união com o louvor celeste, inefável, com o qual a Santíssima Trindade se louva a si mesma e que se repercute sobre a vossa Humanidade bendita, sobre Maria, os Anjos e os Santos, eu Vos louvo, Vos exalto e Vos bendigo por todos os favores e por todos os privilégios que concedestes a S. Judas Tadeu, escolhendo-o para vosso Apóstolo. Pelos seus méritos, peço-Vos que me concedais a Vossa graça e que, por sua intercessão, me fortifiqueis e me defendais da ação dos meus inimigos e na hora da morte. Assim seja. (3 Pai Nosso, 3 Ave Maria, 3 Glória ao Pai).

Oração diária a S. Judas Tadeu

O S. Judas Tadeu, recordo-vos a felicidade que sentistes quando o bom Mestre vos ensinou, a vós e aos outros Apóstolos, a oração do Pai Nosso. Por essa alegria, peço-vos que me obtenhais a graça de ser, até o fim, um fiel discípulo do Salvador. (Pai Nosso)

Oração em honra de S. Judas Tadeu, Apóstolo

Senhor Jesus, Tu escolheste S. Judas entre os teus Apóstolos e fizeste dele, para o nosso tempo, o Apóstolo das causas desesperadas. Agradeço-Te por todos os benefícios que me concedeste por sua intercessão e peço-Te que me concedas a Tua graça nesta vida para que possa participar um dia, na Tua glória, na alegria eterna. Amém.

 

SUJEIRA DEBAIXO DO TAPETE

1293

Quantas vezes já ouvimos falar nesta expressão “sujeira debaixo do tapete” e quantas vezes nós fazemos isso com a nossa vida?

A grande maioria das pessoas que conhecemos faz isso, guarda sujeira debaixo do tapete quando se deparam com os desafios e com os conflitos da vida, mas nós também fazemos isso…

Pare agora somente um momento, seja sincero contigo e reflita quantas vezes você joga a sujeira debaixo do seu tapete e há quanto tempo vem fazendo isso ao longo da sua vida?

Pode ser inconsciente (a grande maioria), mas também é de forma consciente e ao longo do tempo essa sujeira vai ficando cada vez maior chegando a um ponto que a vida não permitirá que esta se acumule mais.

Como a vida enviará sinais que o acúmulo de sujeira está passando do limite?

Com depressões, tristezas, raiva, mágoa, intolerância, isolamento, síndromes, obsessões, dores no corpo e tantas outras situações chegando muitas das vezes as doenças físicas, o último estágio para a pessoa identificar/autopercepção o que está indo errado em sua vida. É claro que essa fórmula está descrita de forma simplista, porém tem em sua essência a base original para o desenvolvimento dos males físicos, emocionais, mentais, energéticos e espirituais.

Hoje em estudos mais avançados pela ciência tradicional, já é sabido que tudo no universo é energia e condensada em diversas formas. Nosso corpo físico, assim como qualquer coisa que está inserido ao universo (Criação Divina) é energia condensada e se você vem colocando sujeira (energia suja) para dentro do seu templo de todas as formas ao invés de energia saudável, não terá condições de escapar das consequências destas ações.

Temos tudo para mudar este raciocínio, esse costume, mas é preciso tomar atitude, despertar da inércia da vida “moderna”, cair na real, primeiro tendo a consciência que somos Espírito e que estamos mais uma vez de passagem neste planeta como Seres Humanos. Esse já é um bom começo, mas é somente o começo, é preciso ainda caminhar muito para perceber de forma consciente quanta sujeira a gente vem jogando debaixo do tapete do corpo, mente, coração e da alma.

Deixar para depois o que se deve ser encarado agora é uma gigantesca ilusão e isso quando estamos falando somente desta vida. Quando ampliamos nossa visão do Ego para o Espírito referindo-se a Lei Divina da Reencarnação, você tem o Livre Arbítrio de fazer o que você quiser (literalmente), as consequências virão quando forem necessárias, porém você estará levando para sua próxima encarnação toda a sujeira do tapete desta vida que você deixou de limpar quando teve a oportunidade de fazer.

