A DANÇA DA VIDA

danca-da-vida-cr

Goethe já afirmava que aquilo que nutrimos dentro de nós, cresce. Esta é uma Lei eterna da natureza. Logo, as circunstancias as quais nos encontramos, são meramente causais.

Nada ocorre sem que tenhamos contribuído, ainda que de forma inconsciente.

Queremos desapegar da ideia de castigo, mas não queremos ter responsabilidade de assumir as consequências das nossas atitudes, e a equação é simples, toda ação provoca uma reação.

E viver fugindo do “castigo”, é viver sob o domínio do medo de ser castigado.

Para evoluirmos como seres espirituais (que somos), é imprescindível fazermos uma reforma íntima, e não existe outra forma de fazê-la, que não seja pelo auto conhecimento.

Mas existe uma força criadora, a inteligência suprema, a causa primária de todas as coisas, que é Deus.E esse Deus é justo, e é professor.

Deus não está num trono com um chicote, Deus é amor, ele nos criou a sua imagem e semelhança, logo, somos Deuses, sendo assim, criamos nossa realidade.

Ganhamos o livre arbítrio, e temos plenas condições de nos trabalhar intimamente e sermos seres humanos maravilhosos, compassivos e amorosos.

Somos perfeitos, temos nosso coração que é fonte de imensa sabedoria, que nos guia através da intuição, somos divinos!

Temos essa força criadora e perfeita dentro de nós, um Deus que é amoroso, e nos dá inúmerasoportunidades de sermos divinos, e de despertar consciência.

E esses castigos, e punições que nos fazem acreditar que vem da força divina, na verdade resultam das nossas atitudes inconscientes, ou de algo externo, mas que invariavelmente vem de nós mesmos, nada é casual, e sim causal.

Nós criamos nossos infernos, e o “castigo” nada mais é do que o fluxo da eterna colheita, pois o universo é perfeito.

E todos os acontecimentos de nossas vidas, estão a serviço do nosso aprimoramento, portanto, nenhuma experiência é ruim, ela é apenas um reflexo dos nossos mundos internos.

E se estamos adormecidos a ponto de não ouvirmos nossa intuição, me perece lógico que vamos nos equivocar, que vamos nos influenciar pelo externo, por energias erradas.

E o (nosso) fluxo vai nos encaminhar para a confusão, para o emaranhado de figurais mentais negativas, onde tudo é denso e sofrido.

Contudo, se estivermos alerta, vamos nos perguntar: por que isso está acontecendo? o que eu necessito aprender?

Assim, passamos a perceber que todas as situações que julgamos ruins, sempre tem um grande teor de aprendizado, e elas estão a serviço do nosso aprimoramento.

Não existe castigo, e sim a dança da vida que tenta nos ensinar os passos certos.

 

Líli Ponte

https://www.facebook.com/lili.ponte

2017 – O Ano da Grande Iniciação

intentiongr

A influência da vibração do ano de 2017 gerará fenômenos além de nossa percepção consciente, mas que, no entanto ressoará em cada um de nós, ou seja, ela ecoará e influenciará alguma coisa em nossa psique ou mundo interior. Esta influencia fará com que desperte a nossa luz interior. Será o ano da clarividência e a fonte de todos os presentes! A nossa luz interior, nossas inspirações, nossos talentos interiores, nosso guia interior…

2017 mostrará dois caminhos. O caminho do espírito e o caminho da matéria. Ou se escolherá optar por concentrar seu destino em prazeres materiais e ambição pessoal ou pelo desenvolvimento pessoal e espiritual. Cada um terá o livre arbítrio de optar pelo caminho em que escolher trilhar e assumirá a sua escolha. Mesmo que não esteja consciente desta escolha cada um o fará. O ser humano a partir de agora deverá aprender a agir de acordo com sua vontade sobre a forma de sua existência.

O ano de 2017 trará para os que estiverem preparados e despertos a possibilidade única da unificação da consciência, ou seja, cada parcela de alma reencarnada nesta terceira dimensão terá a oportunidade de se unificar com todos os seus “eus paralelos” vivendo em outras realidades tridimensionais tornando-se unificado com a sua essência monádica. Ano de revelações.

