ORAÇÃO REIKIANA – O PODER DE CURA DAS MÃOS

1069

Deus, meu Deus;
(Pai e Mãe de todos nós)
fonte única e verdadeira
de onde provem
toda força e luz,
ofereço-Te minha mãos
ao serviço amoroso
de tua infinita Energia.
Reverenciando meus antepassados,
meus mestres (visíveis e invisíveis),
meu santo anjo da guarda,
os Santos Arcanjos de Deus
(Miguel, Gabriel e Rafael)
e aos mestres do Reiki;
peço humildemente
que seja iluminado,
protegido
e direcionado
da melhor forma possível
na canalização do Reiki;
para o máximo bem de todos,
segundo Tua vontade
e revelação da Tua divina glória.
Amém.

Anúncios

ORAÇÃO DE GANDHI

Imagem

Senhor, ajuda-me a dizer a verdade
diante dos fortes
e a não dizer mentiras para 
ganhar o aplauso dos fracos.
Se me dás fortuna, não me tires a razão.
Se me dás sucesso, não me tires a humildade.
Se me dás humildade, não me tires a dignidade.
Ajuda-me a enxergar o outro lado da moeda.
Não me deixes acusar o outro
por traição aos demais, apenas por não pensar igual a mim.
Ensina-me a amar os outros como a mim mesmo.
Não deixes que me torne orgulhoso se triunfo,
nem cair em desespero se fracasso.
Mas recorda-me que o fracasso
é a experiência que precede o triunfo.
Ensina-me que perdoar é um sinal de grandeza
e que a vingança é um sinal de baixeza.
Se não me deres o êxito,
dá-me forças para aprender com o fracasso.
Se eu ofender as pessoas,
dá-me coragem para desculpar-me.
E se as pessoas me ofenderem,
dá-me grandeza para perdoar-lhes.
Senhor, se eu me esquecer de Ti,
Nunca Te esqueças de mim.

RESPIRA… SE ACALMA… SE AQUIETA

Imagem

Respira, se acalma, se aquieta
A alma quando inquieta
apenas te desconecta
te distancia…te faz sofrer

Respira, se acalma, se aquieta
Pára e ouve seu coração
Escuta com calma e sem pressa
em cada pulsar ele fala com você

Respira, se acalma, se aquieta
Paralisa a mente que mente
Separa o que é seu da mentira
Olha através da ilusão

Respira, se acalma, se aquieta
Sua alma aos poucos responde
Seus sentimentos aos poucos ressurgem
Ressurgem e te fazem sorrir

Respira, se acalma, se aquieta
Olha através da membrana
Percebe a Luz refletindo
fluindo através de você

Respira, se acalma, se aquieta
Sente a alegria que surge
Sente a taça transbordando
Sentimentos que fluem de você

Respira, se acalma, se aquieta
A procura termina AGORA
Recupere o que tanto buscava
Permita-se, sinta, SEJA você

Respira, se acalma, se aquieta
Esquece o que te ensinaram
Sinta o momento presente
ELE agora está dentro de você

Cibele Santos

ORAÇÃO À MULHER

Imagem
 
Missionária da vida.
Ampara o homem para que o homem te ampare.
Não te conspurques no prazer, nem te mergulhes no vício.
A felicidade na Terra depende de ti, como o fruto depende da árvore.
Mãe, sê o anjo do lar.
Esposa, auxilia sempre.
Companheira, acende o lume da esperança.
Irmã, sacrifica-te e ajuda.
Mestra, orienta o caminho.
Enfermeira, compadece-te.
Fonte sublime, se as feras do mal te poluírem as águas, imita a corrente cristalina que no serviço infatigável a todos, expulsa do próprio seio a lama que lhe atiram.
Por mais te aflija a dificuldade, não te confies à tristeza ou ao desânimo.
Lembra os órfãos, os doentes, os velhos e os desvalidos da estrada que esperam por teus braços e sorri com serenidade para a luta.
Deixa que o trabalho tanja as cordas celestes do teu sentimento para que não falte a música da harmonia aos pedregosos trilhos da existência terrestre.
Teu coração é uma estrela encarcerada.
Não lhe apagues a luz para que o amor resplandeça sobre as trevas.
Eleva-te, elevando-nos.
Não te esqueças de que trazes nas mãos a chave da vida porque a chave da vida é a glória de Deus.

Meimei

 

ACALMA MEU PASSO, SENHOR

Imagem

Acalma  meu passo, Senhor!
Desacelera as batidas do meu coração, acalmando minha mente.
Diminua meu ritmo apressado com uma visão da eternidade do tempo.
Em meio às confusões do dia a dia, dê-me a tranquilidade das montanhas.
Retira a tensão dos meus músculos e nervos com a música tranquilizante dos rios de águas constantes que vivem em minhas lembranças.
Ajuda-me a conhecer o poder mágico e reparador do sono.

Ensina-me a arte de tirar pequenas férias: reduzir o meu ritmo para contemplar uma flor, papear com um amigo, afagar uma criança, ler um poema, ouvir uma música preferida.

