23/07 Poderosa Lua Nova em Leão – Tudo é Possível!

leoan lua

 

Como é o caso dos alinhamentos mais poderosos que podem trazer mudanças incríveis em sua vida, tenha cuidado com o que deseja.

No dia 23 de Julho, teremos a Lua Nova em Leão a 0 °. Esta Lua Nova nos dará pistas sobre o que esperar no próximo mês, quando o intenso eclipse solar ocorrerá.

Esta Lua Nova, por si só, é extremamente poderosa e ótima para a configuração da intenção, uma vez que ocorre em 0 ° e está em conjunto com Marte, o planeta mais ativo. 0 ° é o grau do Mago, o que significa que qualquer coisa é possível agora, e o poder manifestante de suas intenções é extremamente forte.

Mas, como diz o ditado, “Tenha cuidado com o que você deseja”.

A proximidade de Marte significa que esta é uma Lua sobre a ação. Toda essa energia errática está lhe chamando. Prepare-se para destruir as regras e divirta-se. Se você não tem uma maneira de expressar sua loucura – encontre uma saída criativa divertida ou um hobby que fale com você.

Outro aspecto importante desta Lua Nova é a conexão com nossas linhas ancestrais. Você pode sentir uma vontade forte de se identificar com uma “família”, seja seu próprio sangue, ou um tipo diferente de vínculo.

A Lua Nova em Leão carrega energia que faz reverência às gerações mais velhas. Esta conexão ancestral traz nossos guias espirituais para mais perto de nós, através de todos e quaisquer domínios. É reconfortante sentir que alguém realmente está do seu lado quando você precisa, e isso irá incutir maior confiança interior.

Em suma, este será um momento maravilhoso para encontrar e reconectar-se com os membros perdidos da família, onde quer que estejam atualmente.

Durante este tempo, nós nos sentiremos apaixonados por proteger aqueles que consideramos nossa família. Nossos instintos são extra-sensíveis e reagiremos de forma rápida a qualquer ameaça externa.

A Lua conjunta a Marte é muito física e mais útil quando se tem que antecipar os movimentos de seu oponente.

Aqueles atraídos por esta Lua Nova podem ser chamados a permanecer calmos, enquanto percebem rapidamente a quem responder primeiro. A vida doméstica pode parecer uma zona de guerra, devido à quantidade de energia doméstica emocional que está explodindo. Marte pode influenciar-nos e podemos sentir como se estivéssemos caminhando em cascas de ovos.

Aqueles que sentem uma conexão com esta Lua Nova podem sentir que estão à beira de descobrir algo novo e diferente. A inovação está ao nosso redor, mas algumas pessoas menos equilibradas podem sentir essa inovação e novidade como uma energia “louca” e ter dificuldades em lidar com isso.

Lembre-se de que seus antepassados ​​estão aqui para guiá-lo e ajudá-lo através de tudo, para prepará-lo para a próxima grande mudança em sua vida.

“Toda criatura foi projetada para servir a um propósito. Aprenda com os animais, pois eles estão lá para ensinar-lhe sobre o modo de vida. Existe uma riqueza de conhecimentos abertamente acessíveis na natureza.

Nossos antepassados ​​sabiam disso e abraçavam as curas naturais encontradas nos seios da Terra. Sua sala de aula era a natureza. Estudaram as lições a serem aprendidas com os animais.

Muito do comportamento humano pode ser explicado observando as bestas selvagens à nossa volta. Elas estão constantemente nos ensinando coisas sobre nós mesmos e o caminho do universo, mas a maioria das pessoas é muito cega para assistir e ouvir.” – Suzy Kassem

________

Traduzido pela equipe de O Segredo   Fonte: Mystical Raven

Anúncios

Você está se sentindo cansado?

cansaço

Sabe aquele cansaço sem a menor explicação? Você dormiu bem, não fez quase nada durante todo o dia, mas continua exausto. A explicação pode não ser física. “Novas frequências eletromagnéticas inteligentes estão chegando do Sol central e estão mexendo radicalmente com nossas estruturas físicas, emocionais e espirituais. Como se fôssemos um aparelho de celular ligado a uma bateria de um imenso navio. Há muita energia vindo do mundo espiritual. Sendo assim há a necessidade de estabilização”, diz Carlos Torres, 44, escritor, mensageiro e autor de “O Povo Azul”, “A Era de Ouro da Humanidade” e “O Grande Pulso”, entre outros livros que, juntos, já venderam mais de 200 mil exemplares no Brasil e no exterior.