Para estes seres despertos será um ano de grande poder e de conexão com seres de hierarquias superiores.   Será o ano da unificação com a alma e o Eu Superior. Os seres que passarem por esta iniciação estarão direcionando a espiritualidade na Terra nos próximos anos e ajudando no processo de limpeza energética definitiva que dará início no ano de 2018. O Iniciado precisa dar esperança à humanidade, que bem sabemos, já não tem nenhuma. Mas para que isso ocorra o iniciado precisa se unificar com a fonte que tudo é. Todo aquele que queira avançar pelo Caminho deve aprender a se comunicar com seu Cristo Interno.

O iniciado recebe o seu alimento espiritual na forma de conhecimento de luzes e influências astrais conscientes e inconscientes; e voluntariamente se tornar o filho da luz. E quem chegar neste nível de consciência estará pronto para se conectar com a verdade e semear o que aprendeu. Quem dominar esse poder vai trabalhar a sua capacidade e seu alcance para corrigir os males do espírito e da alma da humanidade e, consequentemente, muitas vezes, os males do corpo cuja saúde está intimamente ligada à da mente. Só os valentes vencem. Por esta Senda somente entram os valentes. Só os que renunciam as ilusões terrenas conseguem passar pelo “despertar” e vivenciar o dragão da sabedoria.

Mas devemos estar conscientes de que este caminho não é fácil. Isso requer um indivíduo que deseja servir a humanidade em um verdadeiro estado de amor e serviço genuíno, para isso se exige um trabalho de preparação e purificação física e espiritual de forma continua. Ele também deve desenvolver uma consciência espiritual.

A fim de efetuar a transformação desejada, é preciso primeiro aceitar romper com a sua própria reputação, do que está ao seu redor, o que os outros estão dizendo e o que eles estão pensando e seus próprios pensamentos e suas próprias emoções que é o está sendo trabalhado e consolidado neste ano de 2016. E alcançar a diferença entre o caminho da ilusão e a do Espírito. Especificamente, o caminho da ilusão é o caminho da carne, da emoção, da mente interior, ego, orgulho, a reputação, a necessidade de ser reconhecido e apreciado. Este caminho é estreito porque requer a purificação total.

Ano da profecia e das grandes revelações 2017 será o ano do grande despertar das almas escolhidas para regerem o novo tempo. Estas almas estão sendo preparadas e sendo purificadas para assumirem esta missão. O tempo da semeadura de Jesus na Terra. Será o ano da iniciação dos escolhidos de Mikael para romperem o brilho hipnótico da noite escura da alma a iniciar-se no ano 2018.

Há de se saber ser paciente.

Há de se saber ser sereno.

Há de saber ser luz!

Fiquem em paz e lembre-se de quem vocês são!

Eu Sou Maiana Lena, consciência unificada na missão de servir a luz!

Autor: Maiana Lena 

Websites: http://www.maianalena.com.br/
http://somostodosum.ig.com.br/p.asp?i=9887
Blog: http://maianallena.blogspot.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/maiana.lena/

A MISSÃO DE CADA SIGNO

signo

O autoconhecimento se faz cada vez mais necessário, o planeta passa por um processo de aceleramento e por conta disso, se faz urgência que busquemos por mais conhecimentos e possamos assim compreender como vivemos, a intenção sempre é de levar conhecimento e esclarecimento sobre nossa missão na terra.

Conheça a sua missão!

“Era manhã quando Deus parou diante de suas 12 crianças e em cada uma delas plantou a semente da vida Humana.
Uma por uma, elas se dirigiram a Ele para receber seu dom e conhecer a sua missão”.

