Você está se sentindo cansado?

cansaço

Sabe aquele cansaço sem a menor explicação? Você dormiu bem, não fez quase nada durante todo o dia, mas continua exausto. A explicação pode não ser física. “Novas frequências eletromagnéticas inteligentes estão chegando do Sol central e estão mexendo radicalmente com nossas estruturas físicas, emocionais e espirituais. Como se fôssemos um aparelho de celular ligado a uma bateria de um imenso navio. Há muita energia vindo do mundo espiritual. Sendo assim há a necessidade de estabilização”, diz Carlos Torres, 44, escritor, mensageiro e autor de “O Povo Azul”, “A Era de Ouro da Humanidade” e “O Grande Pulso”, entre outros livros que, juntos, já venderam mais de 200 mil exemplares no Brasil e no exterior.

As mensagens recebidas por Torres são canalizadas por meio de projeção fora do corpo físico, e seus mentores são o povo azul de Órion e de Sírius, e Mustah, sacerdote egípcio da escola de mistério do olho de Hórus, da dinastia de Akhenaton.

Sensitividade. As alterações eletromagnéticas são mais percebidas pelas pessoas com maior sensibilidade energética e requerem algumas mudanças de comportamento.

“No nível mental, é preciso vibrar em alta ressonância a energia da gratidão, da compaixão, da generosidade, da benevolência e do compartilhamento mútuo das ideias. Evitar julgamentos alheios, pois não sabemos realmente o que cada indivíduo veio passar nesta vida. Elevar o pensamento para situações nobres em vez de continuar compartilhando notícias fúteis e terríveis que teimam em se multiplicar pela televisão e pelas mídias sociais”, diz o mensageiro.

Nada é fácil, mas não custa tentar. “Encontre coisas boas nas pessoas e nas situações, elas existem, mas estão sendo esquecidas. Pare de reclamar e comece a agradecer, a gratidão é a energia que moldará o novo mundo. Quando um pensamento ruim vier, compreenda-o e imediatamente neutralize-o com outro superior e positivo. Quando um problema vier a sua mente, transmute a informação, procurando imediatamente uma solução. Mude o foco, encontre coisas belas em você, pare de se mutilar energeticamente, pois todos temos algumas virtudes”, propõe Torres.

Exercícios. É preciso dar atenção ao corpo físico. “Faça atividades calmas e concentradas, emitindo ondas azuis para todos os locais onde sente dores, desconforto ou fadiga muscular, transformando um simples exercício de alongamento e fortalecimento em um ato vibracional quântico intensificado. Beba bastante água mineral, de preferência aquela que sai direto das pedras, pois traz fragmentos minerais puros do centro de montanhas, rochas e cristais. Coloque para dentro do seu corpo coisas bonitas, saudáveis e que possuem vida”, comenta o mensageiro.

Outras recomendações importantes: “evite alimentos industrializados e com condimentos exagerados. Coma frutas verdes regadas com mel, legumes com azeite e alimentos que saem de dentro da terra, como batata, beterraba, mandioquinha, mandioca, pois eles trazem força física e consciência para o aterramento. Troque a farinha de trigo por outra menos prejudicial como a tapioca, a farinha de mandioca”, indica o escritor.

Sono e repouso. Outras dicas passadas pelos mentores de Torres são a necessidade de tomar sol e agradecer enquanto faz isso e de mergulhar na água do mar, da cachoeira ou de um rio para entrar na frequência da natureza. “Se sentir vontade de dormir mais do que o normal, durma, seu corpo precisa estabilizar-se com as novas frequências, não é à toa que ele está clamando por isso. Não se preocupe, você não está ficando velho, doente ou preguiçoso, é somente um processo de ajustamento. Se sentir vontade de ficar mais sozinho, fique, pois é seu espírito pedindo para entrar em sintonia e querendo acalmar sua mente repleta de confusões”, ensina o mensageiro.

Ele ressalta que todos devem prestar atenção na intuição, pois ela é a primeira informação que chega do mundo espiritual diretamente em sua mente. “Inspiração é algo que seu próprio espírito lhe envia, é você em manifestação futura e dimensão divina tentando conversar consigo mesmo”.

TRANSFORMAÇÃO

“O amor direciona, a mente confunde”

As entidades espirituais que se manifestam por meio do mensageiro Carlos Torres chamam a atenção para a qualidade dos relacionamentos nesse momento de grande intensidade eletromagnética.

