Os 4 Estágios do Despertar Espiritual

24

Estágio 1 – Despertar

É aqui que tudo começa. E não, não foi um acidente. Sua alma planejou exatamente o que estava fazendo antes de chegar aqui – está acontecendo por um motivo.

Grandes quocientes de energia começam a inundar seu sistema. Os centros psíquicos são abertos (geralmente bastante abruptamente) e, de repente, você sente, vê ou ouve coisas que não conhecia antes. Seus sentimentos psíquicos são muito mais agudos – você pode até começar a ter experiências espirituais ou sensações poderosas, e sentir-se-á mais sensível do que o habitual.

Devido ao aumento desses sentidos psíquicos, você provavelmente sentirá a necessidade de recuar –  afastar-se de pessoas, lugares e coisas. Você vai querer hibernar. Isso é inteiramente natural.


Estágio 2 – Cura

Agora, o seu sistema está seriamente online. A energia é conduzida através do sistema chakral. O objetivo é desalojar a antiga “sujeira” da vida, que bloqueia essa energia fluindo suavemente em seu sistema (dando-lhe uma conexão mais pura com a fonte).

Há emoções antigas, dores de coração e trauma de tempos de vida passados ​​que nossa alma precisa curar. É por isso que nossos sentidos psíquicos tiveram que ser tão elevados – para que possamos aproveitar a informação de nossas vidas passadas e nos conscientizarmos disso.

Durante esta fase, você estará profundamente emocional. Suas emoções mudarão fortemente. Você pode sentir que não tem controle sobre quando, onde ou com que força elas aparecem.

Pode ser realmente difícil. E se você tentar se esconder, o universo fará com que as pessoas se movam para desencadear as emoções que precisam ser curadas. As coisas ficarão realmente sincronizadas e, provavelmente, bastante confusas, mas esta etapa passará. E a boa notícia é que, uma vez que essas questões estiverem resolvidas, será para sempre. Elas serão curadas e limpas no nível da alma, e você provavelmente nunca mais as sentirá da mesma maneira novamente.

Estágio 3 – Propósito de vida

Quando você chegar aqui,  sentir-se-á inspirado, criativo, cheio de ideias e equipado com um senso interno de dever em ajudar ou servir de alguma forma. No entanto, é provável que pequenas dificuldades apareçam, à medida em que você se direcionar  para um novo projeto – o que, provavelmente, é um território totalmente novo. Às vezes, nesta fase, você recebe uma pequena segunda onda do tópico anterior. O universo está certificando de que todas essas questões desapareceram para sempre. Você pode encontrar alguns padrões, problemas ou dores antigas novamente. E quando o fizer, provavelmente, sentir-se-á exasperado e irritado, perguntando-se se realmente fez algum progresso. Mas isso acontece para que você esclareça todo o remanescente dessa baixa autoestima, solidão ou ansiedade. Você finalmente estará livre disso!

Esse momento pode ser um pouco nervoso, enquanto você entra em uma causa, uma nova carreira ou em algo que mais te complete. Pode parecer estranho tentar algo e fazer bem, ou encontrar seu espaço no mundo. Permita-se perceber que tudo está bem. Você está seguro e orientado, enquanto tenta coisas novas e encontra formas de viver que realmente expressam quem você realmente é.

Estágio 4 – Divindade

É nessa fase que a maioria das pessoas irá dizer-lhe que você alcançou o status de guru. A Divindade é sobre ser tão claro sobre dores e crenças antigas, e pressupostos negativos sobre a vida, que você se torna verdadeiramente puro em sua energia. Você é verdadeiro em quem realmente é. Você está em sua divindade porque removeu e limpou tudo o que NÃO é quem você é. Tudo o que resta é um diamante polido.

Você sempre foi divino – não importa onde esteja nessas etapas, você ainda é divino – é simplesmente mais fácil ver essa beleza e autenticidade no topo (e torna suas habilidades psíquicas muito mais precisas também!). Suas interações com outros são claras e genuínas. Você alcança um novo nível de liberdade, porque não está mais vinculado às crenças que uma vez o limitaram. Você pode acabar como um guru. Pode andar de pés descalços em praias de areia, abençoar outros com um tapinha gentil na cabeça, ou pode ser uma pessoa normal, alinhada com o propósito de sua vida, aproveitando o sol em um churrasco familiar – totalmente presente, estável e fundamentado no momento.

____

Fonte: Mystical Raven

8 LUTAS COMUNS QUE PESSOAS ALTAMENTE INTUITIVAS EXPERIMENTAM

48015_10151632691239783_1137384415_n

Ser intuitivo é ser auto-consciente. Ser auto-consciente é ser capaz de compreender as partes de si mesmo imateriais que existem dentro da obra física e ser.

Os benefícios desse tipo de compreensão são, obviamente, infinitos, mas raramente discutidos são todos os desafios que vêm com ser muito sintonizado com seu interior. Aqui estão as coisas com as quais as pessoas altamente intuitivas tem que lidar todos os dias:

1. Nós sempre sabemos quando alguém está nos sacaneando, mesmo quando não somos capazes de dizer nada sobre

Por uma questão de manter nossas estruturas familiares ou manter nossos empregos, nem sempre podemos falar para as pessoas sua absoluta falta de consciência.


2. Quase nada é tão irritante como quando as pessoas fingem emoção, porque podemos perceber claramente

E é algo que as pessoas fazem o tempo todo: fingir emoções para obterem uma certa reação de outras pessoas. (Geralmente atenção ou amor)

Isto é tão fisicamente palpável como qualquer emoção real.


3. Nós nos sentimos estranhamente responsáveis por consertar os problemas do mundo

Este é provavelmente o resultado de deixar a intuição desaparecer dando lugar à empatia e, em seguida, deixar a empatia desaparecer e adotar emoções e questões que não são realmente nossas.

Nós rotineiramente nos encontramos em conversações profundas tentando resolver problemas de todo mundo como se fossem nossos.