Áries – 21 de Março a 20 de Abril – “A ti, Áries, dou a missão de plantar a Minha primeira semente. Para cada semente que plantares, outras milhares de sementes se multiplicarão. Entretanto, não terás tempo de vê-las crescer, pois tua vida é ação e a ti compete tornar os homens cientes de Minha Criação. Por isso, serás o primeiro a penetrar no solo da mente humana com Minha Ideia. E para que faças um bom trabalho, dou-te a provação do orgulho para dominares e, como bênção, concedo-te o dom da iniciativa.”


Touro – 21 de Abril a 20 de Maio – “A ti, Touro, concedo o poder de transformar a semente em substância. Trabalharás com afinco e paciência para que as sementes não se percam ao vento. Não questionarás ou mudarás de ideia até que termines tudo que já foi iniciado, pois a ti compete o processo de concretização da Minha Ideia. E para que realizes um bom trabalho, dou-te a provação do apego para dominares e, como bênção, concedo-te o dom da força.”


Gêmeos – 21 de Maio a 20 de Junho – “A ti, Gêmeos, atribuo a tarefa de comunicar ao mundo Minha Ideia. Por isso te dou perguntas sem respostas. Em tua busca pelo conhecimento, inquietarás os que estão ao teu redor, para que compreendam o que vêem e o que ouvem. Tu serás um, mas pensarás e falarás por dois. E para que faças um bom trabalho, dou-te a provação da superficialidade para dominares e, como bênção, concedo-te o dom da inteligência


Câncer – 21 de Junho a 21 de Julho – “A ti, Câncer, dou a missão de implantar no coração do homem a emoção. Minha Idéia se fará sentir por meio de risos e lágrimas, para que todo o conhecimento adquirido atinja plenitude interior. Tu multiplicarás os sentimentos com teu instinto de preservação, de modo que os homens se reunam em famílias. Para que realizes um bom trabalho, dou-te a provação da fragilidade para dominares e, como bênção, concedo-te o dom da fertilidade.”


Leão – 22 de Julho a 22 de Agosto – “A ti, Leão, atribuo a tarefa de mostrar ao mundo o esplendor de Minha Criação. Tu iluminarás os corações humanos com Minha Luz, acendendo em cada um o entusiasmo de assumir a própria existência. Mas peço-te que não confundas as coisas e lembra-te que é Minha a Idéia, e não tua. Para que faças um bom trabalho, dou-te a provação da vaidade para dominares e, como bênção, concedo-te o dom da honra.”


Virgem – 23 de Agosto a 22 de Setembro – “A ti, Virgem, dou a missão de examinar em detalhes o que os homens têm feito com Minha Criação. Tu analisarás seus passos e revelarás seus erros para que, por intermédio de ti, Minha Ideia mantenha-se pura e possa ser aperfeiçoada. Para realizares um bom trabalho, dou-te a provação da ceticismo para dominares e, como bênção, concedo-te o dom da discernimento.”


Libra – 23 de Setembro a 22 de Outubro – “A ti, Libra, dou a missão de unir os homens em torno da Minha Idéia. Tu despertarás o desejo da cooperação, por meio da capacidade de se colocar no lugar do outro e então sentir o que o outro sente. Estarás onde houver desavença, para que possas mostrar o valor do acordo e da justiça. E para que faças um bom trabalho, dou-te a provação da indolência para dominares e, como bênção, concedo-te o dom da paz.”


Escorpião – 23 de Outubro a 21 de Novembro – “A ti, Escorpião, peço que não te afastes de mim quando doer em teu coração as maldades que presenciares. Terás a capacidade de penetrar na mente dos homens e, conhecendo-a, perceberás que não sou Eu, mas a perversão da Minha Idéia que está causando tua dor. Chegarás a conhecer o homem em seu instinto animal e lutarás contra o próprio dentro de ti. Para que faças um bom trabalho, dou-te a provação do extremismo para dominares e, como bênção, concedo-te o dom do renascimento.”


Sagitário – 22 de Novembro a 21 de Dezembro – “A ti, Sagitário, atribuo a missão de ensinar o riso e esperança, para que no meio das incompreensões da Minha Criação o homem não se torne amargo. Através da esperança, implantarás no coração humano a fé e através da fé voltarás teus olhos para Mim. Expandirás assim Minha Idéia por todos os cantos e os mais longínquos lugares. E para que realizes um bom trabalho, dou-te a provação da intolerância para dominares e, como bênção, concedo-te o dom da generosidade.”


