A Perfeição do Universo e a Lei Cósmica

imagemlili

A perfeição do Universo é a própria Lei Cósmica em manifestação.

E nós muitas vezes, ainda que estejamos no caminho espiritual interpretamos ela de forma equivocada.

Por exemplo, se sempre que mudamos de emprego, ao chegar encontramos bagunça, confusão, brigas, ou qualquer que seja a situação que se repete em nossa caminhada, fiquemos alerta ao recado que o Universo está tentando nos passar…

É importante não cair na ilusão de que somos atraídos para esse “lugar/situação” comum para resolvermos, sermos os paladinos que leva a solução…

Não é sobre o outro, ou sobre o lugar, nunca é, é sempre sobre você…essa entropia que lhe atrai, é porque VOCÊ ainda não aprendeu a lição.

É porque VOCÊ ainda não conseguiu organizar sua vida, sua bagunça interior, ou da sua casa, que aliás fala muito sobre VOCÊ!

 

Por:  Lílian Ponte Silva

Anúncios

Escolha uma Mandala e descubra algo escondido de sua personalidade

A Mandala é um tipo de objeto sagrado que pode refletir e mudar o estado de uma pessoa. Nela se encontra um significado simbólico muito profundo que não é escolhido por acaso. Observe as imagens atentamente e escolha a que mais se aproxima de sua personalidade, mais clara e mais compreensível. E em seguida leia qual o significado da figura que você escolheu.

0

1. A Harmonia

1

Esta Mandala é controlada pelo elemento espiritual. Em sua personalidade estão equilibrados os princípios masculinos e femininos. Podemos dizer com confiança que você vive em harmonia com a natureza. A Mandala se baseia no princípio da simetria e isto fala muito eloquente sobre você como pessoa. Esta Mandala adiciona a sua essência o espírito de um cisne. Uma característica que distingue esta ave real é que, apesar de sua graça feminina, tem uma força interior inerente. Se o seu olhar foi atraído por esta, em especial, é provável que sua mente clame por harmonia e ordem na alma e na vida. É como recordar que na situação atual o mais importante para você é definir prioridades. Pode ser necessário reavaliar estas prioridades.

2. A Cura

2

Esta Mandala é controlado pelo elemento espiritual. A composição da Mandala converge em um ponto. O seu objetivo é de lembrar que a saúde não se limita ao corpo. Isto também inclui componentes emocionais e mentais. Antes de abrir a porta para o exterior, olhe para o seu interior. Isso lhe ajuda a ver a questão que o fascina a partir de um ponto de vista diferente e sentir algum alívio.

3. A intuição

3

É outra Mandala controlada pelo elemento do espírito. Ela carrega a sabedoria da coruja, combinada com a capacidade de ver no escuro. Isso significa que você é capaz de encontrar uma saída, inclusive nas situações mais difíceis, porque é guiado por seu sexto sentido, e esta é uma de suas características mais marcantes desta imagem.

Por o outro lado, se você gostou desta Mandala, então o seu “eu” interior quer que você aprenda a ouvir, para ser mais aberto e confiar nos outros.

4. A Perspicácia

4

Esta Mandala também é controlada pelo elemento do Espírito e está dirigida à claridade da visão e da mente. A interação entre os elementos reflete o mundo interior que é uma característica totalmente única de cada um de nós. Leva o espírito do Tigre Branco. Como a capacidade do tigre de focar-se rapidamente nos pequenos detalhes para localizar sua presa, esta Mandala ajuda a manter as ambições, mas pede para manter a calma. A sua atração para ela deve-se ao fato de que, nesta fase da vida, você tem que pensar no futuro e encontrar o seu lugar nele.

5. O perdão

5

É a primeira das Mandalas controlada pelo elemento água. O significado simbólico desta imagem é que todos os nosso sentimentos, incluindo o amor e o medo, estão direcionados a um mesmo ponto, que é nossa personalidade. O animal desta Mandala é o cachorro que resume em si toda a lealdade, a fidelidade e a amizade. O cachorro pode perdoar ao dono e sempre será seu melhor amigo. Como ele, nossa alma deve aprender a perdoar, para seguir sendo amiga de si mesma e das outras pessoas. O mais provável é que você precise entender a si mesma, perdoando as velhas ofensas, aos inimigos e liberar toda a velha dor.

6. A comunicação

6

A área desta Mandala está cheia de pequenos elementos repetitivos, que recordam a nosso próprio entorno. Também é controlada pelo elemento da água e leva o espírito da baleia com sua forma única de comunicação e espírito de equipe que é uma característica de grupo comum a estes animais. Ao chamar sua atenção, esta Mandala reflete a necessidade de pensar sobre as palavras e pesar o que foi ou não dito. Somente sendo muito honesto e sincero é possível comunicar-se plenamente com as pessoas.

