TESTE DE PERSONALIDADE DOS ASANAS

Imagem

Escolha o seu asana preferido dentre os da imagem, leia o texto correspondente abaixo e descubra um pouco mais sobre a sua maneira de ser. 

Não pense muito, apenas escolha aquele com o qual por algum motivo você se identifica mais, e depois manda para os seus amigos e descubra um pouco mais sobre eles também 

Namastê!

—————————————–

1 – ADHO MUKHA VRIKSHASANA (postura da árvore olhando pra baixo)
Persistência e Equanimidade

Certamente você é alguém que não desanima diante das dificuldades. Tem consciência de que tanto as coisas boas quanto as ruins fazem parte da vida, e que não é fácil fazer grandes conquistas. Por isso, você é dono de de uma tremenda força interior e vontade de vencer. Desistir é uma palavra que simplesmente não consta no seu dicionário.

2 – SIMHASANA (postura do leão)
Expansividade e Veracidade

Alegre, comunicativo e sincero, você sabe dizer claramente o que quer e o que pensa, e por isso faz amigos com facilidade. É uma pessoa muito querida por todos. É conhecido também por ser muito confiável, pois a busca pela verdade sempre será seu maior objetivo, e isso se expressa em tudo o que você faz.

3 – VIRABHADRASANA II (postura do guerreiro II)
Coragem e Aterramento

Você é muito determinado. Não tem medo das batalhas da vida, sejam elas quais forem. Encara todas de frente, com braços fortes e peito aberto. Sabe que o segredo da vitória é a expansão da consciência, sempre buscando enxergar além do que se vê. Seu lema é: “expandir o olhar mantendo os pés firmes no chão.”

4 – ARDHA CHANDRASANA (postura da meia lua)
Equilíbrio e Concentração

Foco é a sua palavra de ordem. Dono de uma capacidade de equilíbrio surpreendente, a sua facilidade para resolver situações difíceis sem perder o centro sempre surpreende a todos. Parece que nada pode abalar a sua paz, mas você sabe bem que não é nada fácil agir assim. Mas, ao mesmo tempo que sabe que não é fácil, sabe também que com esforço e dedicação tudo é possível.

5 – UTTANASSANA (postura da intensa flexão à frente)
Humildade e Compaixão

Para você, servir é a coisa mais importante dessa vida. Mas não servir de forma submissa, e sim com muita energia de entrega. Você sabe que cada um tem um papel nesse mundo, e prefere unir forças do que competir, pois acredita que juntos são mais fortes. Você se considera feliz, mas não consegue ficar impassível diante do sofrimento do outro. Felizmente, isso não é um defeito, e sim a sua maior ferramenta para mudar o mundo.

6 – SUKHASANA (postura fácil)
Paciência e Retidão

Disciplinado, você ouve mais do que fala. Quando entra em um caminho, segue-o fielmente, e, mesmo que aconteçam pequenos desvios, você sempre se mantém fiel a uma verdade maior do que você. Se destaca por ser uma daquelas pessoas que tudo o que faz, faz bem feito, graças ao seu comprometimento com o lema: “não importa o que seja, farei sempre o meu melhor, da melhor maneira possível.”

 

Fonte: Respire.blog 

           https://www.facebook.com/respireblog

ESTADOS DE TRANSE – O UNIVERSO DO DESPERTAR ESPIRITUAL

Imagem

Os quatro estados mentais

 

As freqüências da Consciência

As ondas cerebrais são formas de ondas eletromagnéticas produzidas pela atividade elétrica das células cerebrais. Elas podem ser medidas através de aparelhos eletrônicos como o eletroencefalograma. As freqüências dessas ondas elétricas são medidas em ciclos por segundo. As ondas cerebrais mudam de freqüência baseando-se na atividade elétrica dos neurônios e estão relacionadas com a mudança dos estados de consciência (vigília, concentração, relaxamento, meditação, etc.).