“As pessoas não suportam mais gritos e discussões e só querem harmonia e entendimento. A época dos sofrimentos terminou, e quem ainda persistir nessa ideia terá que vivenciar grandes provações. Se for preciso posicionar-se perante um relacionamento que não serve mais, posicione-se e faça o que precisa ser feito. Se for preciso mergulhar num relacionamento que lhe faz sentido e traz consigo a energia do amor verdadeiro, não tema, vá com convicção nessa direção. O amor direciona, a mente confunde”, ensina.

Preste atenção em como você tem-se relacionado com o trabalho. “Seu espírito não quer mais fazer o que não preenche seu propósito de vida. Ele está forçando-o a entrar com força total em seu centro de sinergia, aquele que sintoniza você com as forças mágicas do universo. Se você não mudar e não melhorar sua relação com seu trabalho, infelizmente sua vida vai ficar cada vez mais vazia, mesmo que receba bastante dinheiro. Nada disso poderá dar um sentido real a sua existência daqui em diante”, propõe Torres. (AED)

 

Por: ANA ELIZABETH DINIZ

Via: http://www.otempo.com.br

COCHILO DEPOIS DO ALMOÇO FAVORECE A MEMÓRIA E O CORAÇÃO

1131

Em casa, ele já reinava absoluto. Nas empresas e escritórios, além de liberado tem virado febre mundial. Se para alguns o cochilo (aqueles poucos minutos de sono) não faz a menor diferença ou é sinônimo de preguiça, para a maioria é tão valioso que revigora o corpo e fortalece a memória

O fato foi recentemente comprovado por pesquisadores da Universidade de Berkeley, na Califórnia (EUA), após testes feitos com 39 jovens saudáveis. Os participantes tinham que decorar cem nomes e rostos na hora do almoço. Em seguida, uma parte deles era liberado para dormir.

Às 18h, o grupo voltava e precisava decorar outros cem nomes e rostos. A conclusão do estudo foi de que os 20 jovens que tiraram uma soneca apresentaram desempenho 10% melhor na tarefa, o que apontou para um melhor funcionamento do cérebro após a soneca.

Mas será que todo o organismo se beneficia com o cochilo após a hora do almoço? Conversamos com os especialistas em sono, o pneumologista Denis Martinez, e o neurologista Shigueo Yonekura, do Instituto de Medicina e Sono, que mostram por que o cochilo faz bem para o corpo e para a mente

Almoço: horário nobre do cochilo
Ao contrário do que muita gente pensa, o sono que bate logo depois do almoço não é conseqüência da ação da alimentação no organismo e sim, um instinto natural do nosso organismo, que reage assim quando nossas reservas de energia caem.

“Fomos nos adaptando a correria dos tempos modernos e deixando de cochilar na hora do almoço, mas a sesta é tradicional em muitos países (principalmente nos países europeus) até hoje, por ser uma necessidade biológica do ser humano já que por volta deste horário, as reservas de ATP e glicogênio que nos dão energia sofrem uma baixa”, explica Denis Martinez. “Nestes casos, o cochilo não indica nenhum tipo de distúrbio e não interfere na qualidade de sono à noite”, afirma.

 

Mas e o papel da comida nesta história então?

Ela deixa nosso organismo um pouco mais lento já que o processo de digestão requer certo gasto energético para se concretizar, porém, este gasto é praticamente insignificante, o que explica a pouca relação da ingestão de alimentos e o sono na hora do almoço: “juntando a baixa de energia natural e biológica que sofremos na hora do almoço, com a pequena moleza típica da digestão, ficamos mais sonolentos, mas o processo digestivo interfere muito pouco na sonolência que sentimos”, explica Denis Martinez.

 

Noites mal dormidas x cochilos constantes
Se por um lado o sono na hora do almoço é um processo natural e biológico, por outro, sua recorrência em outros períodos do dia de forma intensa, pode ser sinal de que você tem algum distúrbio do sono.

Em geral, pessoas que se sentem sonolentas ao longo do dia ou não se sentem descansadas depois da soneca, sofrem de insônia, apneia do sono ou algum distúrbio do sono, e como não conseguem repor a energia de forma suficiente durante a noite e até mesmo depois de um cochilo, continuam sonolentas.

“Quando isso acontece, o ideal é procurar um especialista e identificar o distúrbio, para manter a qualidade de seu sono e evitar o estado de soneca constante. Tem gente que acha que o cochilo atrapalha o sono à noite e na verdade não é assim que funciona. Muitas vezes, um simples e gostoso cochilo não atrapalha o sono, mas é um indício de que ele já não vai bem”, explica Denis.