Agora seja sincero mais uma vez contigo e pense quantas encarnações você irá precisar para limpar toda a sujeira debaixo do tapete somente desta vida?

Indo mais além e ouvindo a voz do coração, será que você já não fez isso em encarnações passadas?

Qual será o acúmulo de sujeira debaixo do seu tapete em sua jornada encarnatória?

Quando a pessoa desperta para esta visão consciente de sua espiritualidade e percebe que está com uma chance maravilhosa de mudar sua história imortal, um portal se abre e ai começa outra vida de realizações e aprendizados. Muitas das vezes essa pode ser sua mais valorosa oportunidade em relação as últimas dezenas de encarnações que você teve…

A mudança é agora, não acumule mais sujeira debaixo do tapete do que você precisa. As consequências sempre serão mais duras, cada vez mais o Espírito irá precisar de encarnações mais agressivas, ou seja, com adversidades para despertar seu processo evolutivo.

Aproveite este seu momento de lucidez, mesmo que seja por conta desta leitura simples, comece agora a limpar o que você precisa para viver uma vida de intensa Alegria, Felicidade, Paz e Amor…

Qualquer um pode fazer este exercício, basta QUERER, esse sim é o grande SEGREDO.

Amor
Determinação
Confiança

Jefferson L. Orlando

* Jefferson L. Orlando – É Psicoterapeuta Reencarnacionista, Palestrante, Ministrante, Escritor, Apresentador do Programa Sol do Everest (Canal YouTube), Outorgado pela Magia Divina, Projetor Extrafísico e Espiritualista. Reside e atende em São Paulo/Capital com a Psicoterapia Reencarnacionista, Regressão Terapêutica (Método ABPR – Conduzido pelos Mentores Espirituais) e Bioenergético Anímico-Mediúnico através das Mandalas pela Magia Divina. Site: www.soldoeverest.com.br E-mail: jefferson@soldoeverest.com.br

 

O OCEANO DA EXISTÊNCIA

10308904_324683994345251_5432379364920744597_n

A Existência é como um Oceano. Neste oceano, durante as diferentes vidas, podemos estar emergindo ou submergindo, podemos estar indo em direção à Luz ou em direção às trevas. E neste vai e vem iremos encontrar muitas pessoas, e iremos nos relacionar com algumas delas. Quando nos relacionamos com pessoas que estão indo na mesma direção iremos experimentar harmonia e paz, mas quando nos relacionamos com pessoas que estão indo em direção oposta iremos experimentar desarmonia e conflito. Temos que ter o discernimento necessário para reconhecer isso e deixar ir aqueles que estão indo em direção oposta a nossa, pois tudo é um grande aprendizado, e a mudança de direção acontecerá mais cedo ou mais tarde. Não devemos segurar aqueles que estão indo em direção à Luz se nós estamos indo em direção as trevas e também não devemos segurar aqueles que estão indo em direção às trevas se nós estamos indo em direção a Luz, a menos que estejamos dispostos de mudar de direção. Só o Amor incondicional é que faz com que dois seres se unam e decidam seguir juntos eternamente em direção a Luz. A isto eu dou o nome de Nós.

 

O VITIMISMO E A REENCARNAÇÃO

10653758_611980835583063_5473850349676635734_n

Dentre tantas armadilhas que nos rodeiam desde o início da vida na matéria, uma das maiores e mais desafiadoras para o ser humano é o vitimismo. Como é fácil cair nesta armadilha!

Você já parou para pensar quantas vezes você se pôs de vítima de algo na vida?

Não? Então talvez tenha chegado a hora de parar um pouco começar a refletir e quem sabe colocar em prática uma análise verdadeira sobre você mesmo. Não é fácil se auto perceber, ainda mais admitir desvios de percursos, mas é essencial olhar para dentro com uma visão mais ampla de como as coisas estão indo e principalmente para qual direção.

Para quem é reencarnacionista fica “menos difícil” identificar quando você está caminhando pelos caminhos tortuosos do vitimismo (Ego), mas é claro que não basta ser, precisa praticar e somente a prática leva ao aperfeiçoamento.