 

FREQUÊNCIA BETA

Atenção
Concentração
Cognição

Nesta freqüência estamos bem despertos e em alerta. A mente está concentrada e preparada para a execução de trabalhos que requerem atenção. No estado beta os neurônios transmitem as informações rapidamente, permitindo-nos atingir altos estados de concentração, percebendo o mundo físico através dos nossos sentidos. Tudo o que é ligado à lógica, ao raciocínio, ao pensamento, isto é, a uma atividade mental, corresponde a esse nível que é o da consciência do mundo material percebida através dos nossos cinco sentidos.
As ondas betas ajudam nos estudos, na prática de esportes, ou seja, atuam na análise e na organização de informações onde a concentração mental é necessária para um bom desempenho. A faixa de ondas beta está entre 21 e 14 ciclos por segundo. O estado beta está associado à concentração, atenção e formação de novas cognições.

 

FREQUÊNCIA ALFA

Relaxamento
Visualização
Meditação

As ondas vibratórias emitidas pelo cérebro em estado alfa estão abaixo de 14 ciclos/segundo. Fisicamente a pessoa está de olhos fechados, com os sentidos parcialmente adormecidos, num estado de concentração e relaxamento profundo que corresponde ao pré-sono ou adormecimento.
Após muita prática consegue-se chegar a esse nível de olhos abertos. As ondas alfa são comuns antes do sono profundo e um pouco antes de acordarmos totalmente; é o estado que Jung chamou de estado “hipnagógico”; corresponde ao que chamamos “estado de consciência superior”, pois a pessoa ultrapassa a barreira mental e entra num estado de percepção extra-sensorial, tendo pensamentos intuitivos e criativos. Podemos entrar nesse estado através do relaxamento e meditação, pois quando aprofundamos a atividade cerebral, baixamos do estado beta para as ondas alfa que são mais lentas. A nossa consciência se expande. Flui energia criativa e desaparece a ansiedade, aparecendo uma sensação de paz e bem-estar.
As ondas alfa são excelentes para a solução de problemas, para memorização, relaxamento e para a prática de visualização com o objetivo de melhorarmos nosso desempenho em todas as áreas de nossas vidas (tela mental ou visualização criativa). Nesse estado alterado de consciência temos mais acesso às nossas capacidades chamadas de paranormais. Ao funcionarmos nesse nível de consciência abrimos uma porta para estados de consciência mais profundos onde “todos somos um” (UNICIDADE). Nesse estado, quando chegamos à ciclagem 10.5 ciclos por segundo, atingimos a Schumann Ressonance – a freqüência do campo eletromagnético da Terra. Nessa freqüência consegue-se a telepatia, premonição, retrocognição…

 

FREQUÊNCIA TETA

Meditação
Intuição/Criatividade
Memória

Se aprofundarmos o nível alfa abaixo de 7 ciclos por segundochegaremos, com a prática de exercícios de meditação, ao nível teta onde ocorre inclusive a cura do corpo físico. No nível teta nossa atividade cerebral baixa quase ao nível do sono; é quando temos a sensação de estarmos caindo ou misturamos com o que acontece naquele momento na vida real (sons que ouvimos no ambiente), isto é, misturamos a realidade que ouvimos com os sonhos. Teta é o estado cerebral onde aumentamos a capacidade mental. É nesse estado de consciência que aparecem os flashes do nosso inconsciente (ideal para a projeção astral) e o acesso às memórias esquecidas.
Pode-se sentir a mente se expandir além dos limites do corpo. Portanto, teta é o estado ideal para a cura e também para a aprendizagem. Sabemos que a consolidação do que aprendemos durante o dia acontece quando dormimos. Também em teta podemos nos livrar de condicionamentos indesejados; é neste estado que ao sonharmos nos lembramos do sonho ao acordarmos. Também abrimos o inconsciente e podemos reviver cenas que causaram traumas no passado e nos curarmos das seqüelas que foram deixadas por eles (aqui se enquadram as terapias de regressão à vidas passadas). Nessa frequência cerebral aumentamos a criatividade, por isso surgiram os inventos de Henry Ford, Thomas Edison, etc… Conta-se que Thomas Edison adormecia levemente em cima de seus experimentos e despertava com as soluções. A freqüência de ondas teta está abaixo de 7 ciclos por segundo. Recebemos informações para além do nosso estado normal de consciência, ativando estados mentais extra-sensoriais; intuição, criatividade.

