A DIFERENÇA ENTRE FORÇA E CORAGEM

603830_1006904019339223_1626515474858913951_n

É preciso ter força para ser firme,
mas é preciso coragem para ser gentil.

É preciso ter força para se defender,
mas é preciso coragem para baixar a guarda.

É preciso ter força para ganhar uma guerra,
mas é preciso coragem para se render.

É preciso ter força para estar certo,
mas é preciso coragem para ter dúvida.

É preciso ter força para manter-se em forma,
mas é preciso coragem para ficar de pé.

É preciso ter força para sentir a dor de um amigo,
mas é preciso coragem para sentir as próprias dores.

É preciso ter força para esconder os próprios males,
mas é preciso coragem para demonstrá-los.

É preciso ter força para suportar o abuso,
mas é preciso coragem para faze-lo parar.

É preciso ter força para ficar sozinho,
mas é preciso coragem para pedir apoio.

É preciso ter força para amar,
mas é preciso coragem para ser amado.

É preciso ter força para sobreviver,
mas é preciso coragem para viver.

Se você sente que lhe faltam a força e a coragem,
queira Deus que o mundo possa abraçá-lo hoje
com Calor e Amor !

E que o vento possa levar-lhe uma voz que lhe diz
que há um Amigo, vivendo num outro lado do Mundo,
desejando que você esteja bem.

Por: Letícia Thompson

O PIOR CEGO É AQUELE QUE NÃO QUER VER…

venda nos olhos

Este provérbio guarda semelhança com outro que foi objeto de reflexão em um dos meus textos anteriores: “o que os olhos não vêem, o coração não sente”. Ambos significam a negação do querer ver. A conveniência sempre impondo a decisão de ficar cego diante de determinadas situações.

O ditado popular a que me reporto agora, tem , a meu ver, uma carga de crítica social e política muito forte. Existem pessoas que preferem não perceber crises, dificuldades, injustiças, para que não sejam obrigadas a assumir responsabilidades na busca de solução para tais problemas. Se recusam a ver a verdade. Se omitem. Se alienam. Só enxergam o que querem e o que lhes interessa. É, no mínimo, uma atitude de comodismo e de indiferença.

“O pior cego é aquele que não quer ver”, porque dessa forma ele se torna conivente com os males que afligem a sociedade e protege os que oprimem, humilham, escravizam e desrespeitam seus semelhantes.

Temos a mania de querermos ver o mundo como desejamos e por isso evitamos enxerga-lo como ele é na realidade. Na nossa cegueira optamos por construir e idealizar um mundo bem ao nosso gosto.

Nessa linha de raciocínio é que surgiu esse provérbio. Nasceu de uma história ocorrida no século XVII na França. Um aldeão de nome Argel foi a primeira pessoa a receber um transplante de córnea, num extraordinário sucesso da medicina da época. Ao enxergar, ele se tomou de um estado de horror com o mundo que passou a conhecer, bem diferente do que imaginava quando vivia na escuridão da cegueira. Solicitou então ao cirurgião que o operou a extrair-lhe os olhos, preferia voltar a ser cego. Com a recusa do médico apelou para os tribunais de Paris e do Vaticano e teve ganho de causa. Passou então a ser conhecido como “o cego que não quis ver”.

A narrativa, ou parábola, dá força ao sentido filosófico deste provérbio, porque demonstra que em muitos momentos agimos como Argel, preferimos ficar cegos para não vermos o mundo que não queremos enxergar.

Saramago, na primeira frase do seu livro “Ensaio Sobre a Cegueira”, diz : “Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara”.

Por: Rui Leitão

FORJADO NA VIDA

1257

Todos os textos que eu escrevo de conteúdo próprio ou inspirado por inteligência extra-física, sempre são feitos para meu próprio aprendizado, este é o objetivo principal quando escrevo.

Vou escrevendo, aprendendo, compreendendo como as coisas funcionam na minha vida e como a vida é um eterno aprendizado. Sempre o próximo passo é compartilhar os textos e de alguma forma contribuindo e colocando a pessoa que está lendo em um estado de reflexão dentro de sua própria vida, independente do estado de consciência do leitor(a) esteja.

Ninguém deve ser exemplo de nada, Deus me livre ser exemplo de alguma coisa, mas quem sabe eu possa inspirar outras pessoas a buscarem em suas vidas seus verdadeiros caminhos de jornada e isso acabe desencadeando descobertas mais profundas, como por exemplo, suas missões de vida (alma).