Como quebrar a armadilha/ilusão do vitimismo?

Com o estudo e o entendimento da Reencarnação uma de tantas Leis Divina, que não é religião, doutrina, filosofia e sim uma Lei Natural. Esta ai uma das grandes chaves para a lucidez quando a ilusão/armadilha do vitimismo vier bater em sua porta.

Você é reencarnacionista, mas ainda cai na ilusão/armadilha do vitimismo?

Não basta ter uma religião, doutrina, filosofia reencarnacionista, acreditar ou saber que a Reencarnação existe, você precisa colocá-la em prática no seu dia a dia. Precisa fazer o exercício de ficar consciente nesta jornada de vida, buscar a identificação quando Ego está no comando, desativá-lo e permitir a atuação do Espírito. O reencarnacionista está praticando todos os dias nos momentos de alegrias, mas principalmente nos momentos de dificuldades. É nos momentos adversos que nós precisamos colocar os conhecimentos que adquiridos em prática, porque se não for desta forma, nada valerá ter estudado tanto, ter uma religião, doutrina, filosofia, acreditar naquele ou naquilo, é necessário praticar (Viver).

Aprofundando-se na Reencarnação você vai aprendendo a não ter preconceito, pois sabe que nesta encarnação, quem está homem na próxima pode precisar vir como mulher e vice-versa, quem está na casca negra na próxima pode precisar vir na casca branca, amarela e vice-versa, quem está heterossexual na próxima pode precisar vir como homossexual, quem está rico na próxima pode precisar vir pobre ou vice-versa e assim continua e tudo pode mudar na próxima encarnação dependendo de como foi sua passagem nesta vida, como suas ações irão reverberar em sua existência imortal, o que irá necessitar para a próxima vida para despertar seu processo evolutivo, qual corpo físico, gênero sexual, condição social, religiosidade, intelectualidade, parentes, acontecimentos, desafios e assim por diante.

A vida tem sentido sem a Reencarnação?

Sem essa Lei Natural e Divina a vida não teria sentido, seria um jogo de sorte e azar, seria tudo a cargo do acaso! Por que nasci naquela família? Por que com esses pais? Por que filho único ou tantos irmãos? Por que pobre ou rico? Por que perfeito fisicamente ou com alguma deficiência? Tudo tem um motivo, origem, escolhas/ações em encarnações passadas, as missões de alma que preciso viver, harmonizações que preciso fazer com este ou com aquela pessoa (espíritos conflitantes), Leis Universais atuando no meu processo de vida como o Karma, Merecimento, Necessidade, Livre Arbítrio, Atração Magnética, Lei Maior, Justiça Divina e tantas outras. Nesta engenhosa e magnífica teia Divina tudo está caminhando e dando as condições perfeitas de desenvolvimento e evolução para todos os seres vivos (espíritos), não deixando escapar nada. Tudo tem um motivo para estar naquele lugar e toda ação tem uma reação que pode ressoar agora ou adiante.

O estudo da Reencarnação explica uma variedade de questionamentos da humanidade e só não explica tudo pela nossa atual limitação consciencial quando encarnados e pelo infinito que é a Criação Divina. Quando falamos de vitimismo sabemos que não há vítimas, somente escolhas e suas consequências. Estamos escolhendo a todo o momento (conscientes ou inconscientes), começando a escolher mesmo antes de encarnar (nascer novamente em corpo).  A vida sempre terá sentido com o estudo da Reencarnação, as respostas mais profundas estão ali basta despertar da hipnose coletiva.

Viver é uma arte, poucos conseguem despertar para a Luz e grande maioria dorme. É possível acordar de um longo sono (ilusão), mas é preciso olhar para dentro e começar a expandir sua visão de águia, sua consciência. Se você deixar nas mãos dos outros, infelizmente sua caminhada será muito limitada e morosa.

Confie em você, busque a Luz e a Paz no templo do seu coração, pois como o mestre Jesus disse: “A paz que eu trago não é deste mundo.”