 

FREQUÊNCIA DELTA

Consciência expandida
Cura e Recuperação
Sono

Delta é a mais baixa de todas as freqüências de ondas cerebrais – entre 0.1 e 4 HZ.
A pessoa está de olhos fechados, inconsciente e com todos os sentidos adormecidos. O corpo está apenas na sua função automática e a pessoa se encontra insensível à dor. Os sentidos estão completamente adormecidos e a pessoa está totalmente inconsciente. Corresponde a um estado de coma profundo, de sono profundo ou de anestesia geral, também de hipnose profunda.
Delta é a mais baixa de todas as freqüências de ondas cerebrais. É em Delta que liberamos o hormônio do crescimento humano (GH), que é liberado se não fizermos nenhuma alimentação pesada 5 horas antes de dormir. No início de nossas vidas esse hormônio (GH) é usado pelo nosso organismo para o crescimento; quando cessa o crescimento nosso organismo o usa para nos manter jovens. Essa liberação é benéfica, pois beneficia a cura e a regeneração celular.

 

ONDAS CEREBRAIS E O AUTOCONHECIMENTO

Devemos compreender que nossos ritmos de consciência estão vinculados a nossa freqüência de ondas cerebrais. Tudo em nós é unificado: uma emoção negativa (geradora de stress ou ansiedade) despeja cascatas de hormônios em nossa circulação, acelerando nosso ritmo respiratório e batimento cardíaco, elevando nossa pressão sanguínea e nossa freqüência de ondas cerebrais. Quanto mais aceleradas estas ondas, menor nossa consciência e capacidade de aprendizado (o “branco” em situações de tensão evidencia isto), mais instintivos e menos intuitivos nos tornamos, nos afastamos de nossa Chispa Divina interior…

Por outro lado, as diversas técnicas de expansão de consciência têm o poder de baixar tais ondas e realizar muitos dos prodígios relacionados a ela: cura de doenças físicas (existem casos documentados de remissão de tumores em 2 semanas unicamente através da meditação), reprogramação mental, ativação de memória genética e de vidas passadas, projeção astral e muito mais.

E como atingir tais estados? Cada povo desenvolve seu método: danças, yoga, mantras, concentração, toques de tambor ou ingestão de plantas professoras (dentre elas a ayahuasca). Todas estas no permitem entrar em estado de meditação, conhecer o shamadi ou êxtase, a plenitude espiritual e reconecção com nosso Ser… Nesse estágio, a pessoa se torna calma, tranqüila, em paz e em harmonia, pois quanto mais profundo é o relaxamento, mais lenta é a atividade cerebral e mais a consciência se abre. Este também é o segredo da regeneração cerebral e celular.

E o mais importante: este estado também pode – e deve – ser transportado até sua vida diária, de instante em instante e de momento a momento…

 

Fonte: Luz da Consciência

COCHILO DEPOIS DO ALMOÇO FAVORECE A MEMÓRIA E O CORAÇÃO

1131

Em casa, ele já reinava absoluto. Nas empresas e escritórios, além de liberado tem virado febre mundial. Se para alguns o cochilo (aqueles poucos minutos de sono) não faz a menor diferença ou é sinônimo de preguiça, para a maioria é tão valioso que revigora o corpo e fortalece a memória

O fato foi recentemente comprovado por pesquisadores da Universidade de Berkeley, na Califórnia (EUA), após testes feitos com 39 jovens saudáveis. Os participantes tinham que decorar cem nomes e rostos na hora do almoço. Em seguida, uma parte deles era liberado para dormir.

Às 18h, o grupo voltava e precisava decorar outros cem nomes e rostos. A conclusão do estudo foi de que os 20 jovens que tiraram uma soneca apresentaram desempenho 10% melhor na tarefa, o que apontou para um melhor funcionamento do cérebro após a soneca.