Ser inspiração é um caminho saudável, mas ao mesmo tempo nos dá pé no chão e nos lembra que todos nós ainda temos tanto a aprender, sem contar quantas limitações e desafios internos ainda precisamos trabalhar compreender e começar a colocá-los todos em prática em nossas vidas no dia a dia. A jornada é longa tanto encarnados como desencarnados, porém a vontade do Espírito é infinita e precisamos fazer valer essa máxima e deixar essa vontade vencer a dormência do Ego e ver o as maravilhas que estão nos aguardando e começar a perceber com o coração tantas outras coisas que estão na nossa cara e se quer percebemos até o exato momento.

E por que forjado na vida?

Não tem nada, absolutamente nada que seja substituído em essência com o objetivo de aprendizado e a ser sentido sem que a pessoa viva sua própria vida. Não é possível saber o que o outro sente sem sua própria experiência de vida e mesmo quando as situações são iguais, nunca serão sentidas ou absorvidas da mesma forma, pois cada um sempre sentirá de uma forma particular.

Tem coisas na vida que só vivendo para saber e para as outras só vivendo também para saber, entender e principalmente sentir!

É no forjar da vida que começamos a nos entender melhor e ao poucos vamos reencontrando aquela luz de dentro do coração, que nunca deixou de existir e que só estava abafada pela a força do ego.

A grande chave para nossa busca é viver a vida e daí perceber tudo o que ela nos ensina, seus sinais, aprendizados, caminhos e tudo começa a fazer sentido, as coisas começam a acontecer e entendemos que está tudo certo. As coisas só acontecem quando devem acontecer.

Não fuja do que a vida está te mostrando através dos desafios, dificuldades e dos intitulados problemas do dia a dia, pois são na maioria deles o caminho para sua evolução, não culpe seus pais, parentes, sociedade, governo, o mundo por eles existirem e comece a olhar para dentro e perceber o que eles despertam em ti. Essa miscelânea de emoções, pensamentos e sentimentos são todos seu, pertence somente a você e tudo ao seu redor são gatilhos e armadilhas para despertar dentro de ti o que veio resolver na vida antes de encarnar novamente aqui na escola chamada Planeta Terra.

Ser forjado na vida é ter o auto-atestado que você viveu e não ser forjado na vida é ter um vazio profundo no coração, um estado de ausência, uma fuga sentida e uma inércia perante a caminhada chamada de vida.

Sozinho ninguém vence na vida, porém não espere que outra pessoa viva a sua vida, resolva os desafios que estão endereçados a ti, pois este é seu papel, viver sua própria vida.

Seja responsável pelas suas escolhas, pense, reflita, respire, acredite, sinta mais, mude e simplesmente VIVA A VIDA!!!!

Jefferson L. Orlando

*Jefferson L. Orlando – Psicoterapeuta Reencarnacionista, Escritor, Apresentador do Programa Sol do Everest (Canal YouTube), Colunista do site Somos Todos Um (Stum) e Horóscopo Virtual (UOL), Palestrante, Ministrante, Outorgado pela Magia Divina, Projetor Extrafísico e Espiritualista. Seu objetivo é auxiliar as pessoas a encontrarem seu caminho de evolução consciencial, desenvolvimento da espiritualidade, missões de alma, prosperidade e alegria plena em suas vidas. Reside e atende em São Paulo/SP com a Psicoterapia Reencarnacionista, Regressão Terapêutica (Método ABPR – Conduzido pelos Mentores Espirituais) e Bioenergético Anímico-Mediúnico através das Mandalas pela Magia Divina.

Site: www.soldoeverest.com.br
Canal Youtube: www.youtube.com/soldoeverest
E-mail: jefferson@soldoeverest.com.br

HISTÓRIA DO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Livre

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência naDinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulher”, em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Objetivo da Data 

Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva detrabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

Conquistas das Mulheres Brasileiras

Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.

Marcos das Conquistas das Mulheres na História 

– 1788 – o político e filósofo francês Condorcet reivindica direitos de participação política, emprego e educação para as mulheres.

– 1840 – Lucrécia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos.

– 1859 – surge na Rússia, na cidade de São Petersburgo, um movimento de luta pelos direitos das mulheres.

– 1862 – durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia.

– 1865 – na Alemanha, Louise Otto, cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs.

– 1866 – No Reino Unido, o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas.

– 1869 – é criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres.

– 1870 – Na França, as mulheres passam a ter acesso aos cursos de Medicina.

– 1874 – criada no Japão a primeira escola normal para moças.