Amor
Determinação
Confiança

Jefferson L. Orlando

* Jefferson L. Orlando – É Psicoterapeuta Reencarnacionista, Palestrante, Ministrante, Escritor, Apresentador do Programa Sol do Everest (Canal YouTube), Outorgado pela Magia Divina, Projetor Extrafísico e Espiritualista. Reside e atende em São Paulo/Capital com a Psicoterapia Reencarnacionista, Regressão Terapêutica (Método ABPR – Conduzido pelos Mentores Espirituais) e Bioenergético Anímico-Mediúnico através das Mandalas pela Magia Divina. Site: www.soldoeverest.com.br E-mail: jefferson@soldoeverest.com.br

 

MESTRA ROWENA – A ASCENSÃO DE UM SER

Mestra_Rowena02
Vivi muitas vidas e nas mais diversas formas me transformei. Subi e desci aos mundos mais densos e atrasados, aos mais sutis e desenvolvidos nas suas estruturas energéticas.
Sofri, chorei e ri. Senti o fel da amargura e o néctar, o mel da felicidade.
Dancei com as flores, bailei com o vento. Senti o perfume do amor penetrar até me invadir e arrebatar no fogo da paixão.
Caminhei por caminhos difíceis, escuros e claros; muitas vezes, querendo encurtar distancias, conduzi-me por atalhos e caí em buracos, em precipícios que me pareciam, no momento intransponíveis.
Muitas vezes chorei com os aflitos, com os que sofriam, porque a dor de meus companheiros, de meus irmãos, era também a minha dor.
Matei a sede dos sequiosos de corpo e espírito. Dei de comer a quem tinha fome de espírito. Levei a Luz para o meio das trevas, o Amor para o meio do ódio, a Paz para onde havia a guerra. A Sabedoria espalhei onde só havia a ignorância. Dei a minha mão a quem me pedia ajuda com as suas estendidas.
Levei a Esperança numa vida melhor e eterna àqueles que já a tinham perdido.
Dei Fé àqueles que não tinham.
Abri meu coração para os solitários morarem nele e aí encontrem um amor puro e universal para todos, para que nunca mais se sentissem sós.
Curei os doentes de corpo e mente. Lavei as feridas dos leprosos.
Dei harmonia e compreensão àqueles que estavam em desordem e desequilíbrio em suas mentes e estados emocionais.
Aprendi a sabedoria no grande livro da vida eterna.
Meus corpos morriam e desapareciam pois eram feitos de barro e pó, mas meu Espírito, minha Chama Divina, sempre saia do meio das cinzas e revivia de novo em cada existência.
No meu rosário de vidas, fui compreendendo e assimilando que, quanto mais eu dava aos outros, quanto mais eu servia e ajudava a evolução individual e coletiva, mas evoluía, mais ascendia, mais meus horizontes espirituais se estendiam, até que atingi o infinito de mim mesma. Então, minha chama Divina fundiu-se no três em um, e nesse momento em que compreendi a unidade do tempo impossível de ser cronometrada, o verbo surgiu, a Voz do Eterno entrou por toda a parte, meus corpos de momento foram acometidos de uma energia que aumentava gradualmente de intensidade; alguma coisa desencadeou-se em mim; meus átomos pesados e sutis tinham entrada numa reação em cadeia, aparentemente, e de momento incontrolável. Nessa fração de tempo, milhões de pensamentos e formas sutis iam e vinham, mas o momento da paz interior estava sobre os meus ombros, e nesse instante minha consciência divina explodiu. Só então compreendi que o meu Espírito Divino, aprisionado durante milhões de anos, tinha se libertado: Eu havia atingido a iluminação.
Quando tudo terminou, parecia que meu corpo era o infinito, e eu sentia cada estrela e cada planeta se moverem em suas órbitas; sentia em mim a flor crescer, a água correr, o vento soprar, animal saltar, os seres humanos chorarem e rirem, seus corações pulsarem, suas mentes pensarem e suas paixões devorarem. Sentia a dor dilacerar a carne, sentia a fome dos famintos, a ansiedade dos gananciosos, a maldade dos destruidores, a bondade dos amorosos, a sede de busca dos caminheiros da senda oculta, milhões de sentimentos num só, tudo se passando em velocidade que não se pode medir.
Eu sabia de tudo, sem querer saber de nada. Minha consciência já não era ocupada pelo espaço à minha volta: ela havia se fundido com a Consciência Cósmica Universal. Então, foi quando reparei que não estava só: milhões de luzes cintilavam à minha volta como se fossem um grande mar de luz, e eu nada mais era do que uma gota desse mar.
Quando tomei consciência, ou melhor, dei-me conta dessas gotas de Luz à minha volta, como que por mágica, vi-me diante de milhões de seres, todos com corpos iguais ao meu, ou seja, todos iluminados. Meu corpo era Luz, eu já era a própria Luz, eles eram também a Luz e, nesse instante, vi que diante de mim estavam todos os Mestres da Sabedoria Universal, os seres iluminados, os orientadores e guias de todos os povos, e eu tinha me tornado um deles pela minha ação, pelo meu serviço em direção aos outros meus companheiros e irmãos, auxiliando-os na sua evolução individual e coletiva.
Mas essas luzes, todos esses Mestres do Espírito eram como átomos de um Grande Corpo Cósmico, e esse Corpo Cósmico, do qual eu me tornei também um átomo, era um veiculo de um Ser Cósmico, o Ser Universal sem nome, O Pai, A vontade Divina Cósmica.
Vós sois como átomos perdidos e estais voltando ao ponto de partida. Antes éreis inconscientes, mas quando voltardes e vos unirdes aos outros átomos cósmicos já sereis conscientes, fareis parte da Grande Consciência Cósmica.
Irmãos e companheiros, vos dei a minha experiência vivida e sentida a cada instante para que possa servir para um esclarecimento melhor da verdadeira vida espiritual.
Espero que todos aqueles que lerem as minhas palavras possam assimilar a minha experiência e que ela seja útil e impulsione um continuo desenvolvimento espiritual, a evolução individual e coletiva. Ficarei feliz se a minha experiência for útil para todos.
Como muito Amor para todos os filhos da Terra.