As mensagens recebidas por Torres são canalizadas por meio de projeção fora do corpo físico, e seus mentores são o povo azul de Órion e de Sírius, e Mustah, sacerdote egípcio da escola de mistério do olho de Hórus, da dinastia de Akhenaton.

Sensitividade. As alterações eletromagnéticas são mais percebidas pelas pessoas com maior sensibilidade energética e requerem algumas mudanças de comportamento.

“No nível mental, é preciso vibrar em alta ressonância a energia da gratidão, da compaixão, da generosidade, da benevolência e do compartilhamento mútuo das ideias. Evitar julgamentos alheios, pois não sabemos realmente o que cada indivíduo veio passar nesta vida. Elevar o pensamento para situações nobres em vez de continuar compartilhando notícias fúteis e terríveis que teimam em se multiplicar pela televisão e pelas mídias sociais”, diz o mensageiro.

Nada é fácil, mas não custa tentar. “Encontre coisas boas nas pessoas e nas situações, elas existem, mas estão sendo esquecidas. Pare de reclamar e comece a agradecer, a gratidão é a energia que moldará o novo mundo. Quando um pensamento ruim vier, compreenda-o e imediatamente neutralize-o com outro superior e positivo. Quando um problema vier a sua mente, transmute a informação, procurando imediatamente uma solução. Mude o foco, encontre coisas belas em você, pare de se mutilar energeticamente, pois todos temos algumas virtudes”, propõe Torres.

Exercícios. É preciso dar atenção ao corpo físico. “Faça atividades calmas e concentradas, emitindo ondas azuis para todos os locais onde sente dores, desconforto ou fadiga muscular, transformando um simples exercício de alongamento e fortalecimento em um ato vibracional quântico intensificado. Beba bastante água mineral, de preferência aquela que sai direto das pedras, pois traz fragmentos minerais puros do centro de montanhas, rochas e cristais. Coloque para dentro do seu corpo coisas bonitas, saudáveis e que possuem vida”, comenta o mensageiro.

Outras recomendações importantes: “evite alimentos industrializados e com condimentos exagerados. Coma frutas verdes regadas com mel, legumes com azeite e alimentos que saem de dentro da terra, como batata, beterraba, mandioquinha, mandioca, pois eles trazem força física e consciência para o aterramento. Troque a farinha de trigo por outra menos prejudicial como a tapioca, a farinha de mandioca”, indica o escritor.

Sono e repouso. Outras dicas passadas pelos mentores de Torres são a necessidade de tomar sol e agradecer enquanto faz isso e de mergulhar na água do mar, da cachoeira ou de um rio para entrar na frequência da natureza. “Se sentir vontade de dormir mais do que o normal, durma, seu corpo precisa estabilizar-se com as novas frequências, não é à toa que ele está clamando por isso. Não se preocupe, você não está ficando velho, doente ou preguiçoso, é somente um processo de ajustamento. Se sentir vontade de ficar mais sozinho, fique, pois é seu espírito pedindo para entrar em sintonia e querendo acalmar sua mente repleta de confusões”, ensina o mensageiro.

Ele ressalta que todos devem prestar atenção na intuição, pois ela é a primeira informação que chega do mundo espiritual diretamente em sua mente. “Inspiração é algo que seu próprio espírito lhe envia, é você em manifestação futura e dimensão divina tentando conversar consigo mesmo”.

TRANSFORMAÇÃO

“O amor direciona, a mente confunde”

As entidades espirituais que se manifestam por meio do mensageiro Carlos Torres chamam a atenção para a qualidade dos relacionamentos nesse momento de grande intensidade eletromagnética.

“As pessoas não suportam mais gritos e discussões e só querem harmonia e entendimento. A época dos sofrimentos terminou, e quem ainda persistir nessa ideia terá que vivenciar grandes provações. Se for preciso posicionar-se perante um relacionamento que não serve mais, posicione-se e faça o que precisa ser feito. Se for preciso mergulhar num relacionamento que lhe faz sentido e traz consigo a energia do amor verdadeiro, não tema, vá com convicção nessa direção. O amor direciona, a mente confunde”, ensina.