Mas será que todo o organismo se beneficia com o cochilo após a hora do almoço? Conversamos com os especialistas em sono, o pneumologista Denis Martinez, e o neurologista Shigueo Yonekura, do Instituto de Medicina e Sono, que mostram por que o cochilo faz bem para o corpo e para a mente

Almoço: horário nobre do cochilo
Ao contrário do que muita gente pensa, o sono que bate logo depois do almoço não é conseqüência da ação da alimentação no organismo e sim, um instinto natural do nosso organismo, que reage assim quando nossas reservas de energia caem.

“Fomos nos adaptando a correria dos tempos modernos e deixando de cochilar na hora do almoço, mas a sesta é tradicional em muitos países (principalmente nos países europeus) até hoje, por ser uma necessidade biológica do ser humano já que por volta deste horário, as reservas de ATP e glicogênio que nos dão energia sofrem uma baixa”, explica Denis Martinez. “Nestes casos, o cochilo não indica nenhum tipo de distúrbio e não interfere na qualidade de sono à noite”, afirma.

 

Mas e o papel da comida nesta história então?

Ela deixa nosso organismo um pouco mais lento já que o processo de digestão requer certo gasto energético para se concretizar, porém, este gasto é praticamente insignificante, o que explica a pouca relação da ingestão de alimentos e o sono na hora do almoço: “juntando a baixa de energia natural e biológica que sofremos na hora do almoço, com a pequena moleza típica da digestão, ficamos mais sonolentos, mas o processo digestivo interfere muito pouco na sonolência que sentimos”, explica Denis Martinez.

 

Noites mal dormidas x cochilos constantes
Se por um lado o sono na hora do almoço é um processo natural e biológico, por outro, sua recorrência em outros períodos do dia de forma intensa, pode ser sinal de que você tem algum distúrbio do sono.

Em geral, pessoas que se sentem sonolentas ao longo do dia ou não se sentem descansadas depois da soneca, sofrem de insônia, apneia do sono ou algum distúrbio do sono, e como não conseguem repor a energia de forma suficiente durante a noite e até mesmo depois de um cochilo, continuam sonolentas.

“Quando isso acontece, o ideal é procurar um especialista e identificar o distúrbio, para manter a qualidade de seu sono e evitar o estado de soneca constante. Tem gente que acha que o cochilo atrapalha o sono à noite e na verdade não é assim que funciona. Muitas vezes, um simples e gostoso cochilo não atrapalha o sono, mas é um indício de que ele já não vai bem”, explica Denis.

 

30 minutos depois, você já está pronto para outra! 
Se já está comprovado que 15 minutos são suficientes para deixar nosso corpo em ordem, a média de tempo que levamos para voltar ao estado normal depois do cochilo ainda é bastante discutível:

“alguns especialistas acreditam que apenas cinco minutos já são suficientes para a pessoa voltar a ativa numa boa depois do cochilo, já outros, explicam que este tempo depende da duração do cochilo. Se a pessoa cochilou mais de 20 minutos, deve demorar cerca de uma hora e meia para voltar ao normal. Acredito que uma média razoável são 30 minutos após a soneca”, explica Denis.

 

Haja memória!
A parte do cérebro que mais trabalha ao longo do dia é exatamente a que está ligada a memória. Quando não dormimos bem, ela reflete o nosso cansaço, e é por isso, que em geral, pessoas sonolentas não conseguem focar sua atenção e muito menos se lembrar de algo.

O sono funciona para nós seres humanos como um repositor de energia. Durante a noite, enquanto dormimos, repomos nossas energias através da produção de ATP e glicogênio, que abastecem nosso organismo para o dia seguinte: “se a pessoa não dorme, se sente muito mais cansada e desatenta porque está com suas reservas de glicogênio e ATP em baixa. Quando cochilamos por cerca de 15 a 20 minutos, conseguimos ativar este mecanismo de forma a repor parte das energias perdidas ou que não foram repostas durante a noite”, explica Denis.