Canal: Protegido

Via: http://espiritosublime.blogspot.com.br/2012/09/mestra-rowena-ascensao-de-um-ser.html

COISAS QUE ACONTECEM A NÓS NOS PRIMEIROS ESTÁGIOS DO DESPERTAR ESPIRITUAL

1267

*No princípio tudo é divino e maravilhoso, tudo parece ter sentido, é como um enamoramento romântico.

*Uma multidão de perguntas de todo o tipo começam a invadir a sua mente e você quer as respostas imediatamente.

*Você começa a ‘surfar’ pelas redes sociais (e pelas ruas de sua cidade, jornais, revistas de espiritualidade, youtube, livros, etc) buscando tais respostas.

*Você se enche literalmente de informação.

*Passado um tempo, você começa a descartar a informação que não ressoa como real, e começa a se orientar mais pela sua opinião a respeito, deixando de lado as respostas dos outros. É quando o enamoramento inicial com o mundo espiritual, dá lugar pouco a pouco a um melhor “conhecimento” do que significa despertar, significa transformação e empoderamento pessoal.

*Começam as crises… de todo o tipo. Começam a cair, ruir as estruturas, crenças, velhos padrões de conduta… Você já não pode seguir fingindo que não sabe como funciona a vida na realidade.

*Seguem as rupturas (não em todos os casos), desta vez das pessoas que estão em sua vida. Algumas reagem frente a sua mudança de forma positiva e outras simplesmente desaparecem de sua existência. Aqui é quando a coisa fica interessante: começam as perguntas interessantes. Para que? Por que o mundo é tão obscuro, sombrio? Como posso ser feliz e seguir conectado, estando o mundo do jeito que está? Não me parece que o mundo seja um lugar justo… e muitos jogam a toalha. Ou renunciam ou paralisam na vibração “ESTE MUNDO NÃO É JUSTO, EU TENHO QUE CORRIGI-LO”.