Capricórnio – 22 de Dezembro a 20 de Janeiro – “A ti, Capricórnio, dou a tarefa de mostrar com o suor de teu rosto o valor do trabalho. Fincarás com disciplina os alicerces de Minha Criação, para que nada destrua suas bases. E tua alegria pelo dever cumprido ensinará que a responsabilidade não é um fardo e sim uma condição natural. E para que faças um bom trabalho, dou-te a provação da culpa para dominares e, como bênção, concedo-te o dom da autoridade.”


Aquário – 21 de Janeiro a 19 de Fevereiro – “A ti, Aquário, dou a missão de abrir os olhos dos homens para novas possibilidades. Por isso terás o conceito do futuro e do amor fraternal. Sentirás a solidão dos que vivem à frente do seu tempo, pois não lhe permito personalizar Meu Amor. Viverás livre para que possas servir à humanidade renovando a Minha Criação. Para que faças um bom trabalho, dou-te a provação da rebeldia para dominares e, como bênção, concedo-te o dom do progresso.”


Peixes – 20 de Fevereiro a 20 de Março – “A ti, Peixes, dou a missão de incorporar todas as tristezas o homem e voltá-las para Mim. Com compaixão, tu mostrarás que as lágrimas são efeito da incompreensão do homem sobre a Minha Ideia. Tua devoção constitui a mais difícil das missões, mas terás a maior das dádivas. Tu serás a única das Minhas doze crianças a me compreender. Para que realizes um bom trabalho, dou-te a provação da ilusão para dominares e, como bênção, concedo-te o dom da fé.”

 

Por: Katarina Broggio – Universalista

Via: https://osegredo.com.br

SINAIS DE MEDIUNIDADE – SAIBA RECONHECÊ-LOS

Mãos-abençoando-730x393

Muitas pessoas possuem mediunidade apurada mas não querem desenvolvê-la por medo, por falta de informação, por insegurança. Mas é preciso saber que existem formas seguras, sem dogmas ou rigidez para desenvolver a mediunidade: através do estudo. Através do conhecimento sobre essa faculdade do nosso espírito, podemos encontrar métodos leves, amorosos que fazem com que você se sinta bem e consiga trazer o bem para as pessoas ao seu redor através desse seu dom. Conheça abaixo os sinais de mediunidade.

Quais são os sinais de mediunidade?


Os sinais de mediunidade são a sensibilidade ao extrafísico, é a capacidade que a nossa alma tem de captar energias de natureza não-física.

  • Intuição aflorada: você sente que deve ou não deve fazer algo, e depois do feito vê que a sua intuição estava certa. “Algo estava me dizendo para fazer/não fazer isso”.
  • Sonhos reveladores: você tem sonhos que indicam caminhos, apontam soluções ou mostram questões que você precisa levar em conta em sua vida.
  • Compaixão com o sentimento alheio: você se importa com as dores do mundo, o sofrimento dos outros mexe muito com você e você sente a necessidade de ajudar de alguma forma, tem vontade de mudar cenários negativos.
  • Aromas: você sente aromas que não existem no ambiente físico, sente aromas que as outras pessoas que estão junto de você não sentem.
  • Presenças: enxerga, sente ou pressente a presença ou vultos que aparecem e desaparecem num piscar de olhos.
  • Competência para falar em assuntos: você está falando sobre um assunto que nunca estudou e sabe com clareza e fluência falar sobre ele, fala com uma competência elevada, acima dos demais, sem nem mesmo saber por que.
  • Coincidências: percebe coincidências, que as outras pessoas não notam e quando você diz elas se surpreendem, na verdade as coincidências são chamadas de sincronicidades e vocês as percebe melhor que os outros.
  • Ombro amigo: você é conhecido como um ombro amigo, muitos vêm lhe pedir conselhos e até mesmo desconhecidos se sentem a vontade para desabafar com você.
  • Perdão: você tem o dom do perdão, tem facilidade em perdoar.
  • Ambientes/pessoas carregados: você sente quando um ambiente está carregado com energias negativas ou pessoas possuem energias negativas, o bocejo é um sinal disso.
  • Não gostar de multidões
  • Mudança de hábitos para o melhor: melhora na alimentação, no cuidado com o seu corpo físico e mental, afastamento de pessoas e hábitos tóxicos, diminuição da futilidade, vaidade e costumes mundanos, etc.
  • Mudança no ciclo de amizades: descobre que amizades antigas podem não ter mais tanto a ver com você e busca por pessoas que tenham o mesmo tipo de energia e percepção da vida que você.