– 1878 – criada na Rússia uma Universidade Feminina.

– 1893 – a Nova Zelândia torna-se o primeiro país do mundo a conceder direito de voto às mulheres (sufrágio feminino). A conquista foi o resultado da luta de Kate Sheppard, líder do movimento pelo direito de voto das mulheres na Nova Zelândia.

– 1901 – o deputado francês René Viviani defende o direito de voto das mulheres.

– 1951 – a OIT (Organização Internacional do Trabalho) estabelece princípios gerais, visando a igualdade de remuneração (salários) entre homens e mulheres (para exercício de mesma função).

Fonte: http://www.suapesquisa.com/

DESTA VEZ O JEITINHO BRASILEIRO NÃO NOS SALVARÁ

images (6)

Atualmente vivemos momentos adversos, com intensos conflitos e dificuldades em todo o Mundo.

Sabemos pelos registros históricos/fatos que é desta forma que praticamente a civilização vive desde seus primórdios.

É impressionante como o ser humano quase sempre só faz algo verdadeiramente edificante para consigo, sociedade e o mundo ao redor, quando a corda está no pescoço.

Os seres humanos não sabem o que é a Paz verdadeira, podemos dizer que sempre vivemos períodos entre-guerras de todos os tipos, desde as guerras religiosas, culturais, sociais, raciais, territoriais, civis, militares e assim por diante.

Até quando o ser humano precisará ir até o fundo do poço para agir com amor, respeito e ter o verdadeiro ato de humanidade para com os seus semelhantes e seres vivos da Terra?

Aqui no Brasil, o buraco é mais embaixo. Um país relativamente novo com um pouco mais de 500 anos de descobrimento (moderno), não esquecendo que o mesmo já era habitado muito antes pelos povos nativos daqui (os índios), dos quais foram praticamente dizimados por seus recém chegados desbravadores.

Atualmente no Brasil, não há guerras como conhecemos pelos noticiários em todo o mundo, como as que acontecem em alguns países da Europa, Árabes, Asiáticos, Africanos e também pela máquina de fazer guerra, Estados Unidos da América.

No Brasil a guerra é outra, ela é diária para os cidadãos brasileiros de bem.

Nesta guerra todos nós perdemos sem exceção, é a corrupção política e governamental que praticamente se tornou uma regra por aqui e assola de forma devastadora toda esta nação!

Em um país que corrupções, roubos, ingerências, impunidades, injustiças e uma série de outras situações que acontecem negativamente de forma desenfreada por essas bandas, fica muito difícil ter esperanças para o cidadão brasileiro de bem, viver em um lugar melhor.

Não é questão de negatividade e sim uma visão realista de nossa história recente e atual, não será possível ter um país melhor sem uma reviravolta profunda, comprometida, constante e definitivamente séria.

Não há mais tempo para esperar e já passou da hora de agirmos…

Agora agirmos contra quem? Contra o quê?

Primeiramente contra nós mesmos, nosso país é nosso reflexo interno. Existe algo de muito errado em aceitarmos tudo isso e algumas vezes dizendo: “Ah… Aqui não tem jeito mesmo, não tem o que fazer! Esse país é uma vergonha! Nós somos uma piada para o mundo inteiro.” E assim vai…

De alguma forma esta nação ainda está de pé e não por causa dos políticos/governantes deste país, e sim, pelos brasileiros de bem e trabalhadores de verdade. Os brasileiros conseguem sobreviver e produzirem por méritos próprios sem nenhum auxílio de medidas políticas/governamentais efetivas.

Imagine se tivéssemos uma política mais humana, justa, moderna, eficiente e coerente com as necessidades do povo brasileiro, como seria esse país?

Se realmente dependêssemos das políticas e governanças brasileiras para fazermos algo em nossas vidas, estaríamos muito mais do que no fundo do poço.

Estamos pagando um preço muito alto pela negligência conosco e para com o país. Não precisa ser gênio para ver todos estes problemas, são mais do que tragédias anunciadas, são uma realidade para nossas vidas. Muitas destas situações não terão reversão a curto e médio prazo, somente com muita fé, sorte e fundamentalmente trabalho poderemos sair desta situação em um longo prazo.

E afinal quem paga e ou pagará essa conta?

Hum… Acho que somos nós mesmos!

O jeitinho brasileiro desta vez não nos salvará, somente irão restar as consequências de nossos atos e omissões. Ação e Reação, simples assim, sem castigos, somente reações.

O Brasil pode ser país abençoado por Deus, mas será que em contra partida foi amaldiçoado por seus políticos?