Preste atenção em como você tem-se relacionado com o trabalho. “Seu espírito não quer mais fazer o que não preenche seu propósito de vida. Ele está forçando-o a entrar com força total em seu centro de sinergia, aquele que sintoniza você com as forças mágicas do universo. Se você não mudar e não melhorar sua relação com seu trabalho, infelizmente sua vida vai ficar cada vez mais vazia, mesmo que receba bastante dinheiro. Nada disso poderá dar um sentido real a sua existência daqui em diante”, propõe Torres. (AED)

 

Por: ANA ELIZABETH DINIZ

Via: http://www.otempo.com.br

Neurocientistas confirmam: em 21 dias você reprograma o seu cérebro

post-ativador-pineal

O título é impactante não é? Por que 21? 21 dias para mudar e transformar. 21 dias para ser uma pessoa mais feliz e de bem com a vida. 21 dias para começar a fazer yoga. 21 dias para meditar. 21 dias para mudar os hábitos alimentares…21 dias para abandonar e quebrar um hábito, como parar de comer carne, parar de fumar, parar de criticar, adotar condutas altruístas… etc.

Tudo o que você precisa são 21 dias de determinação e disciplina fazendo ou deixando de fazer determinada coisa.

Você sabia que tudo o que você conquistou, assim como o seu padrão de pensamento e comportamento, estão relacionados aos seus hábitos? Ou seja, os seus hábitos influenciam diretamente a sua vida. 

Os hábitos são, essencialmente, padrões de comportamentos e acabam se tornando uma parte do que somos.

Quando algum comportamento se repete o cérebro cria vias sinápticas mais rápidas, de maneira que uma ação aciona a ação seguinte, de forma quase automática.

  • Ninguém está inteiramente certo de onde a regra dos 21 dias se originou. Um dos pioneiros na Teoria dos 21 Dias foi o cirurgião plástico e psicólogo Maxwell Maltz, em 1960. Ele relatou que seus pacientes notavam as mudanças nas cirurgias apenas após 21 dias da operação, e registrou no livro Psico-cibernética que 21 dias é o tempo que o cérebro precisa para se adaptar a uma mudança. Em 1983 o artigo Three Weeks to a Better Me, na Reader’s Digest, relatou os esforços de uma mulher em não criticar durante 3 semanas. John Hargrave também descreve a importância dos 21 dias em seu livro Mind Hacking: How to Change Your Mind for Good in 21 Days. No livro best seller O Poder do Hábito, Charles Duhhig considera que são necessários 21 dias de repetição de uma ação para que ela se torne um hábito. Claro que existe a individualidade de cada um que pode levar a uma variação, como mostrado no estudo de Phillipa Lally, pesquisador de psicologia da saúde na University College London, publicado no European Journal of Social Psychology, no qual foi evidenciado que a partir de 18 dias consegue-se mudar um hábito, mas pode variar dependendo da pessoa, do comportamento e circunstâncias, sendo que o tempo médio foi de 60 dias para um comportamento tornar-se automático.

O cérebro tem duas formas de tratar as informações e ações vividas: uma de maneira consciente e a outra inconsciente. Mas talvez você pergunte: é possível fazer algo de forma inconsciente, sem nos darmos conta?

Sim, é o que costumamos chamar de “modo automático”, são as ações que você executa sem a necessidade de prestar atenção em cada movimento. E muitas das coisas que executamos com frequência ao longo do nosso dia, de forma repetitiva, estão no modo automático, seja na nossa rotina doméstica ou mesmo no trabalho. Dirigir, por exemplo, é um hábito tão mecanizado que muitas vezes você sai de um lugar e chega ao outro e nem se lembra do percurso que fez, seja de carro ou mesmo a pé.  Seu cérebro está tão treinado com aquele caminho que você o faz com a mente focada em mil e uma ideias, menos no ato de dirigir, caminhar ou no percurso.


Toda ação, primeiro, é consciente

Acontece que quando você repete essa ação muitas vezes o cérebro cria um caminho neural que envolve os atos de pensar, sentir e agir. Depois que o cérebro se considera treinado o suficiente para determinada coisa, sai do modo consciente e vai para o inconsciente. E, nesse processo, pelo menos 95% das nossas ações são comandadas pela mente subconsciente, um super computador carregado com uma base de dados de comportamentos programados.

A transferência ocorre quando uma ação já programada migra da zona CONSCIENTE do cérebro, ou seja, da zona pensante, para a zona de execução automática do cérebro, ou seja, INCONSCIENTE.