4.Às vezes é difícil ser capaz de determinar se estamos com excesso de pensamento ou nos fixando em alguma coisa

A ironia está no fanto de que nós somos humanos, somos falíveis, às vezes pensamos que estamos sentindo algo só porque nossos pensamentos nos convenceram assim.

(É extremamente crucial para as pessoas intuitivas serem capazes de usar a lógica para determinar no que confiam e como eles agem sobre isso.)


5. Vivemos em um mundo que valoriza a lógica mental, não o raciocínio emocional

Nossa atitude “fazer as coisas a qualquer custo e o mais rapidamente possível” é responsável por grande parte da nossa miséria coletiva, embora as pessoas não tenham percebido isso inteiramente ainda.


6.Nós podemos sentir mais do que desejamos, por isso, acabamos nos fechando

Honestamente, nós nem sempre queremos saber as coisas que instintivamente sabemos, e a percepção de que temos essa capacidade muitas vezes leva a um fechamento de nossas próprias emoções apenas para não termos que lidar com algo que não conhecemos.


7. Somos hiper-auto-conscientes, porque estamos conscientes de como as pessoas pensam

Nós éramos as crianças que estavam sempre preocupadas com o que as outras pessoas estavam pensando – geralmente porque poderíamos muito bem “saber” com uma precisão que a maioria das pessoas não têm. Estávamos conscientes dos processos de pensamento interiores das pessoas de uma forma mais profunda.


8. Não há nada que queremos mais do que apenas “descobrir as coisas”

Nós somos as pessoas que prosperam em matéria de segurança, que só querem mergulhar em um relacionamento quando temos a certeza de que é com “a pessoa certa.”

Isso se torna uma luta, porque a vida não é sobre estar certo, é sobre tentar de qualquer maneira. Nada jamais aconteceu porque alguém estava certo de que “deveria”, aconteceu porque alguém tinha certeza de que queria tentar, e tentou.

 

___

Por: Luiza Fletcher

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Spirit Science

COMO AS PESSOAS QUE ESTÃO ENTRANDO NA QUINTA DIMENSÃO ESTÃO AGINDO?

527261_4172893116114_549019221_n

1 — Querem questionar suas existências. Querem buscar o autoconhecimento e têm coragem de acessar suas verdades e descobrir que realmente são.

2 — Não têm medo do autoenfrentamento e preferem sair da zona de conforto ao invés de continuarem presas aos velhos condicionamentos doentios como o medo, o sofrimento e a desesperança.

3 — Não aceitam mais a esperança como padrão para as suas vidas. Estão trocando os sentimentos de esperança pelos sentimentos de confiança. Pois já descobriram que a esperança é somente um maneira bonita de continuar esperando sempre por amanhãs, eternos amanhãs que nunca chegam.

4 — Querem agir ao invés de apenas aguardar que outras pessoas façam o que somente elas podem fazer para mudar as suas vidas.

5 — Não esperam mais que os milagres caiam do céu pela força do acaso, como se fosse possível o Universo dar algo sem querer nada em troca.

6 — Não pedem nada de graça, querem retribuir e não apenas receber.

7 — Já descobriram que não têm controle sobre as outras pessoas e não querem mais mudá-las. Mas lutam para dar o máximo de si para que seus exemplos mudem as outras pessoas.

8 — Não querem mais tudo na hora que desejam. Estão compreendendo que a paciência no fundo é uma prática da paz com a consciência. Têm plena certeza que tudo virá no momento certo e mais adequado. Trabalham insistentemente e com convicção para aquilo que desejam, mas não tentam mais controlar o tempo, pois sabem que não têm esse poder.

9 — Não brigam mais, preferem conversar e dialogar. É impossível entrar na quinta dimensão por exemplo um casal que discute constantemente por motivos futeis como ciúmes ou medo. Sabem que a traição não é um problema do traído, mas sim de quem traí, pois este sim está com um sério problema para ser resolvido em sua vida.

10 — Se posicionam perante as dificuldades e não potencializam mais o problemas. Potencializam sim as soluções. Sempre as soluções.

1 1— Trocaram os sentimentos de inveja pelos sentimentos de admiração.

12 — Têm certeza que tudo o que for para ser, já é. Estão começando a acessar seus propósitos de vida, decretados antes dos seus nascimentos. Sendo assim sabem que há vida após a morte, há vida antes do nascimento e há vida o tempo todo. A vida não cessa jamais.

13 — Já descobriram que as pessoas não mudam, elas apenas vão se transformando naquilo que realmente são e sempre quiseram ser.

14 — Não querem mais perder tempo reclamando. Seus pontos de vistas estão mudando gradativamente e estão começando a enxergar que este mundo é repleto de coisas possíveis de agradecimento diário.

15 — Não querem apenas sobreviver, querem viver intensamente as suas vidas, pois sabem exatamente o valor espiritual que elas possuem.

16 — Estão começando a compreender que a gratidão é o sentimento mais poderoso que existe, e que este sentimento possui uma vibração altíssima capaz de transmutar todos os sofrimentos em cura, todos as mazelas em concórdias e elevações.

17 — Já entendem que a felicidade não está no futuro como disseram para elas desde que nasceram. Sabem que a felicidade verdadeira está no agora e se chama gratidão. Não buscam mais a felicidade, pois sabem que quem está em busca da felicidade no fundo está decretando para si mesmo que é uma pessoa infeliz. Sentem-se felizes porque sabem que é dentro do presente dinâmico e eterno onde tudo acontece.

18 — Sabem que podem criar suas realidades a partir da imaginação e do poder das suas intenções. Não desejam coisas a esmo, desejam com potência e intensidade, pois somente assim conseguirão dialogar com a natureza e manifestar os milagres sobre a Terra.

19 — Não querem perder tempo com fofocas e conversas que não levam a lugar algum. Sabem inverter as vibrações dos ambientes e neutralizar as energias negativas de forma consciente e eficaz.