 

30 minutos depois, você já está pronto para outra! 
Se já está comprovado que 15 minutos são suficientes para deixar nosso corpo em ordem, a média de tempo que levamos para voltar ao estado normal depois do cochilo ainda é bastante discutível:

“alguns especialistas acreditam que apenas cinco minutos já são suficientes para a pessoa voltar a ativa numa boa depois do cochilo, já outros, explicam que este tempo depende da duração do cochilo. Se a pessoa cochilou mais de 20 minutos, deve demorar cerca de uma hora e meia para voltar ao normal. Acredito que uma média razoável são 30 minutos após a soneca”, explica Denis.

 

Haja memória!
A parte do cérebro que mais trabalha ao longo do dia é exatamente a que está ligada a memória. Quando não dormimos bem, ela reflete o nosso cansaço, e é por isso, que em geral, pessoas sonolentas não conseguem focar sua atenção e muito menos se lembrar de algo.

O sono funciona para nós seres humanos como um repositor de energia. Durante a noite, enquanto dormimos, repomos nossas energias através da produção de ATP e glicogênio, que abastecem nosso organismo para o dia seguinte: “se a pessoa não dorme, se sente muito mais cansada e desatenta porque está com suas reservas de glicogênio e ATP em baixa. Quando cochilamos por cerca de 15 a 20 minutos, conseguimos ativar este mecanismo de forma a repor parte das energias perdidas ou que não foram repostas durante a noite”, explica Denis.

Memória e concentração: além do cansaço e da irritabilidade, a pessoa que sofre de insônia também apresenta dificuldades de concentração e memorização de fatos recentes.

Para Shigueo Yonekura, isso acontece porque interrompemos um processo natural de memorização e aprendizado. “É durante o sono que gravamos o que aprendemos ao longo do dia. Se o sono falha, a memória e a concentração ficam prejudicadas”, diz.

 

15 minutinhos que valem ouro 
Se você é do tipo que acha sinal de preguiça tirar uma sonequinha na hora do almoço, preste atenção em alguns dos benefícios que ela traz a saúde:

-Fortalece a memória

-Diminui os riscos de ataques cardíacos

-Confere mais disposição e energia

– Aumenta a concentração, reduzindo acidente

– Aumenta a sua produtividade no trabalho

 

Consequências para a saúde de quem não dorme bem
-Obesidade: “durante a noite produzimos a leptina, um inibidor natural de apetite. Quando não dormimos, cai a produção deste hormônio e a pessoa fica mais propensa a ganhar peso”, explica Shigueo.

-Envelhecimento precoce e dificuldade de crescimento: Shigueo explica que é também durante o sono que produzimos o GH, hormônio do crescimento, responsável pelo crescimento do nosso corpo e pela elasticidade da nossa pele.

-Baixa de testosterona: outra consequência da insônia, para os homens, é a baixa da produção de testosterona, diminuindo a libido. “É durante o sono que repomos muitos de nossos hormônios, se dormimos mal, deixamos de produzi-los de maneira natural”, finaliza Shigueo.

 

Por: Natália do Vale

 

 

 

 

FAÇA MEDITAÇÃO EM CASA E CONHEÇA OS SEUS BENEFÍCIOS

 

Imagem

Uma pesquisa recente da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, sugere que meditar ajuda a aliviar a dor, mesmo em pessoas sem treinamento de meditação. De acordo com os pesquisadores do estudo, a meditação é um mecanismo mais poderoso do que simples distração, porque reduz as respostas emocionais do corpo, principalmente aquelas relacionadas à dor.

Mas a maioria das pessoas tem dificuldade em encontrar a concentração e o relaxamento necessários. Muitas vezes, você procura um local tranquilo, harmonioso, que crie um ambiente propício para entrar em sintonia com o eu interior e silenciar a mente, mas não encontra. “Para relaxar, precisamos nos distanciar do mundo, se esquecer do nosso cotidiano. O espaço para meditação facilita este distanciamento”, diz psicólogo Leonardo Mascaro.

 

Escolha o melhor local

Esse espaço pode ser montado em um jardim ou um cantinho da sua casa com algumas mudanças simples. Para começar, deve-se escolher um local tranquilo, onde não haja barulho, nem interrupções. O silêncio e a temperatura são fatores importantes para uma boa concentração. Garanta que este local esteja com a temperatura ambiente confortável o suficiente para você não passar muito calor nem frio. Devemos lembrar que não pode haver muita circulação de pessoas no local, para não haver influências de energia. Se o espaço for provisório, é recomendado que se purifique o local.

 

Decoração

Uma mesa coberta com uma toalha, vaso com flores, tapetes, almofadas, incenso e velas para deixar o local como um lugar de adoração ao divino, de encontro com o místico. A terapeuta Ayurveda Márcia de Luca diz que cada um é único e deve usar como decoração objetos e elementos que remetam a algo positivo. O altar é um dos elementos, geralmente, presente em espaços para prática de yoga e meditação.