Acalma meu passo, Senhor, para que eu possa perceber no meio do incessante labor cotidiano dos ruídos, lutas, alegrias, cansaços ou desalentos,
a Tua presença constante no meu coração.

 Acalma meu passo, Senhor, para que eu possa entoar  o cântico da esperança, sorrir para o meu próximo me para escutar a Tua voz.

Acalma meu passo, Senhor, para que eu possa enterrar minhas raízes no solo dos valores duradouros da vida e crescer até as estrelas do meu destino maior.

Obrigado Senhor, pelo dia de hoje, pela família que me deste, meu trabalho e sobretudo pela Tua presença em minha vida.

Obrigado, Pai!
És meu refúgio permanente, único caminho que me permite encontrar a paz!

Por: Ivete Tayar

ORAÇÃO AO AMOR

456

Senhor,
Leva de mim a tristeza
E não a entregueis a mais ninguém…
Encha meu coração com a divina fé,
Para sempre louvar o vosso nome
E arranca de mim o orgulho e a presunção.

Senhor,
Faze de mim um ser humano realmente justo…
Dá-me a esperança de vencer
Todas as minhas ilusões
Planta em meu coração
Somente o mais nobre amor
E ajuda-me a fazer feliz
O maior número possível de pessoas,
Para ampliar seus dias risonhos
E resumir suas noites tristonhas…

Transforma meus rivais em companheiros,
Meus companheiros em amigos
Meus amigos em entes queridos…

Não permita que eu seja um cordeiro
perante os fortes
Nem um leão perante os fracos…

Dá-me, Senhor,
O sabor de Perdoar
E afasta de mim qualquer desejo de vingança,
Mantendo sempre em meu coração
Somente o Amor..

Amém!

ORAÇÃO A MIM MESMO

Imagem

Que eu me permita
olhar e escutar e sonhar mais.
Falar menos.
Chorar menos.
Ver nos olhos de quem me vê
a admiração que eles me têm
e não a inveja que penso que têm.
Escutar com meus ouvidos atentos
e minha boca estática,
as palavras que se fazem gestos
e os gestos que se fazem palavras.
Permitir sempre
escutar aquilo que eu não tenho
me permitido escutar.
Saber realizar
os sonhos que nascem em mim
e por mim
e comigo morrem por eu não os saber sonhos.
Então, que eu possa viver
os sonhos possíveis
e os impossíveis;
aqueles que morrem
e ressuscitam
a cada novo fruto,
a cada nova flor,
a cada novo calor,
a cada nova geada,
a cada novo dia.
Que eu possa sonhar o ar,
sonhar o mar,
sonhar o amar,
sonhar o amalgamar.
Que eu me permita o silêncio das formas,
dos movimentos,
do impossível,
da imensidão de toda profundeza.
Que eu possa substituir minhas palavras
pelo toque,
pelo sentir,
pelo compreender,
pelo segredo das coisas mais raras,
pela oração mental
(aquela que a alma cria e
que só ela, alma, ouve
e só ela, alma, responde).
Que eu saiba dimensionar o calor,
experimentar a forma,
vislumbrar as curvas,
desenhar as retas,
e aprender o sabor da exuberância
que se mostra
nas pequenas manifestações
da vida.
Que eu saiba reproduzir na alma a imagem
que entra pelos meus olhos
fazendo-me parte suprema da natureza,
criando-me
e recriando-me a cada instante.
Que eu possa chorar menos de tristeza
e mais de contentamentos.
Que meu choro não seja em vão,
que em vão não sejam
minhas dúvidas.
Que eu saiba perder meus caminhos
mas saiba recuperar meus destinos
com dignidade.
Que eu não tenha medo de nada,
principalmente de mim mesmo:
– Que eu não tenha medo de meus medos!
Que eu adormeça
toda vez que for derramar lágrimas inúteis,
e desperte com o coração cheio de esperanças.
Que eu faça de mim um homem sereno
dentro de minha própria turbulência,
sábio dentro de meus limites
pequenos e inexatos,
humilde diante de minhas grandezas
tolas e ingênuas
(que eu me mostre o quanto são pequenas
minhas grandezas
e o quanto é valiosa
minha pequenez).
Que eu me permita ser mãe,
ser pai,
e, se for preciso,
ser órfão.
Permita-me eu ensinar o pouco que sei
e aprender o muito que não sei,
traduzir o que os mestres ensinaram
e compreender a alegria
com que os simples traduzem suas experiências;
respeitar incondicionalmente
o ser;
o ser por si só,
por mais nada que possa ter além de sua essência,
auxiliar a solidão de quem chegou,
render-me ao motivo de quem partiu
e aceitar a saudade de quem ficou.
Que eu possa amar
e ser amado.
Que eu possa amar mesmo sem ser amado,
fazer gentilezas quando recebo carinhos;
fazer carinhos mesmo quando não recebo
gentilezas.
Que eu jamais fique só,
mesmo quando
eu me queira só.
Amém.

(Oswaldo Antônio Begiato)