*Depois de uma temporada no “limbo”, você vai se dando conta de que o mundo não é justo, mas está em equilíbrio, e que são dois conceitos distintos. Que o mundo reflete o interior da humanidade… e, esta é a descoberta mais transformadora para aqueles que tem conseguido chegar até aqui. NÃO TEM QUE MUDAR O MUNDO. Tem que transformar a si próprio. Compreende que o trabalho sempre foi interno… nunca fora, e que a única posição para transformar qualquer coisa é a do AMOR SEM CONDIÇÕES (incondicional). TE AMO COMO VOCÊ É E AS SUAS CIRCUNSTÂNCIAS. E a partir dessa aceitação, acontece a magia.

E aqui é quando começa o caminho de verdade, a partir da maturidade, da responsabilidade, da coerência, da alegria pela vida, e da plenitude, com seus dias bons e seus dias maus.

A vida não vai necessariamente mudar, mas vai mudar a si mesmo e o seu diálogo com ela… Você é o dono da sua vida.

Tradução: Verônica D’amore
fonte: despertando.me

Via: https://www.facebook.com/pages/O-Despertar-Da-Humanidade/234350480026685?fref=photo

ORAÇÃO AO CRIADOR

140

Divino Criador Pai, Mãe, Filho, todos em Um,

Se eu, minha família, meus parentes e antepassados

Ofendemos tua família, parentes e antepassados

Em pensamentos, palavras, fatos ou ações

Desde o inicio de nossa criação até o presente;

Nós pedimos teu perdão

Deixe que isto se limpe, purifique, libere

E corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas

Transmuta essas energias indesejáveis em pura luz. E assim é.

Para limpar meu subconsciente

De toda a carga emocional armazenado nele,

Digo uma e outra vez durante meu dia

As palavras chaves do Hooponopono

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Me declaro em paz com todas as pessoas da Terra

E com quem tenho dívidas pendentes

Por esse instante em seu tempo

Por tudo o que não me agrada de minha presente vida

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Eu libero todos aqueles de quem acredito

Estar recebendo danos e mal tratos

Porque simplesmente me devolvem

O que eu os fiz antes

Em alguma vida passada

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Ainda que me seja difícil perdoar alguém

Eu sou quem pede perdão a esse alguém agora

Por esse instante em todo tempo

Por tudo o que não me agrada de minha vida presente

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Por este espaço sagrado que habito dia a dia

E com o qual não me sinto confortável com isto

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Pelas difíceis relações das quais guardo somente lembranças ruins

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Por tudo o que não me agrada na minha vida presente

De minha vida passada, de meu trabalho

Ou o que está ao meu redor

Divindade, limpa em mim o que está contribuindo com minha escassez

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Se meu corpo físico experimenta

Ansiedade, preocupação, culpa, medo, tristeza, dor…

Pronuncio e penso: minhas memórias, eu te amo

Estou agradecida pela oportunidade de libertá-los a voces e a mim

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Neste momento afirmo que …eu te amo.

Penso em minha saúde emocional

E na de todos os meus seres amados…te amo

Para minhas necessidades e para aprender a esperar sem ansiedade, sem medo

Reconheço as memórias aqui…..sinto muito, te amo.

Minha contribuição para a cura da Terra

Amada Mãe Terra, que és quem Eu sou

Se eu, minha família, meus parentes e antepassados

Te maltratamos com pensamentos, palavras, fatos e ações

Desde o inicio de nossa Criação até o presente

Eu peço teu perdão

Deixa que isto se limpe, purifique, libere e corte todas

as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas.

Transmuta estas energias indesejáveis em pura luz. E assim é.

Para concluir, faço de teu conhecimento

Que este áudio é minha contribuição

À tua saúde emocional

Que é a mesma minha

Então esteja bem.

E na medida que tu vais te curando, eu te digo que

Eu sinto muito pelas memórias de dor que comparto contigo.

Te peço perdão por unir meu caminho a ti para curar

Te dou as graças porque estás aqui por mim

E eu te amo por ser quem és.