É isto que nos permite ser multifuncionais. Vamos citar novamente o exemplo de dirigir, algo fácil e totalmente mecânico. Observe quantos movimentos são realizados sem que você precise prestar atenção. O pé direito no acelerador ou no freio e o pé esquerdo na embreagem, os 3 pedais em movimentos sincronizados para o carro não morrer. Você pensa na meia embreagem quando dirige? Certamente não. Enquanto isso os olhos monitoram 3 retrovisores e as mãos controlam o volante, câmbio e setas para sinalizar as conversões, etc… E você faz tudo isso enquanto conversa com alguém no carro ou ao telefone, canta, toma decisões importantes, ouve o rádio, enfim,  sua atenção está sempre voltada para alguma outra coisa, pois dirigir não requer sua atenção uma vez que se tornou algo automático.

Até aí, estaria tudo ok não fosse a comprovação pela neurociência de que estamos no piloto automático, sob o comando da mente inconsciente, 95% do tempo.

Ou seja, você não está consciente na maior parte do tempo. Apesar disso, é bom saber que você pode programar e desprogramar o seu cérebro no que se refere a qualquer ação cognitiva que envolva o pensamento, a linguagem, a percepção, a memória, o raciocínio e o intelecto. É através da repetição que você adquire uma nova forma de pensar, sentir, agir e se comportar, esteja você ciente ou não.

Uma forma simples de adquirir um novo hábito é estabelecer um programa de 21 dias. Determine o que você quer ou precisa que se torne uma rotina. Estabeleça um horário que você possa se dedicar a isso. E passe a repetir por 21 dias consecutivos. Muito provavelmente você encontrará resistência no início, mas do 22º dia em diante a ação será executada com naturalidade e você sentirá falta se não realizá-la, pois seu cérebro já estará habituado com a prática. Sem esforço nem desconforto.

Eduque seu cérebro, faça essa ginástica mental para ter sua mente trabalhando a seu favor e tenha autodisciplina.

Para isso, a rotina de repetição deve ser empregada por 21 dias consecutivos. Consecutivos mesmo, sem falhar nem 1 dia, ok? E é aí que entra a sua disciplina. Esse método de 21 dias pode ser aplicado para qualquer coisa, seja para adquirir uma rotina de estudo, organização no trabalho, forma de pensar positivamente, fazer uma atividade física, ou, o que eu super recomendo: MEDITAR!!!

Talvez você pense. Nossa, desse jeito é possível criar um novo hábito por mês e, ao final de 1 ano, terei 12 novos hábitos. Desculpe mas terei que jogar um balde de água fria no seu entusiasmo.

CUIDADO, porque se você não fizer de forma consciente pode se transformar num robô, um amontoado de ações inconscientes. Será que você já não está nesse estágio? Ser multifuncional parece ser bom não é? Considerando o quanto pessoas que conseguem fazer várias coisas ao mesmo tempo são elogiadas. No entanto, acabam ficando ligadas no “piloto automático”. E, quando chegam ao final do dia, são incapazes de se lembrar detalhes do que fizeram e como realizaram as suas tarefas.

Saiba que quanto mais automático você for, maior também será sua dificuldade de concentração. Isso acontece porque os pensamentos e comportamentos automáticos tiram nossa atenção do momento presente. Eles são estruturados em experiências do passado. Pessoas automatizadas tendem a ser menos criativas, pois costumam seguir padrões repetidos e, por isso, são inflexíveis, têm dificuldade de se adaptar a novas situações, de encontrar novos caminhos e enxergar possibilidades inovadoras. Então, tenha sabedoria para usar a ferramenta dos 21 dias a seu favor e não ficar condicionado a hábitos que possam te robotizar e tirar de você algo precioso, que é a sua consciência.

A ideia aqui, mais do que te dar dicas sobre como adquirir novos hábitos, é te conscientizar sobre você mesmo, pra que você saiba que seus hábitos guiam o teu destino. Se os teus pensamentos, atitudes e comportamentos não te favorecem, então está na hora de mudar e você pode fazer isso através de uma disciplina diária e mudança na sua rotina no que se refere ao pensar e agir.

No entanto, observe se mais importante do que adquirir novos hábitos não é melhor fazer uma reprogramação para desestruturar hábitos antigos e sabotadores. Desconstruir padrões mentais, esvaziar e zerar conceitos velhos é um caminho para se abrir ao novo e para adquirir novos conhecimentos. Usar a metodologia dos 21 Dias para adquirir o hábito da meditação e do relaxamento pode ser um forma edificante de usar o inconsciente para atingir a consciência.