Esses são apenas alguns sinais da mediunidade, e focados nos aspectos positivos do afloramento dela. Sente-se assim? Estude mais sobre isso!

 

Fonte: http://www.wemystic.com.br/

2016 – Um ano de términos. Fim de um ciclo de 36 anos

ws_under_the_world_1920x1080

Segundo a tradição astrológica, cuja origem se perde no tempo, um determinado astro governa por um período de 36 anos. Isto significa que de 36 em 36 anos vivemos sob a dinâmica de um planeta ou estrela e suas características irão imprimir seu tom por todo aquele período.

Desde 1981 estamos sob o domínio do Sol, o que significa que o espírito de brilho pessoal, egocentrismo, necessidade de marcar a individualidade no mundo têm permeado nossas consciências. Esse período tem seu término em 2016.

2016 é um ano importantíssimo, pois além de encerrar todo um ciclo planetário, pela numerologia, é um ano nove, número que também indica final de ciclo.

Todos os finais de ciclo veem acompanhados de perdas e renúncias. Nos últimos 36 anos, pudemos ver o individualismo (Sol) crescer a proporções exponenciais. Creio que nunca antes ouvimos tanto a palavra EU. Meus direitos, minhasescolhas, meus desejos, minhas necessidades…eu, eu, eu, meu, meu, meu. Tudo parece que girou em volta do indivíduo, com ou sem razão para tal. As selfies publicadas em redes sociais é o exemplo mais pronto e acabado desse símbolo do egocentrismo que nos tem permeado.

O Sol tem a ver com a criança e, por conseguinte, com a “criança interior” de cada um, que não por acaso tem sido explorada e trabalhada em uma gama de teorias do autoconhecimento. Também, nunca a criança foi tão valorizada quanto nos últimos tempos, tudo é feito por e para as crianças até o limite do mimo exagerado e a incapacidade dos pais de colocarem limites aos filhos. Dormem a hora que querem, e podem quase tudo, interferindo de maneira questionável no mundo dos pais e dos adultos ao redor.

Para que possam entender o que tem acontecido ao zeitgheist dos últimos trinta e seis anos é interessante conhecermos os atributos do Sol, na astrologia.

Qualidades solares: vontade, decisão, propósito, intenção, criação. O modo de exprimir a energia criativa, a identidade própria, necessidade de ser reconhecido, de canalizar a sua vontade e a afirmação do Eu. O impulso de criar, de ser, de poder, de comandar, de ser consciente. É o senso de individualidade, de irradiação, é a nossa intenção.

Expressões negativas das qualidades solares: orgulho, ostentação, dominação, abuso de poder, egotismo, elogio exagerado a si mesmo, exaltação pessoal, esnobismo, presunção, ambição exagerada, prepotência, autoritarismo, orgulho.

As expressões negativas acontecem sempre que as qualidades intrínsecas do planeta extrapolam os limites. No caso do Sol, podemos dizer que o resumo da expressão negativa solar é o que os gregos chamavam de hübris, que significa; a arrogância perante os deuses.