20 — Estão optando por valorizar mais as pessoas do que as coisas. Sabem que as coisas materias têm preço e a coisas imaterias como as amizades verdadeiras e o amor são coisas preciosas, que por sinal serão somente essas que levarão para além desta vida.

21 — Não querem mais viver num mundo de acúmulos de coisas e consumo doentio. Querem compreender o que é o compartilhamento mútuo e desejam viver em harmonia. Querem dividir para somar e não acumular para juntar.

22 — Não querem mais perder tanta energia tentando se equilibibrar. Preferem a harmonização, pois sabem que todos aqueles que tentam se equilibrar uma hora caem, pois estão vivendo o tempo todo numa espécie de corda bamba.

23 — Querem resolver os problemas o mais rápido possível e só atraem pessoas que pensam da mesma forma. Detestam conviver e trabalhar com pessoas enroladas que não gostam de decidir e estão sempre tentando controlar mental e psiquicamente as outras pessoas.

24 — Estão completamente salvas das mazelas da procastinação. Querem ir adiante e agir.

25 — Estão se sentindo diferentes das outras pessoas, mas sabem que não são melhores que ninguém. Sabem que não são pessoas especiais, mas ao mesmo tempo terão mais responsabilidades perante a sociedade.

26 — Estão isentas de qualquer tipo de preconceito justamente por saberem que um dia já foram em vidas passadas ou poderão ser em vidas futuras aquela pessoa a qual a sociedade pede para julgar. Há somente respeito. Não há discórdia.

27 — As religiões estão ficando em segundo plano. O que importa é a sua ligação direta com Deus. Sem intermediários.

28-Estão tendo sonhos lúcidos e projeções fora do corpo que elucidam suas vidas passadas e futuras.

29 — Estão tendo acesso aos seus mentores espirituais através da intuição e da clarividência.

30 — Querem e crêem no mundo melhor. Não aceitam a ideia das catástrofes e da falta de amor na humanidade. Têm absoluta certeza que a luz vencerá a escuridão como sempre fez.

31 — Não estão mais conseguindo assistir televisão.

32 — Sabem que a quinta dimensão não é um lugar, mas sim uma frequência.

33 — Não têm mais medo do desconhecido. Sabem que o mundo extrafísico faz parte da Natureza dos homens e a paranormalidade deve ser encarada como algo natural e não como algo amedrontador.

34 — Sabem que o demônio não existe. Existe somente orgulho, egoísmo, ganância, medo e ilusão.

Por: Carlos Torres – Escritor e mensageiro, editor, palestrante, pai e pacifista.
Via: http://www.osegredo.com.br

PINEAL: COMO CUIDAR BEM DA GLÂNDULA QUE FAZ A PONTE ENTRE O CORPO E A ALMA

post-ativador-pineal

Uma glândula, endócrina, do corpo humano – a pineal. Uma pequena ervilha no meio da cabeça. Outra glândula, também endócrina – a hipófise ou pituitária. Outra pequena ervilha, na frente da pineal. As duas fazem uma ponte e esta é a ponte que te permite transitar entre os mundos, o físico e o espiritual. Parece crença mas é ciência, veja aqui.

Desde tempos antigos,  no século XVII, René Descartes afirmava que a pineal era o ponto de união entre o corpo e a alma – o olho da mente – ou seja, um órgão com funções transcendentes. Após Descartes, muitos outros dedicaram-se ao estudo desta que é considerada, modernamente, o local do corpo físico dos seres vivos onde se dão as transformações da consciência.

Dos nove hormônios que a glândula pineal produz um deles se chama melatonina. A Melatonina é um hormônio que regula o sono, entenda-se os ciclos de atividade-repouso, o sono-vigília, e a regulação do sistema imunológico. A glândula pineal funciona enquanto está escuro, portanto é muito importante que, ao se preparar para o sono, apague luzes e sons, se afaste de equipamentos emissores de ondas, que também perturbam a função da pineal (computador, celular, geladeira, forno de microondas, enfim, todo aparelho elétrico ou eletrônico emite algum tipo de ondas que perturbam a pineal), refresque o ambiente (o calor também prejudica o adormecer) e elimine até fontes aromáticas que podem excitar seu cérebro.

A pineal também é responsável pela liberação, no seu cérebro, de dimetiltriptamina (DMT) que é o precursor da serotonina, aquela tal que não deixa você ficar deprimido.

Quando somos crianças, a pineal é maior, uma pinha grande que ocupa uma boa porção da parte de trás do nosso hipotálamo. Conforme envelhecemos, esta e outras glândulas vão encolhendo – acontece também com o timo, a glândula da alegria.

Mas não só a pineal diminui de tamanho. Ela também se calcifica e se torna mais lenta, e aí é que mora o perigo pois a calcificação da pineal tem uma correlação forte com a ocorrência do Mal de Alzheimer e, segundo os estudiosos, o fluoreto é um dos principais causadores desse processo de calcificação assim como na redução da produção de melatonina.

Uma dieta pobre de alimentos naturais e rica em alimentos industrializados, conservantes, açúcar branco, refrigerantes, transgênicos, químicos e pesticidas é um passo direto para a calcificação extrema da pineal, portanto, do seu envelhecimento precoce.

Por outro lado, o bom funcionamento da pineal, aparte de nos garantir um“terceiro olho” mais luminoso e aberto, também nos garante ampla saúde do nosso organismo por conta da boa produção da melatonina, hormônio que previne e combate insônia, nervosismo, estresse, envelhecimento precoce, depressão, doenças cardíacas, câncer, catarata, impotência masculina e frigidez feminina, além de epilepsia, hipertrofia da próstata e doenças de pele.

O que fazer, então, para manter a saúde da glândula pineal?

* Reduza o flúor

A redução do flúor das águas tratadas pode-se lograr filtrando adequadamente a água da torneira (não use filtro por osmose reversa que, na verdade, mata a água): mude sua pasta de dentes para uma que não contenha flúor e, no limite, use água mineral não fluoretada em sua casa.