Mudar ou abandonar hábitos antigos não é tão simples. Há um consenso de que esta prática é mais difícil. Uma vez que as sinapses foram ativadas por uma repetição de comportamento, mesmo que se consiga quebrar por forte determinação e disciplina, essas sinapses podem ser reativadas sob o menor estímulo. Isso fica muito evidenciado no caso de vícios.

De qualquer forma, para aumentar suas chances de sucesso, tente mudar um hábito de cada vez. Estabeleça planos e repita o comportamento de forma que ele se torne instintivo e seja parte de você.

Seu destino está traçado na sua mente. A pergunta é: Você programou a sua mente a favor ou contra você? Até que você se conscientize da necessidade de criar um movimento interno para mudar os seus hábitos, seja no pensar, falar ou agir, seus padrões inconscientes determinarão o seu destino. Sabe o que tem de ruim nisso? Você nem vai se dar conta.

 

POR: ELAINE SILVEIRA ( ) – VISITE O MEU SITE

Mestra em Ciências pela Universidade de São Paulo e Instrutora de Yoga, encontrou em seus textos uma maneira de compartilhar 20 anos de experiência em meditação, yoga e qualidade de vida, em uma abordagem totalmente prática. As portas da percepção não se abrem com o intelecto mas através da jornada do caminho interno. “Nem a mente, nem o corpo ou o espírito anseiam por teoria ou conhecimento, mas sim por experiências reais.”Boa prática!!!

Lua Cheia de morango (09/06), rara em Sagitário, desperta energia de cura para nossas feridas mais profundas…

lua de morango

 

No dia 9 de junho, veremos um tipo especial de lua cheia que acontece apenas uma vez por ano: a Minilua, ou a lua cheia que aparece em tamanho um pouco menor do que o habitual.

Esta lua é chamada entre os colonos europeus das Américas de Lua Rosa. Os povos de língua celta a chamavam de Lua dos Cavalos.

E alguns norte-americanos chamam essa lua de Lua de Morango, pois é em junho que os morangos selvagens nativos das Américas amadurecem nessa região.

Então, o que essa poderosa lua cheia reserva para você neste mês?

Esta  minilua de morangos indica um ponto de mudança ou uma pequena crise envolvendo seus relacionamentos ou finanças. Continua um processo de transformação que você iniciou nas últimas duas semanas. Esta é uma lua cheia para transformar e curar a devastadora dor de doenças, corações partidos, lares destruídas e dívidas financeiras acumuladas.

Esta Lua cheia em Sagitário traz ansiedade, perda de energia, perversão e malícia. Com a Lua, esta estrela também traz segredos, ciúmes e problemas com parentes.

Forças opostas ou polaridades em sua vida estão ganhando reconhecimento. isto pode incluir ego vs emoções, seu trabalho vs casa, ou o que você precisa contra o que você deseja. A tensão interna e as pressões externas podem levar a conflitos pessoais e crises que drenam sua energia.

As qualidades lunares de emoções e instintos atingem seu pico em plena lua. Use sua força emocional e intuição para superar quaisquer desafios. A consciência subconsciente permite um olhar imparcial e equilibrado em seus relacionamentos pessoais. Você verá claramente qualquer dinâmica do relacionamento ou sentimentos negativos que causam desarmonia.

Todas essas emoções chegando à superfície podem fazer com que você queira salvar-se ou, na maioria dos casos, quando vê os problemas de outros surgirem, salvá-los.

No entanto, aqueles atraídos por esta lua cheia devem ter cuidado, para não desenvolverem um complexo de salvador. Quando isso acontece, podemos ser sufocados ou sufocar aqueles ao nosso redor.

Um relacionamento saudável pode sofrer alguns momentos desconfortáveis, mas continua evoluindo cada vez mais. Relações insatisfatórias podem sofrer de deslealdade ou outras formas ou desrespeito. Tentar satisfazer sua necessidade de intimidade com um estranho só causaria problemas por causa de descuido e padrões baixos.

Autodisciplina e maturidade emocional irão ajudá-lo. Tente superar sentimentos de culpa pelo passado. A exposição de vulnerabilidades emocionais e a abertura para os entes queridos, permitirão fortalecer o vínculo que você precisa para superar a crise.

As luas cheias tendem a nos fazer liberar coisas de nossas vidas, então, precisamos ter certeza de que estamos no controle disso, e que ninguém está nos forçando!