O Sol é o centro do nosso sistema planetário. Ele dá a vida, mas também queima e cega. Todo excesso é destrutivo. Por estarmos há trinta e seis anos “treinando” nosso Sol pessoal, estamos no auge da necessidade de sermos o centro das atenções. Viramos mesmo, criancinhas muito mimadas e tudo nos ofende e nos convida a lutar por nossos “direitos individuais”. Em 2017 chega Saturno e começa a colocar os limites e veremos um movimento radicalmente oposto às características solares; a dissolução do ego. Entraremos em um período de menos ego e mais responsabilidade. Rigor, severidade, responsabilidade, justeza, dentre outros atributos são de domínio do planeta Saturno, a obrigação de ser feliz, de ser o cara, de se destacar por qualquer coisa estará em baixa para dar lugar a mais seriedade, mais competência, e menos egolatria. Para ganhar fama e destaque muito terá que se trabalhar.

Esse tempo em que vale qualquer coisa desde que se “apareça na fita” dará lugar a mais responsabilidade e rigor nos feitos, mais seriedade e amadurecimento nos atos.

O Deus de amor e bondade, que está sempre pronto para atender o desejo dos seus filhos, dará lugar a um Deus mais exigente, que pedirá de seus filhos não mais orações arrebatadas, mas filhos mais maduros e responsáveis por seu amadurecimento espiritual. Mais trabalho e menos oba oba. O Deus que dá será substituído pelo Deus que cobra. As religiões evangélicas (as que mais vendem esse Deus que serve aos que nele creem) cairão em declínio ou, mudarão o discurso.

2016, como foi dito é um ano chave, no sentido literal da palavra: fecha e abre portas. Tanto por sua característica astrológica quanto numerológica. Será um ano em que as características solares, elencadas acima serão vividas à exaustão – é, além do mais, um ano governado pelo Sol – e, portanto, as características negativas do símbolo estarão mais exacerbadas para então sermos “castigados pelos deuses por nossa hübrys” e então nos recolhermos à nossa insignificância e pararmos com essa banalidade vaidosa e vulgar do culto à persona.

Em 2016 seremos desafiados a nos desapegarmos de tudo aquilo que na verdade não tem consistência para então vivermos o próximo período, sob Saturno. Será um ano muito duro, de muito teste aos governantes vaidosos e centralizadores. Lhes será exigido mais respeito, seriedade, responsabilidade e talvez uma volta ao conservadorismo possa acontecer. Saturno é o velho, a tradição, o passado.

A farra do vale tudo, desde que se tenha 15 minutos de fama, a partir de 2016 vai aos poucos se acabando. A tal arte contemporânea que teve sua máxima representação no círculo de “humanos” metendo o dedo no fiofó do parceiro da frente dará lugar a uma arte mais fina, mais rigorosa, mais séria e competente.

Até para mim, que escrevo esses prognósticos, me custa acreditar que esse comportamento está nos seus estertores. Me custa crer que essa egoidolatria possa se modificar, mas aguardemos… somos muito pequenos para racionalizar os desígnios dos tempos.

Claro que o ciclo solar não teve apenas as características negativas do planeta. Nos desenvolvemos como indivíduos, conquistamos muitas coisas no aspecto pessoal, aprendemos a nos valorizar mais como pessoas, independentemente da cor da pele, da raça, do sexo e do lugar pessoal na escala social. Aprendemos a cuidar mais e melhor de nós mesmos e a nos respeitar mais como indivíduos, a não engolir sapo por lebre, a nos posicionarmos mais pelo que somos e somos capazes de ser e de criar.

Porém estamos prestes a entrar na fase de menos ego e mais rigor.

Para entendermos o ciclo que iniciaremos a partir de 2017, é preciso conhecer as características de Saturno:

Qualidades saturninas: perseverança, paciência, firmeza, constância, resignação, segurança, solidão. O valor mais alto, a função social, o dever. Responsabilidade, reserva, experiência, seriedade, limitação, restrição, parcimônia, abnegação, o esforço contínuo, a construção, o envelhecimento, o esforço disciplinado, a aceitação dos deveres e das responsabilidades, a cristalização, a sabedoria e o respeito.