Agora eu pergunto, em geral, o brasileiro sabe votar?

Ele tem opções para votar bem?

Existem políticos/governantes que possam nos representar?

O que acontece na verdade é que o modelo político nacional está totalmente arruinado, incorreto, ultrapassado, infestado de corrupção e se não for feita uma real reforma política neste país, nós seremos apenas uma sombra/poeira do que todos os o brasileiros honesto fizeram por esse país até agora.

O brasileiro tem determinação, coragem, trabalha, se adapta, é confiante, resiliente e tem mais uma série de outras qualidades, mas agora precisa colocar as mãos a obra.

Já na minha especialidade, como espiritualista e reencarnacionista, sei que ninguém aqui é brasileiro, norte americano, inglês, japonês, indiano, coreano, africano, francês e assim por diante, todos nós somos ESPÍRITOS ENCARNADOS em corpos humanos por um determinado tempo vivendo outra vez uma experiência humana, mas daí não fazer nada com o que acontece de ruim/errado no país em que você está encarnado, isso é ser conivente, negligente, concordar/assinar em baixo e contribuir com tudo isso.

Um dia esse país será um lugar mais digno, respeitoso e humano para se viver, infelizmente o Brasil ainda continua sendo um país da promessa, somente isso, uma promessa.

Por que será que você encarnou aqui e não em um país de 1º Mundo?

Quais são as emoções, sentimentos e pensamentos que são despertados em ti vivendo neste país?

Será que estamos aqui de bobeira, por acaso?

Lembre-se: Ninguém encarna/nasce no lugar e na família errada.

Eu vou ficando por aqui e fazendo minha parte para um país e um mundo melhor para se viver, mesmo que seja uma pequena gota no oceano. Quem sabe uma pessoa que leia estas palavras se inspire a fazer sua parte também em busca de um país e mundo melhor.

Já faz alguns anos que eu acredito que nós não deveríamos mais nos preocupar com os futuros habitantes e sim focarmos para o nosso presente, pois sem presente, não existirá futuro.

Pra mim o futuro já é agora e se não acredita nisso, reflita: O Brasil tem aproximadamente 12% das reservas de água doce do mundo, considerado o país com a maior reserva de água doce do mundo e mesmo assim estamos praticamente sem água.

E quem causou tudo isso?

Deus?

Diabo?

Não!

Simplesmente o homem e seu modelo de vida altamente destrutivo para o Planeta!

Alcançamos grandes avanços na ciência e tecnologia nestes um pouco mais de 100 anos, mas esquecemos que fazemos parte da natureza e não a natureza faz parte dos seres humanos.

Dê sua contribuição para um país e um mundo melhor “praticando/fazendo” o bem aos seres vivos, semelhante e a natureza. Estes já são importantes passos para ir além do próprio Ego.

Façamos nossa parte e que Deus ilumine nossas consciências espirituais.

 Jefferson L. Orlando
São Paulo, 31 de janeiro de 2015

*Jefferson L. Orlando – Psicoterapeuta Reencarnacionista, Escritor, Apresentador do Programa Sol do Everest (Canal YouTube), Colunista do site Somos Todos Um (Stum) e Horóscopo Virtual (UOL), Palestrante, Ministrante, Outorgado pela Magia Divina, Projetor Extrafísico e Espiritualista. Seu objetivo é auxiliar as pessoas a encontrarem seu caminho de evolução consciencial, desenvolvimento da espiritualidade, missões de alma, prosperidade e alegria plena em suas vidas. Reside e atende em São Paulo/SP com a Psicoterapia Reencarnacionista, Regressão Terapêutica (Método ABPR – Conduzido pelos Mentores Espirituais) e Bioenergético Anímico-Mediúnico através das Mandalas pela Magia Divina.

Site: www.soldoeverest.com.br
Canal Youtube: www.youtube.com/soldoeverest
E-mail: jefferson@soldoeverest.com.br

OS DEZ LADRÕES DA SUA ENERGIA

imagem_eco_magia

1. Afaste-se daquelas pessoas que só chegam para compartilhar queixas, problemas, histórias desastrosas, medo e julgamento dos outros. Se alguém procura uma lata
para jogar o lixo que tem dentro, que não seja na sua mente.

2. Pague as suas contas a tempo. Ao mesmo tempo, cobre aqueles que te devem
ou escolha deixar para lá, se você já percebeu que é impossível receber.