Às vezes, podemos deixar de lado coisas e nos arrependermos mais tarde, devido a emoções acumuladas e reações impulsivas.

Esta ferida da lua cheia pode aparecer onde nos sentimos cicatrizados, traídos ou marcados. A ferida pode vir de escândalos familiares, um problema com herança ou um traço ancestral indesejável.

A evolução positiva do karma e da alma virá da transformação e da cura que você completará nas próximas duas semanas.

____

Fonte: Mystical Raven

Os 4 Estágios do Despertar Espiritual

24

Estágio 1 – Despertar

É aqui que tudo começa. E não, não foi um acidente. Sua alma planejou exatamente o que estava fazendo antes de chegar aqui – está acontecendo por um motivo.

Grandes quocientes de energia começam a inundar seu sistema. Os centros psíquicos são abertos (geralmente bastante abruptamente) e, de repente, você sente, vê ou ouve coisas que não conhecia antes. Seus sentimentos psíquicos são muito mais agudos – você pode até começar a ter experiências espirituais ou sensações poderosas, e sentir-se-á mais sensível do que o habitual.

Devido ao aumento desses sentidos psíquicos, você provavelmente sentirá a necessidade de recuar –  afastar-se de pessoas, lugares e coisas. Você vai querer hibernar. Isso é inteiramente natural.


Estágio 2 – Cura

Agora, o seu sistema está seriamente online. A energia é conduzida através do sistema chakral. O objetivo é desalojar a antiga “sujeira” da vida, que bloqueia essa energia fluindo suavemente em seu sistema (dando-lhe uma conexão mais pura com a fonte).

Há emoções antigas, dores de coração e trauma de tempos de vida passados ​​que nossa alma precisa curar. É por isso que nossos sentidos psíquicos tiveram que ser tão elevados – para que possamos aproveitar a informação de nossas vidas passadas e nos conscientizarmos disso.

Durante esta fase, você estará profundamente emocional. Suas emoções mudarão fortemente. Você pode sentir que não tem controle sobre quando, onde ou com que força elas aparecem.

Pode ser realmente difícil. E se você tentar se esconder, o universo fará com que as pessoas se movam para desencadear as emoções que precisam ser curadas. As coisas ficarão realmente sincronizadas e, provavelmente, bastante confusas, mas esta etapa passará. E a boa notícia é que, uma vez que essas questões estiverem resolvidas, será para sempre. Elas serão curadas e limpas no nível da alma, e você provavelmente nunca mais as sentirá da mesma maneira novamente.

Estágio 3 – Propósito de vida

Quando você chegar aqui,  sentir-se-á inspirado, criativo, cheio de ideias e equipado com um senso interno de dever em ajudar ou servir de alguma forma. No entanto, é provável que pequenas dificuldades apareçam, à medida em que você se direcionar  para um novo projeto – o que, provavelmente, é um território totalmente novo. Às vezes, nesta fase, você recebe uma pequena segunda onda do tópico anterior. O universo está certificando de que todas essas questões desapareceram para sempre. Você pode encontrar alguns padrões, problemas ou dores antigas novamente. E quando o fizer, provavelmente, sentir-se-á exasperado e irritado, perguntando-se se realmente fez algum progresso. Mas isso acontece para que você esclareça todo o remanescente dessa baixa autoestima, solidão ou ansiedade. Você finalmente estará livre disso!

Esse momento pode ser um pouco nervoso, enquanto você entra em uma causa, uma nova carreira ou em algo que mais te complete. Pode parecer estranho tentar algo e fazer bem, ou encontrar seu espaço no mundo. Permita-se perceber que tudo está bem. Você está seguro e orientado, enquanto tenta coisas novas e encontra formas de viver que realmente expressam quem você realmente é.

Estágio 4 – Divindade

É nessa fase que a maioria das pessoas irá dizer-lhe que você alcançou o status de guru. A Divindade é sobre ser tão claro sobre dores e crenças antigas, e pressupostos negativos sobre a vida, que você se torna verdadeiramente puro em sua energia. Você é verdadeiro em quem realmente é. Você está em sua divindade porque removeu e limpou tudo o que NÃO é quem você é. Tudo o que resta é um diamante polido.