As estátuas, fotos e mandalas são colocadas de acordo com a crença de cada um. Segundo a Vedanta, o altar representa o altar do coração. O importante, entretanto, não é se prender aos modelos pré-moldados de espaços zen ou altares. O essencial é montar um cantinho confortável, com elementos que gerem atitudes positivas e que o façam sentir preparado para entrar em contato com você. “O altar é uma ferramenta importante. Uma conexão de amor, de adoração, de conexão com o seu dia”, afirma Érica Sanfelice. 

 

Medite e viva mais

Os benefícios psicológicos da meditação são capazes de reduzir o envelhecimento, de acordo com um estudo da Universidade da Califórnia, em Davis, e da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. De acordo com os pesquisadores, a meditação pode inibir o encurtamento dos telômeros, enzimas localizadas no final dos nossos cromossomos e relacionadas com o envelhecimento. Quanto maiores são os telômeros, mais tempo a pessoa vive com saúde. 

 

Fique mais feliz

Os participantes do estudo da Universidade da Califórnia também apresentaram maior satisfação psicológica como controle sobre a própria vida, atenção e planos. Além disso, eles também tiveram diminuição de emoções negativas. Na vida moderna às vezes qualquer pequeno incômodo pode nos tirar do eixo e aumentar o estresse diário. A meditação ajuda não só a relaxar, mas a criar forças para lidar com as peripécias do dia a dia. Confira outros benefícios da meditação, não importando a técnica que você adote. 

 

Mais tranquilidade

A frequência dos batimentos cardíacos diminui e a respiração entra em sintonia com o restante do corpo, que reage mantendo-se mais calmo. O estado meditativo é caracterizado por uma atenção profunda, mas observadora. “São benefícios que ajudam a contornar os problemas no trabalho, em casa e, por que não dizer, os de ordem pessoal?”, de acordo com a psicóloga transpessoal Ana Maria Cabrera.

 

Concentração

Meditando, você aumenta o seu poder de concentração e a capacidade de permanecer atento quando realiza alguma atividade. Consequentemente, suas tarefas no trabalho, por exemplo, vão ficar mais produtivas. Ainda surgem diferenças na compreensão do que dizem as outras pessoas, o que tende a melhorar dificuldades de relacionamento.

 

Menos ansiedade

A pessoa que medita regularmente lida com o estresse de modo a romper a espiral da reação de enfrentamento ou fuga. Ela relaxa com muito mais frequência do que a que não medita, após a superação de um desafio. Quem pratica não abre mão. E, se você nunca experimentou, está na hora de aquietar a mente com alguns exercícios de meditação. “A frequência dos batimentos cardíacos também diminui e a respiração entra em sintonia com o restante do corpo, que reage mantendo a pessoa mais calma”, explica a psicóloga transpessoal Ana Maria Cabrera. 

 

O que é preciso para meditar?

Existem muitas técnicas diferentes, incluindo até mesmo músicas e danças, o que pode servir como incentivo para quem não sabe como começar e sente calafrios só de se imaginar quieto e em silêncio por alguns instantes. “Costumo dizer que um curso de meditação pode ser necessário, mas jamais obrigatório”, afirma Ana Cabrera.

 

Ajuda na perda de peso

Uma pesquisa feita pela Universidade de Otago, na Nova Zelândia, acompanhou por dois anos o progresso de 225 mulheres obesas ou com sobrepeso. O grupo que meditou durante dez semanas teve mais sucesso na perda de peso e emagreceu uma média de 2,5 quilos. As mulheres que meditavam diminuíam as causas do estresse e, por causa disso, acabavam comendo menos.

 

Fonte: Minha Vida

SAL GROSSO – CONHEÇA SEUS PODERES E SUA FORÇA

Imagem

“E você pensou que era só misticismo? É não, veja!”

Quem diria! O Sal grosso tem o mesmo comprimento de onda da cor violeta! Interessante!!! Por isso que funciona… Aproveitem.

Os Poderes do Sal Grosso

O sal grosso é considerado um potente purificador de ambientes.
Povos distintos usam o sal para combater o mau-olhado, e deixar a casa a salvo de energias nefastas.
O sal é um cristal e por isso emite ondas eletromagnéticas que podem ser medidas pelos radiestesistas.
Ele tem o mesmo comprimento de onda da cor violeta, capaz de neutralizar os campos eletromagnéticos negativos
Visto ao microscópio o sal bruto revela que é um cristal, formado por pequenos quadrados ou cubos achatados.