7. A Imaginação

7

Simbolicamente nesta Mandala se resume a capacidade e a oportunidade de acreditar, de dar luz a novos objetos e ideias. Esta Mandala mantém o espírito das libélulas, que como ninguém são capazes de olhar o mundo com os olhos abertos e encontrar novas oportunidades. O mais provável é que o seu “Eu” interior esteja pedindo que deixe de ser triste e reflita, liberando a imaginação. Agora mais do que nunca, é preciso juntar todo o seu empenho e seguir adiante, encontrando a raiz de seus sonhos e deixando de lado os seus medos.

8. O Amor

8

Outra Mandala da água e que leva como símbolo o cavalo marinho. Os cavalos marinhos são muito unidos a todos aqueles que amam. Esta Mandala lembra todo o tempo às pessoas queridas por nós, que as amamos e apreciamos. Além disto, ensina a considerar o amor na vida (em qualquer de suas manifestações) como o bem mais valioso. Esta é a crença que deve nos acompanhar através da vida. Se você gostou desta Mandala, então, desesperadamente está necessitado de amor. Porém deves recordar que com o fim de atraí-lo a sua vida, é necessário em primeiro lugar amar a si mesmo. Mas que não seja um amor egoísta, porém a calma aceitação de si mesmo em todos os aspectos.

9. A compaixão

9

Esta Mandala está subordinada ao ar e seu animal é o elefante, como a encarnação de uma grande força e bondade que lhe ajuda a ser generoso e compassivo. Os que escolhem precisamente esta imagem devem despertar o coração e refletir se tem suficiente compaixão e empatia com os demais. Se não tiver, então você tem algo a ser aperfeiçoado.

10. A força

10

Esta Mandala representa a força, é controlada pelo ar e simboliza um forte escudo. Tem o espírito de uma águia com sua perseverança incrível clareza e poder. Parece recordar que inclusive o desejo mais impossível pode se transformar em vitória. É provável que necessite que faça algo diferente para revelar em si mesmo esta qualidade. Você tem que encontrar seu valor interior e perceber que, se seguires seu próprio caminho, você pode fazer muito mais para atingir suas metas.

11. A inspiração

11

O desenho caprichoso desta Mandala impulsiona a imaginação e o sutil padrão se assemelha às plumas do pavão real. Na verdade, a chaves para esta Mandala é o pavão. As principais qualidades desta ave são a beleza, majestade e singularidade. Esta ave nos dá uma lição: nunca termos medo de mostrar ao mundo nossa verdadeira plumagem. Você deve aprender a ver a beleza ao seu redor e mostrar seus talentos ao máximo. Se o fizeres, sem se dar conta começará a inspirar e a “incendiar” aos demais.

12. A proteção

Esta Mandala mantém o espírito do urso. Este animal desde a antiguidade simboliza a proteção contra intrusos. Seu significado é permanecer na guarda de suas fronteiras e reagir momentaneamente ao perigo, sem desperdiçar energia em vão, e entender, intuitivamente, quando é preciso defender sua posição e quando é preciso evitar conflito. É muito possível que esta Mandala lhe tenha chamado a atenção porque você seja uma pessoa de extremos. Aprenda a abrir seu coração, mas não deixe que o machuquem.

13. A confiança

13

Controlada pelo elemento do fogo, a Mandala da confiança leva em seu emblema a imagem de um leão. Ele é a personificação da dominação que implica certo sentido de superioridade e dignidade interior. É um líder nato e por isto nos lembra de que às vezes é preciso fazer pressão. Se esta Mandala foi escolhida, o mais provável é que você precise sair na frente em sua vida. Busque novas possibilidades e não tenha medo de tomar as rédeas em suas mãos. Seu lema é: “Quem irá fazer se não for eu!”

14. A motivação

14

A gota que aparece na figura desta Mandala simboliza a integridade e a concentração que deves ter para alcançar seus objetivos. O animal que simboliza a motivação é o cavalo. Você só pode invejar a motivação deste animal, sua tenacidade e energia. Com a finalidade de alcançar suas metas, é necessário aprender a focar todas as suas energias em um objetivo e usá-lo no caminho a fazer até realizar seus sonhos.

 

Via: https://perfeito.guru

VOCÊ É TUDO -POR KRISHNAMURTI

Divination-Wizard

Há pessoas que esperam por um messias, um salvador, ou algum tipo de “guia” para que haja uma mudança. Outras esperam por eventos exteriores de magnitude elevada.
Em ambos os casos, o que existe é apenas uma tola fantasia mental. Não existe um salvador senão aquele que vive em cada ser humano deste planeta. Somente nós podemos mudar o nosso mundo, assim como somente você pode mudar a si próprio
O que vai mudar se o seu messias retornar amanhã?

Você começará a amar a todas as pessoas do mundo? Você começará a amar aquelas que não são de sua mesma filosofia/religião? Você será feliz instantaneamente? Você deixará de julgar as ações de terceiros? Você aceitará as diferenças?

O mundo não vai se tornar magicamente belo, pacífico e cheio de felicidade. Nada pode mudar o mundo a não ser os seres que nele habitam. E ninguém pode fazer por nós aquilo que é de nossa responsabilidade. Ninguém pode nos fazer amar uns aos outros, ninguém pode nos fazer deixar de nos importarmos com as diferenças, ninguém pode nos fazer felizes. Apenas nós temos esse poder.