Você sempre foi divino – não importa onde esteja nessas etapas, você ainda é divino – é simplesmente mais fácil ver essa beleza e autenticidade no topo (e torna suas habilidades psíquicas muito mais precisas também!). Suas interações com outros são claras e genuínas. Você alcança um novo nível de liberdade, porque não está mais vinculado às crenças que uma vez o limitaram. Você pode acabar como um guru. Pode andar de pés descalços em praias de areia, abençoar outros com um tapinha gentil na cabeça, ou pode ser uma pessoa normal, alinhada com o propósito de sua vida, aproveitando o sol em um churrasco familiar – totalmente presente, estável e fundamentado no momento.

____

Fonte: Mystical Raven

COMO UTILIZAR OS INCENSOS E QUAIS OS MAIS INDICADOS PARA DETERMINADOS FINS

incenso

Eles dão boas energias, são purificadores do ambiente e atraem boas vibrações. Aprenda que forma utilizar os incensos e quais os mais indicados para determinados fins.

 

COMO ACENDÊ-LO?

Tal como tudo o que está relacionado com a atração de energias, também os incensos devem ser utilizados de determinadas formas para que o seu poder invada de fato a sua vida.

Um incenso representa o sopro divino e antes de utilizá-lo, devemos mentalizar uma oração especial, direcionada àquilo que desejamos alcançar.

Ele deve ser aceso sempre com a mão esquerda. O ideal é que utilize um fósforo, pois isso significa que respeita o relacionamento com as forças espirituais ou celestiais.

Se deseja limpar um ambiente com o poder da fumaça do incenso, acenda-o como foi referido anteriormente e percorra todas as divisões da casa com ele na mão. Depois faça o percurso exatamente ao contrário. Ou seja, se começar na cozinha, termine o seu caminho de purificação também na cozinha.

Se não puder acender um incenso todos os dias, acenda pelo menos um de três em três dias, pois assim os espíritos inferiores não suportarão ficar num ambiente demasiado perfumado e vão querer afastar-se de locais purificados por incensos.

 

Aromas para todos os fins


Âmbar
– Estimula a intuição a ajuda a escolher os caminhos mais corretos.
Anis estrelado – Para atrair a boa sorte na sua vida.
Arruda – Serve para aumentar a segurança em si mesmo e ajuda a ter proteção espiritual, eliminando todas as energias negativas do ambiente.
Acácia – Ajuda a ter um sono tranquilo, sem inquietações, nem pesadelos.
Absinto – Para além de proteger o amor, ajuda a ter clareza de pensamento.
Alecrim – Afasta pensamentos negativos, e purifica o ambiente de forma a abrir a sua mente.
Alfazema – Para além de transmitir tranquilidade, ajuda a manter o bom humor.
Almíscar – Torna a intuição mais apurada e aumenta a sorte e o sucesso na sua vida.
Angélica – Ajuda a proteger todos os campos da sua vida.
Artemísia – Dá clareza de pensamento.
Benjoim – Em qualquer área em que se move, ajuda-a a ter bastante criatividade.
Camomila – Acalma a impulsividade e ajuda a melhorar a sua vida a nível financeiro.

Canela – Purifica o ambiente e ajuda a resolver questões financeiras.
Cânfora – Elimina todas as energias negativas do ambiente e protege emocional e profissionalmente.
Cedro – Ajuda a aumentar a força física, purifica o ambiente, afasta energias negativas e protege quem tem negócios próprios.
Cipreste – Ajuda a aumentar os níveis de concentração, transmite segurança e equilíbrio e auxilia a fortuna.
Cravo – Harmoniza todo o ambiente, abrindo todos os caminhos da vida; afasta as energias negativas.
Erva-cidreira – Ajuda a encontrar o verdadeiro amor, a felicidade e promove o sucesso.
Erva-doce – Afasta as invejas, traz harmonia e transmite a paz.
Eucalipto – Promove uma verdadeira purificação do ambiente e renova as energias positivas no local.
Hortelã – Ajuda a promover a compreensão, auxilia na tomada de decisões importantes e anula todas as energias negativas.
Jasmim – Purifica o ambiente, aumenta a força física e melhora o sucesso.
Lírio – Aumenta a fertilidade, auxilia na gestação e crescimento.
Manjericão – Aumenta a prosperidade e a proteção na sua vida e atrai a sorte e a felicidade.

