A PRÁTICA DO HO´OPONOPONO

1406

O interesse por informação sobre o sistema Havaiano de cura Ho’oponopono tem aumentado muito aqui no Brasil estes últimos meses. Existem muitas traduções para o português de artigos em inglês que constam na internet. Ano passado reuni vários que melhor abordavam o processo e incluí em um E-book que editei sobre o Ho’oponopono, ele pode ser baixado gratuitamente neste site: http://www.hooponopono.com.br

A respeito da prática em si, que é muito simples e objetiva, vou apresentá-la aqui: Agora você vai entender porque o intelecto não dispõe dos recursos para resolver problemas, ele só pode manejá-los. E manejar não resolve problemas.

Ao fazer o Ho’oponopono você pede a Deus, a Divindade, para limpar, purificar a origem destes problemas, que são as recordações, as memórias. Você assim neutraliza a energia que você associa à determinada pessoa, lugar ou coisa. No processo esta energia é libertada e transmutada em pura luz pela Divindade. E dentro de você o espaço que foi liberado é preenchido pela luz da Divindade. Então, no Ho’oponopono não há culpa, não é necessário reviver sofrimento, não importa saber o porquê do problema, de quem é a culpa, sua origem.

No momento que você nota dentro de si algum incômodo em relação a uma pessoa, ou lugar, acontecimento ou coisa, inicie o processo de limpeza, peça a Deus:

“Divindade, limpe em mim o que está contribuindo para este problema.”

Então use as frases desta seqüência: “Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.” várias vezes, você pode destacar uma que lhe toca mais naquele momento e repeti-la. Deixe sua intuição lhe guiar.

Quando você diz “Sinto muito” você reconhece que algo (não importa se saber o que) penetrou no seu sistema corpo/mente. Você quer o perdão interior pelo o que lhe trouxe aquilo.

Ao dizer “Me perdoe” você não está pedindo a Deus para te perdoar, você está pedindo a Deus para te ajudar se perdoar.

“Te amo” transmuta a energia bloqueada (que é o problema) em energia fluindo, religa você ao Divino.

“Sou grato” é a sua expressão de gratidão, sua fé que tudo será resolvido para o bem maior de todos envolvidos.

A partir deste momento o que acontece a seguir é determinado pela Divindade, você pode ser inspirado a tomar alguma ação, qualquer que seja, ou não. Se continuar uma dúvida, continue o processo de limpeza e logo terás a resposta quando completamente limpo.

Lembre-se sempre que o que você vê de errado no próximo também existe em você, somos todos Um, portanto toda cura é auto cura. Na medida em que você melhora o mundo também melhora. Assuma esta responsabilidade. Ninguém mais precisa fazer este processo, só você.

A prece a seguir é da criadora do sistema Ho’oponopono da Identidade Própria, a Kahuna Morrnah Simeona. Faça esta oração em relação a qualquer problema com qualquer pessoa; ao se fazer o apelo ao Divino Criador estamos nos dirigindo à divindade que existe dentro de todas as pessoas, que é a extensão do Divino Criador. Só é necessário isso.
“Divino Criador, pai, mãe, filho em Um…
Se eu, minha família, meus parentes e ancestrais lhe ofendemos, à sua família, parentes e ancestrais em pensamentos, palavras, atos e ações do início da nossa criação até o presente,
nós pedimos seu perdão…
Deixe isto limpar, purificar, libertar, cortar todas as recordações, bloqueios, energias e vibrações negativas
e transmute estas energias indesejáveis em pura luz…
Assim está feito.”

Para mais informações e materiais sobre o Ho’oponopono visite http://www.hooponopono.forumativo.com e http://www.hooponopono.com.br

Sobre o autor

Al McAllister é Gaúcho de Porto Alegre, RS. Artista Plástico formado pelo Pratt Institute em Nova York. Com representação nos EUA e São Paulo, e pinturas em coleções particulares mundo afora. Adepto do chimarrão diário que compartilho com os amigos que visitam meu ateliê em Niterói, RJ onde resido. Em 2007 tive a grata satisfação de conhecer a prática do Ho’oponopono da Identidade Própria, conforme ensinado pelo Dr. Ihaleakala Hew Len. Ele define assim: “O Ho’oponopono é o processo de se liberar as energias tóxicas internas, permitindo assim que a Inspiração do Divino tenha um efeito impactante nos seus pensamentos, palavras, feitos e ações.” Você pode ler mais artigos de Al McAllister no http://www.suamente.com.br

——~-~—-~~~—————————~~————————————~
Você pode divulgar este artigo em sua página ou informativo, desde que mantenha o texto intacto, inclua esta nota sobre o autor com os links ativos e esta sentença, e avise-nos quando o artigo for publicado no email webmaster@suamente.com.br.

Anúncios

ORAÇÃO AO CRIADOR

140

Divino Criador Pai, Mãe, Filho, todos em Um,

Se eu, minha família, meus parentes e antepassados

Ofendemos tua família, parentes e antepassados

Em pensamentos, palavras, fatos ou ações

Desde o inicio de nossa criação até o presente;

Nós pedimos teu perdão

Deixe que isto se limpe, purifique, libere

E corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas

Transmuta essas energias indesejáveis em pura luz. E assim é.

Para limpar meu subconsciente

De toda a carga emocional armazenado nele,

Digo uma e outra vez durante meu dia

As palavras chaves do Hooponopono

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Me declaro em paz com todas as pessoas da Terra

E com quem tenho dívidas pendentes

Por esse instante em seu tempo

Por tudo o que não me agrada de minha presente vida

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Eu libero todos aqueles de quem acredito

Estar recebendo danos e mal tratos

Porque simplesmente me devolvem

O que eu os fiz antes

Em alguma vida passada

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Ainda que me seja difícil perdoar alguém

Eu sou quem pede perdão a esse alguém agora

Por esse instante em todo tempo

Por tudo o que não me agrada de minha vida presente

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Por este espaço sagrado que habito dia a dia

E com o qual não me sinto confortável com isto

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Pelas difíceis relações das quais guardo somente lembranças ruins

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Por tudo o que não me agrada na minha vida presente

De minha vida passada, de meu trabalho

Ou o que está ao meu redor

Divindade, limpa em mim o que está contribuindo com minha escassez

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Se meu corpo físico experimenta

Ansiedade, preocupação, culpa, medo, tristeza, dor…

Pronuncio e penso: minhas memórias, eu te amo

Estou agradecida pela oportunidade de libertá-los a voces e a mim

Eu sinto muito, me perdoa, obrigado, eu te amo.

Neste momento afirmo que …eu te amo.

Penso em minha saúde emocional

E na de todos os meus seres amados…te amo

Para minhas necessidades e para aprender a esperar sem ansiedade, sem medo

Reconheço as memórias aqui…..sinto muito, te amo.

Minha contribuição para a cura da Terra

Amada Mãe Terra, que és quem Eu sou

Se eu, minha família, meus parentes e antepassados

Te maltratamos com pensamentos, palavras, fatos e ações

Desde o inicio de nossa Criação até o presente

Eu peço teu perdão

Deixa que isto se limpe, purifique, libere e corte todas

as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas.

Transmuta estas energias indesejáveis em pura luz. E assim é.

Para concluir, faço de teu conhecimento

Que este áudio é minha contribuição

À tua saúde emocional

Que é a mesma minha

Então esteja bem.

E na medida que tu vais te curando, eu te digo que

Eu sinto muito pelas memórias de dor que comparto contigo.

Te peço perdão por unir meu caminho a ti para curar

Te dou as graças porque estás aqui por mim

E eu te amo por ser quem és.