As energias densas costumam se concentrar nos cantos da casa, por isso, colocar um copo de água com sal grosso ou sal de cozinha equilibra essas forças e deixa a casa mais leve. Para uma sala média onde não circula muita gente, um copo de água com sal em dois cantos é suficiente. Em dois ou três dias, já se percebe a diferença. Quando se formam bolhas é hora de renovar a salmoura.

A solução de água e sal também é capaz de puxar os íons positivos, isto é, as partículas de energia elétrica da atmosfera, e reequilibrar a energia dos ambientes. Principalmente em locais fechados, escuros ou mesmo antes de uma tempestade, esses íons têm efeito intensificador e podem provocar tensão e irritação.

A prática simples de purificação com água e sal deve ser feita à menor sensação de que o ambiente está carregado, depois de brigas ou à noite, no quarto, para que o sono não seja perturbado.

Já foi considerado o ouro branco (salmoura para conservar alimentos).
Os povos foram desenvolvendo técnicas de usar o sal, como as abaixo descritas:

Uma pitada de sal sobre os ombros afasta a inveja.

Para espantar o mau-olhado ou evitar visitas indesejáveis, caboclos e caipiras costumam colocar uma fileira de sal na soleira da porta ou um copo de salmoura do lado esquerdo da entrada.

A mistura de sal com água ou álcool absorve tudo de ruim que está no ar, ajuda a purificar e impede que a inveja, o mau-olhado e outros sentimentos inferiores entrem na casa.

Depois de uma festa, lavar todos os copos e pratos com sal grosso para neutralizar a energia dos convidados, purificando a louça para o uso diário.

Na tradição africana, quando alguém se muda, as primeiras coisas a entrar na casa são: um copo de água e outro com sal.

Usam sal marinho seco, num pires branco atrás da porta para puxar a energia negativa de quem entra.

Também tomam banho com água salgada com ervas para renovar a energia interna e a vontade de viver.

No Japão, o sal é considerado poderoso purificador.
Os japoneses mais tradicionais jogam sal todos os dias na soleira das portas e sempre que uma visita mal vinda vai embora.

Símbolo de lealdade na luta de sumô.
Os campeões jogam sal no ringue para que a luta transcorra com lealdade. Use esse poderoso aliado!

É barato, fácil de encontrar, e pode lhe ajudar em momentos de dificuldade e de esgotamento energético!

Modo de tomar o banho de sal grosso

Após seu banho convencional, deixe um punhado de sal grosso escorrer do pescoço para baixo, embaixo da água da ducha.

Banho de sal grosso e o antigo escalda-pés (mergulhar os pés em salmoura bem quente) têm o poder de neutralizar a eletricidade do corpo.

Para quem mora longe da praia é um ótimo jeito de relaxar e renovar as energias.

Tomar banho de água salgada com bicarbonato de sódio descarrega as energias ruins e é relaxante.

O famoso banho de assento, com água morna e bicarbonato de sódio, é excelente para a higiene íntima, pois evita infecções.

Mas no banho, o único cuidado é não molhar a cabeça, pois é aí que mora o nosso espírito e ele não deve ser neutralizado.
Uma opção que agrada muitas pessoas é colocar um punhado de sal dentro de uma meia, e repousar esta na nuca (atrás do pescoço) debaixo da ducha.
Não são aconselháveis banhos frequentes com o sal.
Dê preferência para os banhos na fase da Lua Cheia, utilize velas no banheiro, e se quiser ativar sua intuição, apague as luzes do banheiro.

Benefícios de banhos e escalda pé com sal grosso. •

Fisiológicos:
Ajuda a desintoxicar o corpo e afastar os vírus.
Estimula a circulação natural para a melhoria da saúde
Ajuda a aliviar o pé do atleta, calos e calosidades.
Relaxa a tensão, dores musculares e nas articulações.
Ajuda a aliviar artrite e reumatismo
Ajuda a aliviar a dor lombar crônica

Benefícios estéticos:
Tira as impurezas da pele
Alivia irritações da pele como psoríase /eczema.
Alivia comichão, ardor e picadas.
Suaviza e amacia a pele• Incentiva a pele se renovar.
Ajuda a curar as cicatrizes.
Restaura o equilíbrio a umidade da pele.

Ocupacional:
Alivia o cansaço, os pés doloridos e os músculos da perna
Alivia a tensão nas mãos e punhos.
Ajuda a aliviar lesões ocorridas nas práticas esportivas.

Psicofísica:
Proporciona um relaxamento profundo
Ajuda a aliviar o estresse e tensão

 

Por: Mel de Oliveira –  Vícios de Beleza