Mirra – Aumenta a intuição.
Noz moscada – Atrai o bom humor, o dinheiro e a justiça para a sua vida.
Orquídea – Purifica o ambiente profissional e ajuda a ter clareza de pensamento.
Olíbano – Ajuda a purificar o ambiente.
Patchuli – Atrai a abundância para a sua vida.
Pimenta da Jamaica – Harmoniza o ambiente no lar, atrai sorte e dinheiro.
Pinho – Aumenta a fertilidade e atrai sorte e proteção.
Rosa branca – Purifica o ambiente contra as energias negativas e acalma a impulsividade das pessoas que estão próximas.
Sândalo – Ajuda o seu poder intuitivo.
Sândalo branco – Aumenta a sua capacidade de meditação, sucesso e sorte.
Verbena – Tem o poder de atrair o amor para a sua vida.
Violeta – Afasta todas as energias negativas.
Ylang-Ylang – Potencializa a autoestima.

 

Por: Nina Greguer

O Xale… O Lenço… A conexão com seu Manto Sagrado

xales

Para os povos nativos, simboliza o retorno ao lar, aos braços da mãe Terra, estar protegido e acolhido pelo amor da Grande Mãe. O xale surgiu quando os povos indígenas não conseguiam mais viver no mundo dos brancos e necessitam se conectar com a sabedoria de seus ancestrais. Quando tecemos nosso xale e nos enrolamos nele, nos reconectamos com a força da Mãe Terra e de nossa Ancestralidade Sagrada. Usar o Xale é honrar a necessidade de retornar ao próprio lar, de buscar equilíbrio nos braços da Grande Mãe e dos Ancestrais Sagrados…. É voltar ao encanto e magia da simplicidade de amar e ser amado, simplesmente por ser quem se é.
“Tome seu xale e sinta também a responsabilidade de amar os outros, de amar aqueles que se esqueceram de trilhar o caminho sagrado, e que não encontraram ainda seu caminho de voltar ao lar” – JAMIE SAMS.

Em seus mais diversos formatos, cores e materiais, os xales sempre foram usados pelas mulheres em todos os quadrantes do planeta. Podem entrar e sair de moda, mas sempre retornam para nos aquecer, proteger e também embelezar, porque beleza não é luxo, é necessidade, como diz a poetisa mineira Amélia Prado.
As mulheres Incas usam seus xales presos por um broche (Tupus), um artefato que possibilitou aos arqueólogos identificar estátuas ou múmias como sendo do sexo feminino. Quando membros da raça vermelha dos nativos americanos decidiram retornar aos ensinamentos de seus ancestrais, chamaram este movimento de Tomada do Xale.

A mesma ideia do xale como os braços amorosos da Grande Mãe é expressa entre os celtas na figura de Brigid, como a Senhora do Manto. O Manto da Deusa não apenas cobre e protege todo o território, mas também envolve cada pessoa que recorre a ela por proteção. Os fios de seu manto são os filamentos que conectam todas as coisas em uma grande Teia de Vida. O manto de Brigid fazia parte do equipamento das parteiras celtas, que o colocavam sobre a parturiente para assegurar um bom parto. Também era usado para envolver qualquer parte do corpo que estivesse dolorida ou ferida, porque ajudava na cura.

Universais e acolhedores, os Xales são símbolo de inclusão e amor incondicional, que envolvem, confortam, cobrem, abraçam, protegem e embelezam, escreve Janet Bristow que, junto com Victoria Galo, fez do prazer de tricotar e “crochetar” uma prática de espiritualidade feminina, criando xales portadores de orações e bênçãos, para distribuir entre os necessitados de conforto.

Além disso, à medida que o outono avança e a temperatura declina, nada como um xale acolhedor envolvendo os ombros, para nos proporcionar uma sensação de calor e bem-estar.

Diante de tudo isso, quando pensamos na “Guardiã do Xale”, nossa ideia era de que uma mulher do círculo pudesse ocupar e ancorar esse honroso e importantíssimo lugar: aquela que envolve, conforta, cobre, abraça, protege e embeleza todas as pessoas do círculo com sua acolhedora e amorosa presença. As formas de realizar isso são muitas, e ficam à critério da imagina-ação de cada uma. Mas por certo, esse é um rico aprendizado, que possibilita ancorar no grupo a presença da Mulher Sábia, Portadora do Xale, o que tem reflexos profundos em nossa própria vida…

Sigamos juntas, tecendo os fios desse amoroso e acolhedor Xale de Retorno à nossa própria Casa!

Por: Patricia Feldman

Via: As Faces do Sagrado Feminino – @asfacesdosagradofeminino