Expressões Negativas das qualidades saturninas: limitação, severidade, frieza, depressão, dogmatismo. Sombrio, temeroso, avaro, pessimista, cético, melancólico, exigente, indiferente, impotente, reservado, covarde, lento, pesado, restritivo.

O novo ciclo que se inicia a partir de 2017 sem dúvida nenhuma trará mais contenção, mais limitações, menos abundância, menos superficialidade e mais profundidade. Menos exuberância e mais limitações. Porém, para quem viveu à exaustão o ciclo do faço o que quero doa a quem doer, creio que teremos anos de não posso tudo o que quero, pois, minha liberdade termina onde começa a do outro. Isso é Saturno: o limite.

Que ele venha e que seja bem-vindo.

 

Por: Rose Villanova

Via: astrologiaearte.blogspot.com.br

 

 

SERÁ QUE REALMENTE QUEREMOS PAZ?

paz

Muitas vezes por não transformarmos de maneira correta as impressões daquilo que vemos a nossa volta, nos prejudicamos pela nossa identificação com as situações cotidianas.

Um exemplo disso,é o bombardeio de imagens e vídeos de violência contra animais e pessoas, com as quais nos deparamos diariamente nas redes sociais e televisão.

Temas esses que invariavelmente nos causam sentimentos negativos, que vão desde desconforto em nosso plexo solar (centro energético que fica a dois dedos acima do umbigo, que capta as vibrações sejam elas positivas, ou negativas) até taquicardia, raiva, ódio, ouaperto em nosso coração, certo?

Assim, considerando que concordamos com a essa afirmação de que nosso corpo fala, eu farei algumas perguntas, e lhe convido que seja honesto com suas respostas, e se conecte com seu coração para respondê-las…

Quando você entra em contato com imagens e vídeos de atos de violência e injustiça reais, você se sente bem?

Desperta algum sentimento positivo em você?

Quando você compartilha em sua linha do tempo (geralmente com uma mensagem carregada de ódio, vingança e desejo de justiça), você realmente pensa que está fazendo algo bom?

E essa raiva que ferve seu sangue, que aperta seu plexo solar e angustia seu coração, pra onde ela vai?

Será que as pessoas inconscientes que praticam esses atos de violência irão se sentir mal, e com isso repensar os seus atos, vendo essas imagens circulando na internet?

Se você foi sincero consigo mesmo,deve ter percebido que se realmente está a serviço da paz, não é compatível com sua intenção, disseminar imagens negativas para seus amigos e para mundo.

Pois quando assistimos, falamos sobre, ou compartilhamos essas imagens, ou notícias, estamos dando crédito a elas, e como tudo no universo funciona por ressonância, essa energia permanece ainda mais forte e circulando.

Se você acredita no poder da oração, sabe que o contrário também é verdadeiro.

E indo além das questões energéticas, sabemos que quem comete crimes, e filma ou se deixa filmar, tem o desejo de ser visto, ainda que não queira ser descoberto, queribope, e quando compartilhamos, estamos aumentando ainda mais o ego do outro, ou seja, estamos valorizando a “obra” de ódio e adormecimento coletivo.

Por isso, vamos divulgar a paz, vamos compartilhar em nossas redes sociais a mudança que queremos ver no mundo. Pois quando estamos incitando a raiva, a vingança e o ódio, ainda que seja contra aquele que tenha cometido algum crime, estamos nos igualando na inconsciência.

E como a Lei do universo é igual para todos nós, se emanamos sentimentos negativos, (ainda que julguemos que se trata de justiça) essa energia vai retornar a nós, e ainda pior, ela chegará até a pessoa que está sendo alvo, e essa só vai piorar sua situação de inconsciência.

Quando se está reagindo a alguém, lembre-se, você está reagindo a você mesmo, aos seus sentimentos, então opte por transformar suas impressões, e se ainda não consegue, evite falar, ouvir, e ver situações negativas, pois elas nos adoecem e nos distraem do principal objetivo de nossa vida terrena, que é o de expandirmos nossa consciência e evoluirmos.