* Tome vinagre de maçã diariamente

2 a 3 colheradas de vinagre de maçã por dia é um excelente desintoxicador do nosso organismo.

* Coma alimentos ricos em iodo

O iodo é abundante nas algas marinhas, frutos do mar, banana, oxicoco (cranberry), couve, brócolis, feijão verde, outras folhagens verdes e muitos outros alimentos.

* Cacau cru

A semente do cacau é uma delícia, e também a polpa do fruto quando fresco. Com o cacau cru se combate os radicais livres e se mantém o cérebro saudável, estimulando e desintoxicando a pineal.

* Óleo de coco extra-virgem

Prensado a frio é um ótimo nutriente para nosso organismo, é rico em triglicérides de boa qualidade que, no fígado, sob a forma de cetonas, restauram os neurônios e a função dos nervos no cérebro.

* Centelha asiática, brotos de alfalfa e de salsinha

Também dá esse efeito desintoxicante e energizante da glândula pineal. Estas são ervas que podem, facilmente, ser incorporadas à sua alimentação em saladas, chás ou temperos.

* Privilegie alimentos ricos em:

Ácido fólico, cálcio, magnésio, selênio, omega 3 e vitamina B6

* Incorpore à sua alimentação diária:

Mel, banana e jabuticaba.

* Ah, e deixe seu óculos de sol meio de lado

Isso é importante porque a pineal reage à quantidade de luminosidade que nos entra pela retina como uma célula fotossensível.

 

Por: Alice Branco – Via: https://www.greenme.com.br

Revisão: Cibele Santos – Nutricionista, Taróloga e Terapeuta Xamânica

QUAL A FINALIDADE DA VIDA?

Imagem

O ser humano vem ao mundo e logo pensa que o objetivo da vida é um ou vários destes: adorar um Deus, trabalhar, criar famílias, estudar, buscar prazeres, fazer o bem, acumular riquezas e tornar-se famoso. Então, encontra seu par conjugal, uma vocação, uma posição, uma carreira que lhe satisfaz. Além de um espaço só seu, quer ser respeitado e admirado. Aí surgem as dificuldades: o ser humano precisa lutar pela posição que, a seu ver, lhe pertence. Assim, começa uma batalha sem fim pela sobrevivência – às vezes oculta e extremamente astuta. Não raro é uma luta sem misericórdia, contanto que seja alcançada a meta tão cobiçada. Porém, ao encontrar alternadamente êxitos e fracassos, começa a sentir que esse combate se torna insuportável. A vida parece ser injusta e imprevisível.

Uma vez alcançado o objetivo cobiçado, o desejo satisfeito perde todo o seu encanto e esplendor, e outro objetivo aparece no horizonte. O ser humano sente a imperfeição, a crueza e o absurdo da vida. Vê as deficiências claramente diante de si e quer corrigi-las. Pensa que é possível existir uma vida melhor: uma vida de paz e de harmonia, uma vida sem exploração, violência e medo. Acredita que é possível instaurar esse novo estado.

Seus novos sonhos tomarão forma finalmente? Não! Eles sempre se transformam em ilusões e utopias. A vida é e permanece imperfeita. A meta atingida escorre pelas mãos e converte-se no oposto: o bem transforma- se em mal; a perfeição, em imperfeição; a alegria, em sofrimento. Toda ação gera seu contrário, e ambos aniquilam-se mutuamente.

O resultado é nulo, sempre nulo. A existência revela-se um desencanto, uma desilusão. O número de derrotas é excessivamente grande. Onde se pode encontrar a resposta para o anseio insaciável de viver? Os desejos ardentes, o querer e o buscar incessantes não representam o reconhecimento relutante de uma falha fundamental? Não são eles a lembrança inconsciente de um estado de vida perfeito que já existiu?

Não são uma tentativa de suprir e corrigir o próprio estado de imperfeição e, assim, restabelecer a condição de vida original? A aspiração por progresso e por uma vida mais harmoniosa, por cultura, ciência e religião não é o indício mais patente da imperfeição desta vida?

Entretanto, o ser humano não quer confessar seu desencanto. Não quer enxergar os míseros resultados de sua luta e de seus atos, pois prefere sonhar com o que perdeu há muito tempo: a perfeição. Por enquanto, ele se satisfaz com resultados insignificantes. Narcotiza-se com eles e simula esse estado de perfeição.

Dessa maneira, assume um curioso comportamento conflitante: nega a imortalidade, mas se esforça ao máximo por ignorar a morte. Iludindo-se, declara que o mundo é belo e tudo corre às mil maravilhas. Ele se imagina no apogeu do conhecimento e da cultura, comporta-se como um rei… Mas não deixa de ser um mendigo.

O objetivo do verdadeiro ser humano é retornar ao reino divino, ao campo da verdadeira existência, que fica completamente separado das limitações e constrangimentos da vida material e que um dia, há muito tempo, foi seu verdadeiro lar. Para tanto, ela nos acena com um ensinamento: o caminho da Transfiguração. É esse caminho que leva o homem interior a sair deste campo de vida perecível e transitório rumo ao campo de vida imperecível e eterno. A Transfiguração é a grande metamorfose do espírito, da alma e do corpo.

Durante esse processo de transfiguração, o homem mortal é elevado a um estado de consciência completamente novo. Esse estado é o caminho de iniciação do cristianismo original, tal como é descrito por João no Novo Testamento: “É preciso que eu diminua para que o Outro cresça”.

O Outro, o imortal, não se sente em casa neste mundo de opostos e antíteses, pois ele vem de uma ordem de natureza muito mais elevada. No entanto, quando o ser humano consegue encontrar e realizar esse caminho, pode retornar à fonte original: ao reino ilimitado, da unidade e da harmonia. E assim alcança, finalmente, a perfeição.

 

 Por: Fernando Leite  – Escola Internacional da Rosacruz Áurea

OS SINTOMAS DA ASCENSÃO – POR J.J. HURTAK

Imagem

As dores físicas, especialmente na coluna, ombros e costas 

Isto é resultado de intensas mudanças no nível do DNA à medida que “a semente da nova energia” vai despertando dentro de vocês. Tudo isto passará.