Memória e concentração: além do cansaço e da irritabilidade, a pessoa que sofre de insônia também apresenta dificuldades de concentração e memorização de fatos recentes.

Para Shigueo Yonekura, isso acontece porque interrompemos um processo natural de memorização e aprendizado. “É durante o sono que gravamos o que aprendemos ao longo do dia. Se o sono falha, a memória e a concentração ficam prejudicadas”, diz.

 

15 minutinhos que valem ouro 
Se você é do tipo que acha sinal de preguiça tirar uma sonequinha na hora do almoço, preste atenção em alguns dos benefícios que ela traz a saúde:

-Fortalece a memória

-Diminui os riscos de ataques cardíacos

-Confere mais disposição e energia

– Aumenta a concentração, reduzindo acidente

– Aumenta a sua produtividade no trabalho

 

Consequências para a saúde de quem não dorme bem
-Obesidade: “durante a noite produzimos a leptina, um inibidor natural de apetite. Quando não dormimos, cai a produção deste hormônio e a pessoa fica mais propensa a ganhar peso”, explica Shigueo.

-Envelhecimento precoce e dificuldade de crescimento: Shigueo explica que é também durante o sono que produzimos o GH, hormônio do crescimento, responsável pelo crescimento do nosso corpo e pela elasticidade da nossa pele.

-Baixa de testosterona: outra consequência da insônia, para os homens, é a baixa da produção de testosterona, diminuindo a libido. “É durante o sono que repomos muitos de nossos hormônios, se dormimos mal, deixamos de produzi-los de maneira natural”, finaliza Shigueo.

 

Por: Natália do Vale

 

 

 

 

FAÇA MEDITAÇÃO EM CASA E CONHEÇA OS SEUS BENEFÍCIOS

 

Imagem

Uma pesquisa recente da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, sugere que meditar ajuda a aliviar a dor, mesmo em pessoas sem treinamento de meditação. De acordo com os pesquisadores do estudo, a meditação é um mecanismo mais poderoso do que simples distração, porque reduz as respostas emocionais do corpo, principalmente aquelas relacionadas à dor.

Mas a maioria das pessoas tem dificuldade em encontrar a concentração e o relaxamento necessários. Muitas vezes, você procura um local tranquilo, harmonioso, que crie um ambiente propício para entrar em sintonia com o eu interior e silenciar a mente, mas não encontra. “Para relaxar, precisamos nos distanciar do mundo, se esquecer do nosso cotidiano. O espaço para meditação facilita este distanciamento”, diz psicólogo Leonardo Mascaro.

 

Escolha o melhor local

Esse espaço pode ser montado em um jardim ou um cantinho da sua casa com algumas mudanças simples. Para começar, deve-se escolher um local tranquilo, onde não haja barulho, nem interrupções. O silêncio e a temperatura são fatores importantes para uma boa concentração. Garanta que este local esteja com a temperatura ambiente confortável o suficiente para você não passar muito calor nem frio. Devemos lembrar que não pode haver muita circulação de pessoas no local, para não haver influências de energia. Se o espaço for provisório, é recomendado que se purifique o local.

 

Decoração

Uma mesa coberta com uma toalha, vaso com flores, tapetes, almofadas, incenso e velas para deixar o local como um lugar de adoração ao divino, de encontro com o místico. A terapeuta Ayurveda Márcia de Luca diz que cada um é único e deve usar como decoração objetos e elementos que remetam a algo positivo. O altar é um dos elementos, geralmente, presente em espaços para prática de yoga e meditação.

As estátuas, fotos e mandalas são colocadas de acordo com a crença de cada um. Segundo a Vedanta, o altar representa o altar do coração. O importante, entretanto, não é se prender aos modelos pré-moldados de espaços zen ou altares. O essencial é montar um cantinho confortável, com elementos que gerem atitudes positivas e que o façam sentir preparado para entrar em contato com você. “O altar é uma ferramenta importante. Uma conexão de amor, de adoração, de conexão com o seu dia”, afirma Érica Sanfelice. 