Se realmente você quer semear a paz, questione-se sempre, se sua atitude é pacificadora, e ao menor indício de dúvida, repense, ou melhor, sinta em seu corpo…se sentir algum desconforto, é porque a situação não é favorável.

Seja a mudança que você quer no mundo.

Líli Ponte

https://www.facebook.com/lili.ponte

MEDO – O GRANDE SABOTADOR

medo

Você já sentiu medo do futuro, das possibilidades de escolha que a vida te ofereceu, de tentar fazer algo que você nunca fez por receio de não dar certo?

Vivemos adormecidos, sob o domínio do ego, que surge da identificação com a forma, com algum tipo de objeto-referência, com “bengalas psicológicas”e como ele – o ego, sabe que nada é permanente, o medo é inevitável, daí passamos a vida tendo medo da morte, medo de não sermos aceitos, medo de errar, medo de amar, medo de se expressar, medo de não ser ninguém na vida.

E quando estamos nessa paranoia que cria insegurança e ansiedade,geradas pelo medo, ficamos a mercê de criações mentais negativas, e a serviço do ego que por sua vez nos engana porque consegue encobri-lo temporariamente,seja com um relacionamento,  a aquisição de um novo bem, com horas e horas dedicadas ao trabalho,  uma atividade física, ou qualquer que seja a atividade que possamos usar para fugir da realidade.

Mas o fato é, a ilusão nunca nos satisfaz. Apenas a verdade de quem nós somos, se compreendida, nos fará plenos e seguros.

Esse veneno paralisante, chamado medo, que disparamos pra dentro de nós mesmos, nos limita externa e internamente, quem vive refém do medo não consegue se conhecer de verdade, logo, passará a viver de forma superficial.

Sabemos que tudo que alimentamos cresce,e com o medo não é diferente, e ele é capaz de nos enlouquecer, pois quando nos deixamos levar pelas emoções causadas por ele, criamos realidades paralelas e nos desligamos da realidade.

E ele é o pior dos conselheiros, e geralmente tem origem no passado e acaba estagnando o presente e destruindo o futuro, e essa é a grande chave…viver com presença verdadeira do Agora. Ele.

Ele é uma frequência extremamente castradora, que nos faz vibrar de forma tão pessimista que acabamos atraindo situações desagradáveis, pois tudo no universo funciona por ressonância.

A física quântica nos prova isso, basta fazermos alguns exercícios diários para verificar que tudo no universo reverbera, por exemplo, antes de sair de casa, fique por alguns instantes em silêncio, contemple esse silêncio, tente ouvir as batidas do seu coração… feito isso, silenciosamente, imagine que seu passeio, ou compromisso de trabalho será regido por uma força superior, e que tudo aquilo que você necessita para atingir seu objetivo (desde que ele esteja em conformidade com as leis superiores) será providenciado.

Feito isso, relaxe, esteja presente de momento a momento, dê real atenção às pessoas com as quais interagir, não se identifique com frequências e acontecimentos negativos. Não resista se algo fora do planejado ocorrer, seja receptivo as mudanças, e tente entender a lição que possa estar sendo passada, ao invés de se perguntar “por que isso está acontecendo comigo”, se pergunte “por que isso é bom pra mim?”, mude a perspectiva, interprete o fluxo positivamente.

Pois a vida nos proporciona todas as experiências que forem as mais úteis à evolução da nossa consciência.

Essa prática muito simples, se levada a sério, pode transformar nossa vida em poucas semanas…é só tentar, não custa nada, transforme as impressões, não faça nenhuma afirmação negativa a seu respeito, nem a respeito de outra pessoa, siga leve!

Mas não aceite o medo, vá em frente, transmute esse medo, cada vez que ele aparecer, questione…”de onde isso vem? faz sentido?” , esteja atento, se auto-observe e viva num mundo onde não há medo, escassez, onde há amor fraterno, compaixão e alegria!

 

Por: Lílian Ponte 

https://www.facebook.com/lili.ponte