Sentimento de profunda tristeza interior sem razão aparente 

Vocês estão liberando seu passado (estas vidas e outras) e isto provoca este sentimento de tristeza. É como a experiência de se mudar de uma casa onde vocês moraram por muitos anos para uma nova. Quanto mais vocês quiserem ir para esta casa nova, mais experimentarão a tristeza de deixar para trás as recordações, a energia e as experiências da casa antiga. Tudo isso também passará.

Mudanças repentinas no trabalho e na profissão 

Sintoma muito comum. Quando vocês estão mudando, as coisas ao seu redor também mudam. Não se preocupem em encontrar o trabalho ou a profissão perfeita. Tudo isto passará. Vocês estão em período de transição e deverão passar por muitas mudanças de trabalho antes de encontrar o que realmente os atrai.

Afastar-se das relações familiares  

Vocês estão conectados com sua família biológica através do carma passado. Quando termina o ciclo cármico, os vínculos estabelecidos com essas relações se liberam. Ainda pode parecer que a relação com sua família e amigos esteja à deriva. Tudo isto também passará. Passado um tempo, vocês poderão novamente retomar a relação com eles se for apropriado. De qualquer maneira, essa nova relação se baseará numa nova energia, sem vínculos cármicos.

Padrões de sono anormais 

Pode ocorrer que vocês se sintam muito sonolentos ou despertem muitas noites entre as 2 e as 4 horas da manhã. Há muito trabalho a ser feito em seu interior, o que faz com que a mente necessite de uma folga. Não se preocupem. Se não puderem pegar no sono outra vez, levantem e façam alguma coisa em vez de ficar na cama preocupando-se com assuntos mundanos. Tudo isto também passará.

Sonhos intensos  

Podem incluir sonhos com conteúdo de batalhas ou guerras, sonhos em que são perseguidos ou sonhos com seres monstruosos, ou que correm para fugir de algum monstro. Vocês estão literalmente liberando velhas energias de dentro de vocês. E estas energias do passado são representadas como lutas. Tudo isto passará.

Desorientação física

Algumas vezes se sentirão como se não estivessem pisando no chão.

Sentir-se desafiado pelo espaço 

Com a sensação de não conseguir pôr os pés no chão ou de andar entre dois mundos. Durante a transição de sua consciência para uma nova energia, o corpo pode ficar estafado. Vocês precisam passar mais tempo na natureza para enraizar a nova energia em seu interior. Tudo isto passará.

Aumento das conversas consigo mesmo  

Vocês se verão mais freqüentemente falando com o seu eu interno. Há um novo nível de comunicação assentando-se no seu ser. Vocês estão experimentando a ponta do iceberg com essa sua conversa interna. As conversas se intensificarão e se farão mais fluidas, mais coerentes e mais visionárias. Vocês não estão ficando loucos; apenas estão dando vazão à nova energia.

Sentimentos de saudade 

Ainda que estejam na companhia de outros, podem sentir-se sós e separados dos demais. Poderão sentir o desejo de se afastar dos grupos e da multidão. Como humanos angélicos, estão caminhando para o caminho sagrado que cada um tem que trilhar por si próprio. Quanto mais ansiedade esses sentimentos de saudade lhes causam, mais difícil será interagir com os demais nesses momentos. Os sentimentos de saudade também estão associados ao fato de que os seus “guias” anteriores se foram. Eles estiveram com vocês por todas as viagens, em todas as vidas. Mas veio o momento de se afastarem para que vocês pudessem partilhar seu espaço com sua própria Divindade. Tudo isto também passará à medida que a voz interior se encha com o Amor e a energia da própria consciência Crística.

Perda da paixão 

Vocês podem sentir-se totalmente desapaixonados, ou com pouco desejo de fazer as coisas. Está bem assim. Isto também faz parte do processo. Vocês tomarão algum tempo para não fazer nada. Não lutem consigo mesmos por isso, porque tudo isto passará. É parecido com o ato de reiniciar o computador. Vocês necessitam parar por um breve período para carregar um software novo e mais sofisticado, que, neste caso, é a nova energia da semente Crística.

Um profundo anseio de voltar ‘para casa’ 

Esta é a condição mais difícil e desafiante de todas. Vocês poderão experimentar um desejo profundo e irresistível de deixar o planeta e retornar ao “Lugar”. 

Não é um sentimento suicida, pois não está baseado em raiva nem em frustração, e vocês não querem nenhum drama, nem para vocês nem para ninguém. Há uma parte muito pequena de vocês que quer voltar para Casa, pois vocês completaram seu ciclo cármico, concluíram o contrato com a vida atual, e estão liberados para se empenhar em uma nova vida. 

Porém, ainda estão num corpo físico, e mesmo que estejam preparados para aceitar os desafios relativos à entrada numa Nova Energia, e de fato vocês poderiam voltar para Casa neste exato momento, vocês percorreram um longo caminho, e depois de tantas vidas, seria vergonhoso se vocês deixassem a cena antes de o filme terminar.
Além disso, o Espírito necessita que vocês ajudem os demais a fazer a transição para a nova energia. Eles necessitam de um guia humano, como vocês, que caminharam da velha energia para a nova. A senda pela qual vocês estão caminhando os provê de experiências que os capacitaram a chegar à maestria do Novo Humano Divino.

E apesar de às vezes a sua viagem parecer escura e solitária, lembrem-se de que jamais estão sozinhos e que serão ajudados se pedirem.

Por: J. J. Hurtak

AYAHUASCA – UMA PLANTA DE PODER

Imagem

Neste texto buscamos responder às dúvidas e perguntas mais freqüentes daqueles que trilham pelos caminhos da Ayahuasca. Pensamos que a leitura deste documento possa ajudar a aclarar o PORQUE de algumas de nossas mais essenciais convicções como:

– Ayahuasca não é droga, não vicia, não causa dependência física ou psicológica, nem “alucinações”;

– Ayahuasca está associada a inúmeros casos de cura de vícios, de dependência de álcool e drogas, e de recuperação da saúde;

– Ayahuasca é uma via de auto-centramento, fortalecimento da psique, segurança, auto-estima, firmeza, otimismo e paz interior.