 

Medite e viva mais

Os benefícios psicológicos da meditação são capazes de reduzir o envelhecimento, de acordo com um estudo da Universidade da Califórnia, em Davis, e da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. De acordo com os pesquisadores, a meditação pode inibir o encurtamento dos telômeros, enzimas localizadas no final dos nossos cromossomos e relacionadas com o envelhecimento. Quanto maiores são os telômeros, mais tempo a pessoa vive com saúde. 

 

Fique mais feliz

Os participantes do estudo da Universidade da Califórnia também apresentaram maior satisfação psicológica como controle sobre a própria vida, atenção e planos. Além disso, eles também tiveram diminuição de emoções negativas. Na vida moderna às vezes qualquer pequeno incômodo pode nos tirar do eixo e aumentar o estresse diário. A meditação ajuda não só a relaxar, mas a criar forças para lidar com as peripécias do dia a dia. Confira outros benefícios da meditação, não importando a técnica que você adote. 

 

Mais tranquilidade

A frequência dos batimentos cardíacos diminui e a respiração entra em sintonia com o restante do corpo, que reage mantendo-se mais calmo. O estado meditativo é caracterizado por uma atenção profunda, mas observadora. “São benefícios que ajudam a contornar os problemas no trabalho, em casa e, por que não dizer, os de ordem pessoal?”, de acordo com a psicóloga transpessoal Ana Maria Cabrera.

 

Concentração

Meditando, você aumenta o seu poder de concentração e a capacidade de permanecer atento quando realiza alguma atividade. Consequentemente, suas tarefas no trabalho, por exemplo, vão ficar mais produtivas. Ainda surgem diferenças na compreensão do que dizem as outras pessoas, o que tende a melhorar dificuldades de relacionamento.

 

Menos ansiedade

A pessoa que medita regularmente lida com o estresse de modo a romper a espiral da reação de enfrentamento ou fuga. Ela relaxa com muito mais frequência do que a que não medita, após a superação de um desafio. Quem pratica não abre mão. E, se você nunca experimentou, está na hora de aquietar a mente com alguns exercícios de meditação. “A frequência dos batimentos cardíacos também diminui e a respiração entra em sintonia com o restante do corpo, que reage mantendo a pessoa mais calma”, explica a psicóloga transpessoal Ana Maria Cabrera. 

 

O que é preciso para meditar?

Existem muitas técnicas diferentes, incluindo até mesmo músicas e danças, o que pode servir como incentivo para quem não sabe como começar e sente calafrios só de se imaginar quieto e em silêncio por alguns instantes. “Costumo dizer que um curso de meditação pode ser necessário, mas jamais obrigatório”, afirma Ana Cabrera.

 

Ajuda na perda de peso

Uma pesquisa feita pela Universidade de Otago, na Nova Zelândia, acompanhou por dois anos o progresso de 225 mulheres obesas ou com sobrepeso. O grupo que meditou durante dez semanas teve mais sucesso na perda de peso e emagreceu uma média de 2,5 quilos. As mulheres que meditavam diminuíam as causas do estresse e, por causa disso, acabavam comendo menos.

 

Fonte: Minha Vida

A PRÁTICA DO SILÊNCIO

Imagem

 

O silêncio é a morada da palavra e a ela dá força e fecundidade. Neste sentido, as palavras têm o objetivo de revelar o mistério do silêncio do qual elas se originam.

Vivemos em um mundo conturbado. Bombardeado constantemente por palavras e sons, nos perdemos em meio à balbúrdia cotidiana. As palavras, assim como os gestos, perderam o significado e não nos tocam mais.

Perderam seu sentido original, o signo que representavam, e o mistério que revelavam. São apenas formas de relacionamento, e na maior parte das vezes são tolas, porque tolos são os motivos que as originam.

Como diz o salmo: “Deus conhece os pensamentos dos homens e eles são fúteis”. Expressam a nossa pequenez diante da vida: não geram nada de novo, não criam pontes entre os homens, não plantam flores nas almas, não são nada, nem na sua forma, nem em seu conteúdo.