3. Cumpra as suas promessas. Se você não cumpriu alguma, pergunte-se o porquê desta resistência. Sempre você tem o direito de mudar de opinião, de se
desculpar, de compensar, de renegociar e de oferecer outra alternativa
diante de uma promessa não cumprida, mesmo que já um costume.
A forma mais fácil de evitar o não cumprimento de algo que você não quer fazer é dizer “NÃO” desde o começo.

4. Elimine, dentro do possível, e delegue aquelas tarefas que você
prefere não fazer, dedicando o seu tempo àquilo que, sim, você desfruta fazer.

5. Dê permissão a você mesmo para um descanso, quando você
estiver em um momento que o necessite e dê permissão a você mesmo para
agir quando estiver em um momento de oportunidade.

6. Jogue fora, recolha e organize… nada te tira mais energia que um espaço
desordenado e cheio de coisas do passado que você já não necessita.

7. Dê prioridade à sua saúde, sem a máquina do corpo trabalhando ao
máximo, você não pode fazer muito. Tome tempo para perceber o que seu
corpo está te dizendo.

8. Enfrente as situações tóxicas que você está tolerando, desde resgatar um amigo ou um familiar, até tolerar ações negativas de um companheiro ou um grupo. Tome a ação necessária.

9. Aceite. Não é resignação, mas nada te faz perder mais energia que o
resistir e brigar contra uma situação que você não pode mudar.

10. Perdoe… deixe ir uma situação que está te causando dor… você sempre pode escolher deixar ir a dor da recordação.

Dalai Lama.

DETOX NA VIDA – PORQUE A SAÚDE NÃO MORA SÓ NO CORPO

Holi-Festival-das-Cores-1

Passou o natal, passou o ano novo, passou o carnaval. The game is over e a vida real pede passagem. É nessa hora que a febre detox-vida-nova-entrar-nos-eixos vem com força ainda maior- se é que isso é possível.

Detox vem da ideia de desintoxicar, tirar do corpo tudo o que não lhe faz bem. Louvável, sem dúvida nenhuma. Mas o problema começa quando as pessoas resolvem achar que duas garrafas de suco verde são a milagrosa solução para melhorar suas vidas.

2015 tá aqui na nossa frente e de nada vai adiantar desintoxicar o corpo, se a vida e a alma estão povoadas de hábitos, pessoas, dias e caminhos tóxicos. Parasitas, comodismos, vícios, medos.

Gente tóxica é o que mais tem. Gente cinza, amarga, invejosa, gente que gosta de problema, que gosta de doença, que gosta de discórdia, gente que vive de aparência, gente rasa. E não tem jeito, temos que fugir mesmo, cortar, evitar ao máximo. Bom dia, boa tarde e até logo. Não nos deixemos contaminar.

Não adianta comer chia toda manhã se a gente odeia o emprego e já sai de casa com vontade de voltar. Não dá para achar que o corpo vai estar puro se você não acredita no que faz e passa mais de 40 horas da semana ruminando tarefas infelizes.

Não adianta beber 3 litros de água por dia quando se está num relacionamento que afundou. É cômodo, todos sabemos. Mas a vida é uma só e não dá para ver os dias, meses e anos passarem com migalhas de amor e sem vestígios de paixão.

Não adianta colocar linhaça nas receitas quando só se reclama da vida, dos outros, do país, do calor, da chuva, do trânsito. É um círculo vicioso, quanto mais a gente fala das coisas ruins, menos atenção a gente dá às coisas boas e a vida vai ficando ruim, ruim, ruim.

É ilusão achar que a mudança vem de fora para dentro. Que a felicidade e a saúde cabem em embalagens plásticas com códigos de barra. Produtos podem ser ótimos coadjuvantes nessa busca, mas a verdadeira mudança é só o protagonista quem faz.

E eu quero um 2015 detox.

Detox de dias iguais.

Detox de gente ruim.

Detox de maus hábitos.

Detox de inveja.

Detox de relações doentes.

Detox de obsessões.

Detox de pessimistas.

Detox de medo de mudar.

Detox de dias desperdiçados.

Detox de sentimentos pobres.

Detox de superficialidade.

Detox de vícios.

Detox de viver por viver.

E pra fazer detox na vida é preciso coragem. Coragem para mudar, para arriscar, para romper, para fechar ciclos que há muito tempo deveriam ter terminado. O ano oficialmente começou e a pergunta é: vai ter só suco verde ou vai ter detox na vida?

Por: Ruth Manus

Via: http://vida-estilo.estadao.com.br/blogs/ruth-manus/detox-na-vida/