– A Ayahuasca age como um estupendo facilitador, de compreensão da existência das camadas profundas dos “impulsos de vida” e “impulsos de morte”, nos permitindo dialogar com o seu centro inteligente, e seus desdobramentos energéticos no plano espiritual, ou seja “invisível “ mostrando e ajudando a eliminar profundas camadas psicológicas e espirituais de nosso SER, através de ações musculares de contração e relaxamento, chamadas de PURIFICAÇÃO ou limpeza.

– Ayahuasca é um caminho para o reencontro com o que temos de melhor em nós e com o Divino manifesto na Terra.

Estas afirmações, entretanto, serão inúteis se não forem fundamentadas nos fatos e comprovadas pela experiência de cada um.

OS NOMES DA AYAHUASCA:

Existem pelo menos 42 nomes indígenas para este preparado. É notável e significativo que pelo menos 72 tribos indígenas diferentes da Amazônia, não obstante as distâncias de suas separações geográficas, de idiomas e culturais, manifestem um conhecimento tão comum e detalhado da ayahuasca e de seu uso. Eis os principais nomes pelos quais a conhecem:

Natema, Yagé, Nepe, Ayahuasca, Santo Daime, Vegetal, Dapa, Pinde, Runipan, Bejuco Bravo; Bejuco de Oro; Caapi (Tupi, Brazil); Mado, Mado Bidada e Rami-Wetsem (Culina); Nucnu Huasca e Shimbaya Huasca (Quechua); Kamalampi (Piro); Punga Huasca; Rambi e Shuri (Sharanahua); Ayahuasca Amarillo; Ayawasca; Nishi e Oni (Shipibo); Ayahuasca Negro; Ayahuasca Blanco; Ayahuasca Trueno, Cielo Ayahuasca; Népe; Xono; Datém; Kamarampi; Pindé (Cayapa); Natema (Jivaro); Iona; Mii; Nixi; Pae; Ka-Hee’ (Makuna); Mi-Hi (Kubeo); Kuma-Basere; Wai-Bu-Ku-Kihoa-Ma; Wenan-Duri-Guda-Hubea-Ma; Yaiya-Suava-Kahi-Ma; Wai-Buhua-Guda-Hebea-Ma; Myoki-Buku-Guda-Hubea-Ma (Barasana); Ka-Hee-Riama; Mene’-Kají-Ma; Yaiya-Suána-Kahi-Ma; Kahí-Vaibucuru-Rijoma; Kaju’uri-Kahi-Ma; Mene’-Kají-Ma; Kahí-Somoma’ (Tucano); Tsiputsueni, Tsipu-Wetseni; Tsipu-Makuni; Amarrón Huasca, Inde Huasca (Ingano); Oó-Fa; Yahé (Kofan); Bi’-ã-Yahé; Sia-Sewi-Yahé; Sese-Yahé; Weki-Yajé; Yai-Yajé; Nea-Yajé; Noro-Yajé; Sise-Yajé (Shushufindi Siona); Shillinto (Peru); Nepi (Colorado); Wai-Yajé; Yajé-Oco; Beji-Yajé; So’-Om-Wa-Wai-Yajé; Kwi-Ku-Yajé; Aso-Yajé; Wati-Yajé; Kido-Yajé; Weko-Yajé; Weki-Yajé; Usebo-Yajé; Yai-Yajé; Ga-Tokama-Yai-Yajé; Zi-Simi-Yajé; Hamo-Weko-Yajé (Sionas do Putomayo); Shuri-Fisopa; Shuri-Oshinipa; Shuri-Oshpa (Sharananahua).

Ayahuasca ou Ayawasca ou cayahuasca, jayahuasca ou xayahuasca, aioasca, auasca, uasca é uma palavra do idioma Quéchua que significa “cipó dos espíritos”, “chicote da alma” ou ainda “vinho dos espíritos” ou mesmo “vinho da vida”. É o nome mais usado pelos índios do Altiplano Andino que falavam o Quéchua, e foi dado em homenagem a um dos últimos Incas, o Príncipe Huaskar, que desapareceu por ocasião da conquista espanhola. O conquistador Cortez se aproveitou disso para acusar o irmão de Huaskár – o Imperador Inca Atahualpa – pelo seu desaparecimento e suposto assassinato, e assim justificar a tortura e a morte em praça publica do Imperador, a mando do tribunal da Santa Inquisição. Na verdade o tal assassinato jamais ocorreu, pois o Inca Huaskar, segundo a lenda, fugiu para a Floresta Amazônica, onde se integrou, e depois de sua morte seu nome passou a ser dado ao chá feito a partir da cocção do CIPÓ MARIRI ou JAGUBE (Banisteriopsis Caapi) com a folha da CHACRONA (Psychotria Viridis). Aya significa ALMA e Huaska significa CHICOTE, significando, pois CHICOTE DA ALMA.

NATEMA é o nome dado pelos nativos Jivaro. O termo espanhol significa, literalmente, corda da morte (corda = cipó).

YAGÉ significa em língua tupy pronuncia Ya-hay “sonho azul”, devido à coloração azul de suas mirações. A origem indígena do Yagé é a tribo dos Putumayos, do norte do Peru e da floresta amazônica brasileira.

SANTO DAIME é o nome dado pelo Mestre Raimundo Irineu Serra a Ayahuasca, quando cristianizou o chá para uso no contexto urbano.

VEGETAL – HOASKA é o nome adotado pelo Mestre José Gabriel da Costa, quando criou a União do Vegetal.

ESTADOS ALTERADOS DA CONSCIÊNCIA PELA AYAHUASCA:

A Ayahuasca é um meio de expansão da consciência, sendo que o estado de transe e extase é parte da prática religiosa de milhões de pessoas.