O silêncio é a condição ideal para que o homem se esvazie das camadas de detritos que juntou por toda sua vida, limpando-se e purificando-se paraque algo frutifique dentro de si.

O silêncio elimina os pensamentos tolos e repetitivos, criando o vazio necessário para que a Divindade se manifeste dentro do homem.

Neste “vazio” criado pelo silêncio, devemos buscar nosso Eu Interior e pela Palavra dada pelo Todo, manifestarmos o Fogo que irá ascender nossa alma e iluminar nosso espírito.

 

Frater Léo

AROMATERAPIA PARA TER MAIS CONCENTRAÇÃO

Imagem

Às vezes, mesmo com objetivos planejados e metas traçadas, as coisas parecem difíceis e nos sentimos “saindo dos trilhos”. Nessas horas, nos perguntamos: “mas por que não consigo alcançar meus sonhos, se todo um planejamento foi feito?”. Para que as coisas fluam é necessário ter foco e concentração naquilo que deseja. E a Aromaterapia pode ajudar você nesta tarefa.

Por meio dessa terapia alternativa é possível ter mais força de vontade, disciplina e atitude para chegar aonde quer. Uma cabeça que pensa demais ou não foca em uma coisa só tende a se perder. São muitas ideias e pensamentos, e isso acaba atrapalhando a concentração.

Confira abaixo como os aromas  podem ser usados para ajudar a aquietar a mente super-ativa e permitir mais foco nos objetivos.

Alguns óleos essenciais têm propriedades que ajudam a manter a concentração e acalmam a mente. Os principais são:

Alecrim: é ótimo para quando há esforço mental excessivo. Ele ajuda a revitalizar as células cerebrais, fortalece a mente em casos de esgotamento e ainda estimula a memória.

Cipreste: tem ação calmante e tranquilizante. Ajuda a remover os bloqueios psíquicos, abrindo caminho para o novo.

Eucalipto Citriodora: estimula a concentração e clareia a mente.

Eucalipto Globulus: favorece a concentração e clareia as ideias.

Gengibre: tem um efeito estimulante e de equilíbrio.

Laranja: é o que chamamos de “raio de luz” sobre os pensamentos confusos e dispersos. Tem efeito reanimador da mente, favorecendo uma perspectiva positiva. No entanto, como o óleo é cítrico, pode causar fotosenssibilidade. Após seu uso, não se exponha ao sol durante 12 horas.

Limete: ativador e estimulante. Revitaliza a mente cansada, favorecendo foco. No entanto, como o óleo é cítrico, pode causar fotosenssibilidade. Após seu uso, não se exponha ao sol durante 12 horas.

Manjericão: é um tônico e ajuda a aguçar os sentidos, favorecendo a concentração.

Patchouli: equilibra a mente, favorecendo o foco. Ajuda a perceber os problemas com mais clareza e proporciona mais objetividade ao raciocínio.

BANHO TAMBÉM PODE AJUDAR NA CONCENTRAÇÃO

Em uma colher de sopa de óleo vegetal de semente de uva, coloque até 6 gotas do óleo essencial de sua preferência. Pode ser um único óleo escolhido ou até três óleos, colocando duas gotas de cada. Essa mistura deve ser adicionada à água da banheira, onde a pessoa permanecerá imersa por até 15 minutos.

Caso opte pelo chuveiro, proceda da mesma maneira, colocando os óleos essenciais escolhidos no óleo vegetal, e adicione a mistura em um jarro de água. Depois, despeje o líquido no corpo, do pescoço para baixo. Este banho pode ser feito de duas a três vezes por semana. Vale lembrar que, nesse caso, é importante não se expor ao sol durante 12 horas, caso opte por usar algum óleo essencial cítrico.

MASSAGEM DE BEM-ESTAR

Já se preferir, faça uma massagem. Em uma colher de sopa de óleo vegetal de semente de uva, coloque três gotas do óleo essencial escolhido. Massageie a região dos ombros, nuca e têmporas, sempre em movimentos circulares, aplicando pouca pressão. Isso vai ajudar a relaxar, tirar as tensões e descongestionar a mente, permitindo que ela mantenha o foco e a concentração renovados. Vale lembrar que, nesse caso, é importante não se expor ao sol durante 12 horas, caso opte por usar algum óleo essencial cítrico.

AMBIENTES QUE ESTIMULAM O FOCO

Para ter mais concentração em casa, no trabalho ou em qualquer outro lugar, você também pode usar um borrifador contendo 70% de água e 30% de álcool de cereais. Depois, acrescente até 50 gotas dos óleos essenciais de sua preferência. Agite bem antes de usar o spray e borrife por todo o ambiente e ao seu redor.

Os óleos essenciais também poderão ser usados em aromatizadores elétricos ou aromatizadores pessoais. No aromatizador elétrico, coloque de 10 a 15 gotas no total do(s) óleo(s) escolhido(s). Enquanto trabalha ou estuda, deixe o aromatizador na tomada para inalar o aroma e, assim, permitir que a mente foque melhor.

No aromatizador pessoal (é um colar com um pingente de cerâmica, que absorve os óleos), faça uma bolinha de algodão, pingue uma ou duas gotas do óleo escolhido e coloque dentro do pingente. Coloque no pescoço e use o dia todo.

Agora é só focar no que deseja e seguir em frente!

Fonte: Personare

O PODER DA VISUALIZAÇÃO

Imagem

A visualização é o poder da visão do Universo em ação na mente do homem; visualizar é uma das mais poderosas formas de trazer um desejo à materialização.

Nenhuma forma no Universo existe antes que tenha sido conscientemente mantida uma imagem dessa forma no pensamento, porque todo pensamento contêm uma imagem da forma nele contida.

Exercício

1 – Determine um plano definitivo ou desejo a ser realizado;

2 – Considere se é algo construtivo, nobre, merecedor de seu tempo e esforço. Examine cuidadosamente o MOTIVO que o conduz a trazer tal criação à manifestação. O motivo deve ser honesto e não um capricho de satisfação dos sentimentos físicos. Examine se não há lá no fundo um desejo de levar vantagem à custa de outrem.

3 – Exponha o plano em palavras tão concisas e claras quanto possível. Anote por escrito. Isto registra o desejo no mundo físico, visível e tangível.

4 – Cerre os olhos e VEJA dentro da mente uma imagem mental do desejo ou plano em sua perfeita, acabada condição e atividade. A capacidade de VER e poder criar são atributos do Deus Interior. A capacidade de imaginar é um atributo de Deus. A substância utilizada para dar forma ao quadro visualizado é substância de Deus. O poder de sentir, experimentar e ocasionar a imagem mental é poder de Deus. Deus é o autor, a ação e o ato de toda forma e empreendimento construtivo manifestado no plano físico.

5 – Leia o desejo ou plano várias vezes por dia e sempre antes de deitar-se, porque ao dormir logo depois de mentalizar o quadro, permanece na consciência humana uma forte impressão que NÃO É PERTURBADA DURANTE ALGUMAS HORAS, assim permitindo que seja gerada e acumulada a força que o impelirá à manifestação no plano da matéria. Desse modo podemos introduzir qualquer desejo ou imagem na consciência quando ela penetra no GRANDE SILÊNCIO durante o sono, aí carrega-se com o maior poder e atividade de Deus que está sempre dentro do coração do Grande Silêncio.

6 – Em circunstância alguma comente, seja com quem for, o desejo ou fato que estiver visualizando. Isto é imperativo.

7 – Permaneça inteiramente despreocupado com o ideal formulado a não ser no momento da visualização. Não marque prazo para a manifestação.

TEXTO COMPILADO DO LIVRO
MISTÉRIOS DESVELADOS DE SAINT GERMAIN
PONTE PARA A LIBERDADE

Saiba mais: https://omundodegaya.wordpress.com/misttico/