Para o espiritismo o transe é condição necessária para possibilitar a comunicação com os espíritos dos mortos; o médium, em transe, emprestaria seu corpo para que um espírito o usasse como veículo de sua manifestação.

A Ayahuaska joga rapidamente as ondas cerebrais de ALFA para TETA, levando para uma zona da memória onde toda a vivencia irá se desenvolver, buscando e rememorando a vida interior do corpo (genética e hereditária) e a vida exterior ou social da pessoa, no presente, passado e futuro, e abrindo para a paranormalidade.

MUDANÇAS INTERNAS DO ORGANISMO DURANTE O TRANSE:

A ingestão da Ayahuasca provoca uma mudança física, afetando diretamente o cérebro, cuja freqüência de ondas passa do nível BETA (ativo) para o nível ALFA (relaxado, entre 8 e 12 Hz) ou TETA (profundamente relaxado, entre 5 e 8 Hz). Simultaneamente ocorre redução do ritmo respiratório de 12-14 para 4-6 vezes por minuto, redução de oxigenação em até 20 por cento, redução do ritmo metabólico de 25 a 30 por cento, redução da pressão sangüínea, mudança no pH e nos níveis de bicarbonato de sódio do sangue, aumento da resistência da pele, bem como aumento da acuidade e sensibilidade da audição, da visão, e do tato. Ou a DELTA quando atingimos o ÊXTASE.

REAÇÕES FÍSICAS do CORPO DURANTE O TRANSE:

Dificilmente as ondas do cérebro serão alteradas sem alterar o organismo físico como um todo. Um está ligado ao outro, e naturalmente a alteração vai afetar todo o sistema nervoso. Sendo assim é inevitável que também os movimentos do esôfago e dos nossos intestinos sejam alterados, dependendo mais ou menos do estado de ansiedade e das condições físicas em que o indivíduo em questão se encontra no momento que passa pela experiência, podendo ocorrer eliminação de líquidos e substâncias aquosas retidas em algumas das dobras profundas dos mesmos, ocasionando um intenso bem estar em seguida.

REAÇÕES DURANTE O TRANSE QUE OCORREM NO CÉREBRO:

Passando para o estado ALFA o cérebro passa naturalmente a funcionar com ondas mais calmas do que as do dia-a-dia, as BETAS, e tem a natural tendência de deter o fluxo dos pensamentos vagabundos, duais, que o habitam; trazendo um inegável bem estar, repassado para o corpo físico todo, tanto que mesmo a dor e as infecções tendem a diminuir durante o tempo em que a mente permanece em estado ALFA.

Quando estas mudanças celulares eletroquímicas ocorrem, o aumento da atividade dos neurônios é inevitável, tendo a pessoa à impressão clara de que estava dormindo e acordou de repente, remodelando as redes neurais que estavam desconexas, fazendo com que o neocórtex (pensamento e intelecto), o sistema límbico e o tálamo (sensação e emoção) e o bulbo raquiano (intuição e inconsciente) se comuniquem. Restabelecida esta conexão, costumamos sentir que “estamos salvos”, no plural.

O TRANSE LEVA À PARANORMALIDADE. Os TIPOS de Paranormalidade são:

Telepatia – Faculdade onde o sensitivo mantém comunicação com outra pessoa à distância. Pode também se comunicar com espíritos, elementais ou “coisas”.

Clariaudiência – Captação hiperfísica nos ouvidos humanos, podendo ser ouvidos até sons de outras galáxias.

Clarividência ou Miração – O sensitivo consegue ver o que se passa em outros planos, como seres ou “coisas” que dele se aproximam no campo astral.

Psicometria – Captação pelo toque das mãos em qualquer objeto ou superfície.

Psicografia – Capacidade paranormal de “receber mensagens por escrito” de outros planos (como os Ícones cantados nos Trabalhos)

Inspiração – O sensitivo consegue captar idéias que fluem pelo espaço, dentro de uma vibração semelhante à sua.

Intuição – Manifestação vinda do Mestre Interior.

Incorporação – Manifesta-se através do movimento do corpo, podendo haver também uma manifestação simultânea de clariaudiência e/ou de clarividência.

Transfiguração – Mudança de aspecto físico.

Hiperestesia Indireta do Pensamento (HIP) – “Leitura” do pensamento (através da linguagem corporal; capacidade de “ouvir” o pensamento à curta distância, poucos metros).

Pantomnésia – Capacidade do Inconsciente de se lembrar de tudo.

Talento do Inconsciente – Inteligência e raciocínio do Inconsciente.

EFEITOS ESPIRITUAIS DO ÊXTASE:

O Êxtase, do grego “ex stasis”, significa literalmente “ficar fora”, “estar fora”, isto é, “libertar-se” da dicotomia da maior parte das atividades humanas. Êxtase é o termo exato para a intensidade de consciência que ocorre no ato criativo. Não é algo irracional: é supra-racional. Une o desempenho das funções intelectuais, volitivas e emotivas, provocando instantânea mudanças de comportamento.

O cérebro ao entrar em Êxtase vai começar a funcionar em ondas celebrais TETA profundo, não raro inconsciente sem a Ayahuasca com o chá este estado fica plenamente concentrado intensamente e consciente. Quando inconsciente e porque entrou em DELTA, que sobre efeito do chá são poucos minutos, levando a experiência da imitação da morte.

O ÊXTASE elimina a separação entre objeto e sujeito alargando as fronteiras da consciência humana, levando o sujeito à CRIATIVIDADE.

Seus efeitos são:

Oferece a certeza, a sensação de que “nada pode nos acontecer que já não nos pertença, guardado no nosso ser mais secreto”.

Unidade, pois o individuo sente que a separação entre ele e um objeto exterior não se faz mais presente, embora saiba, ao mesmo tempo, que, num outro nível ele e os objetos (animados e inanimados) estão separados.

Transcendência do Tempo e do Espaço, ao experimentar a sensação de eternidade ou infinidade.

Altruísmo (transcendência do EGO) e sentimento de Humildade, pois a pessoa está mais capacitada a ouvir seu SER interior, superando a ansiedade, a inibição, a defesa, o controle, o conflito da loucura e da morte, e isto vale dizer que o medo diminui na vida pratica.

Profunda sensação Interior de positividade, despertando alegria, bem-aventurança e PAZ.

Sacralidade, o respeito e admiração em relação à presença de realidades inspiradoras.

Objetividade e realidade, dadas pelos insights, ou iluminação a nível não racional, obtida por experiência direta

Paradoxalidade, experiências místicas que podem ser contraditórias, como “O Eu Existe e Não Existe”.

Persistentes Mudanças de Comportamento em relação ao EU, em relação à VIDA, em relação à própria experiência mística.

Livre-arbítrio ampliado devido à sensação de estar ativo, de se tornar o centro criativo de suas próprias atividades e de suas próprias percepções, mais autônomo, um agente livre, desta forma ampliando os próprios horizontes e conseqüentemente o LIVRE-ARBÍTRIO.

SOBRE A PURIFICAÇÂO:

PURIFICAÇÂO é o nome dado ao processo de descondicionamento de antigas couraças, musculares e psíquicas, tanto no plano físico, como no plano do corpo astral.

A PURIFICAÇÂO pode ocorrer em qualquer momento do Trabalho, ela atua tanto física, quanto mental e espiritualmente, através das aberturas do corpo.

Os Xamãs a chamam “Peia”, ou “Chicote de DEUS”. Ela desbloqueia as nossas resistências físicas, há muito enraizadas nos músculos, como também a RESISTÊNCIA interna a mudanças, ao novo.

A) A PURIFICAÇÂO PROMOVE ELIMINAÇÃO DE FLUÍDOS EXISTENTES NAS DOBRAS DO ESTÔMAGO QUE GERAM DOENÇAS. É crença geral que no momento em que contraímos a IDÉIA de uma doença ou de um mal, seja ele qual for, este pressentimento impregna o ar e vem em nossa direção, criando a energia geradora daquele mal, gerado nas entranhas dos intestinos. Enquanto esta energia não for expelida, a doença não pára de ativar seus efeitos, atraindo coisas específicas daquela vibração para o nosso corpo.

B) A AYAHUASKA PROMOVE A PURIFICAÇÂO NA LINGUAGEM-PENSAMENTO. Devido à fragmentação da linguagem (que provoca a desestrutura do pensamento) os pensamentos e as emoções se fragmentaram, causando grande dano mental e emocional, seja por qual razão ocorra. Quais os EFEITOS desta fragmentação e como agem em longo prazo? Agem sozinhos, nas horas menos previsíveis: parecem ter vontade própria. É o VERBO em estado caótico procurando se acomodar na nova ordem mental da mistura das letras geradas no mecanismo automático do pensamento.

C) A AYAHUASKA PROMOVE A PURIFICAÇÂO NAS FORMAS FRAGMENTADAS DE EMOÇÕES. Trata-se de formas de EMOÇÃO não domesticadas, desprendidas e atraídas pela EMOÇÃO e que ganham vida pela palavra. São o que figuradamente podemos chamar do lixo das palavras que sobraram no plano mental coletivo.

OUTROS EFEITOS DA AYAHUASCA:

DIMINUI A DEPRESSÃO, religando ao Principio Divino, gradualmente.

AJUSTA OS CORPOS SUTIS, pois são sete os planos de manifestação da vida neste planeta que nos permitem viver num corpo físico. Os sete planos, juntos, compõem o nosso corpo astral. A religação consiste em ajustar ou religar os sete corpos sutis criando HARMONIA, que se manifesta, no campo físico, pela harmonia entre pensamentos, sentimentos e a linguagem ou fala.

ATIVA a MEMÓRIA, estimulando os neurônios. Para isso são usados cantos arcaicos, de sílabas sonorizadas, que expressam a linguagem simbólica e têm como objetivo trazer as forças da Natureza e do Cosmos para a experiência humana que, desde o começo de sua presença na Terra, insiste em restabelecer o contato com o Divino.

O canto reconecta a Memória com o Sagrado, principalmente quando pronunciamos as sílabas dirigidas para o topo da cabeça. Está técnica ajuda a diminuir os pensamentos “vagabundos” que povoam a nossa imaginação.

Os CANTOS ou ÍCONES são usados no sentido de buscar a consciência das palavras e das estruturas lingüísticas, com percepção clara do Poder da Linguagem formulada pelo cérebro, assim como da Palavra dita em Voz Alta. Estudando a estrutura das palavras saberemos porque um povo age de determinada maneira e não de outra forma.

A música é capaz de ativar o fluxo de memórias acumuladas, através do “corpus callosum” – uma porção de fibras que ligam os hemisférios direito e esquerdo do cérebro – ajudando ambos a trabalhar em harmonia, estimulando as endorfinas, opiáceos naturais segregados pelo hipotálamo, que produzem um sentimento de embriaguez, como o de estar apaixonado.

Ajustando desta forma a emoção e a razão, acabamos de vez com a guerra existente entre estes dois lados da cabeça. Não há como acabarmos com as guerras exteriores e mundiais se não acabarmos primeiro com as desavenças dentro de nosso próprio cérebro.

O SOM DO MARACÁ COMO ELEMENTO DE RESTAURAÇÃO:

Nas técnicas xamânicas usam-se os Maracás, pois eles possuem o poder de restauração da saúde, eliminando obsessões de origem astral vindas de forças estranhas ao ser humano. Esses obsessores tanto podem ter origem em elementos da natureza, como em pensamentos das pessoas, e acabam ganhando vida própria.

O resultado geral do uso da Ayahuasca pode ser descrito como a pacificação gradual da personalidade, diminuindo a ansiedade, eliminando o mau humor, e equilibrando o sistema nervoso – a razão e a emoção.

 

Por: Ana Vitória – Universo Místico