As pessoas esperam por um salvador para acreditar numa mudança, porque pensam que não são capazes de mudar a si mesmas sem uma condição exterior. Inventam desculpas para não saírem da zona de conforto de suas fugas mentais.

Mas se um “salvador” vier, nada irá mudar. As contas ainda precisarão ser pagas; você ainda sentirá dores físicas; você ainda precisará ir ao banheiro; você ainda pagará impostos; você ainda precisará trabalhar; você ainda terá problemas conjugais; você ainda terá de conviver com as mesmas pessoas de outrora. Nada irá mudar.

A mudança só pode acontecer individualmente no coração de cada um. Cabe a você aprender a amar outras pessoas, cabe a você aprender a aceitá-las como são, cabe a você encontrar a paz interior. Nada disso depende de outra pessoa senão de você.

Se você quer viver em mundo melhor, comece sendo uma pessoa melhor. Não espere por ninguém e por nada. Não espere por um mestre, um salvador ou uma nova era.
Faça acontecer agora!
O que estamos tentando fazer, durante todas essas discussões aqui, é ver se não podemos trazer radicalmente uma transformação da mente, não aceitar as coisas como elas são, nem revoltar-se contra elas. Se revoltar não ajuda em nada. Você deve buscar entender isso, examinar essa questão, dar o seu coração e sua mente, com tudo o que você tem, para descobrir uma maneira de viver de uma forma diferente.
Isso depende de você, e não de outra pessoa, porque nisso não há nenhum professor, nenhum aluno; não há um líder; não há guru; não há nenhum mestre, nenhum Salvador.
Você mesmo é o professor e o aluno; Você é o mestre; você é o guru; você é o líder; VOCÊ É TUDO.
E entender isso é transformar o que é.

Jiddu Krishnamurti

Como está seu sentimento de Auto Aceitação?

13118881_1004395109636568_5873646269439235549_n

Muitas vezes experimentamos um sentimento de falta de auto aceitação e colocamos em risco a nossa auto estima. Não se aceitar é recusar manter uma relação saudável consigo mesmo.

Aceitar a si mesmo é estar alinhado, estar do seu próprio lado – apostar em si , confiar no seu taco, estar a seu favor, contar consigo mesmo.

Na maioria das vezes em momentos em que a vida nos lança em desafios, experimentamos uma dúvida interna sobre nossa própria capacidade. O que acontece quando não confiamos em nossa competência e não nos aceitamos?

A sensação de rejeição é comum na maioria das pessoas nos dias de hoje. Enquanto uma pessoa experimenta esse sentimento num nível superficial outra pode experimentá-lo num nível tão profundo que paralisa seu processo auto evolutivo. Quando isso acontece a pessoa deixa de crescer com as oportunidades da vida. E se esse sentimento de rejeição não é resolvido, nenhum tratamento surgirá efeito, nenhum novo aprendizado será adequadamente integrado, nenhum avanço significativo acontecerá. Muitas vezes anos de terapia não trazem resultados efetivos enquanto a pessoa não aprende uma forma de se auto aceitar.

Quando aceitamos e experimentamos plenamente os sentimentos negativos, conseguimos nos livrar deles permitindo que eles se expressem. Assim, quando eles se tornam visíveis para nós eles desocupam o centro do palco nos permitindo experimentar um sentimento de liberdade e alívio.

Se estou tendo pensamentos perturbadores. Ok, eu aceito que estou tendo esses pensamentos. Aceito a plena realidade de minha experiência, sem resistir a ela.

Se sinto dor, raiva ou medo, é isso que estou sentindo. Eu posso dizer pra mim mesma: “Tudo bem sentir isso”. Aceitar o que eu sinto, sem tentar explicar. Aceito a realidade da minha experiência.

Se estou desencorajada diante das situações da vida, posso reconhecer isso e após aceitar esse desencorajamento posso me perguntar: O que eu quero no lugar disso? Eu posso criar um estimulo interno que me leve a buscar uma ajuda e o primeiro passo pode ser algo tão simples como pegar o telefone e ligar para um amigo ou um especialista do comportamento humano. Nas profundezas dessa dor posso refletir e me perguntar o que eu estou criando para minha vida agora? O que eu realmente quero? Eu posso assumir responsabilidade sobre este sentimento negativo e utilizar essa mesma força que criou a dor para criar algo mais congruente com a minha natureza, com o meu Eu Superior.

Provavelmente perguntas assim poderão favorecer um contato maior com o seu verdadeiro Ser e se permitir ser mais leve e congruente consigo mesmo. Dependendo do que nós pensamos, falamos ou acreditamos, nós somos suporte para nós mesmos ou somos nossos maiores adversários. Tudo tem uma conseqüência que interfere no nosso comportamento diante de nós mesmos e da vida.

Uma vez ouvi uma metáfora de um velho amigo que me encorajou acreditar em mim e mudar meu ponto de vista naquele momento. Ele comentava “ As vezes, nós seres humanos nos comportamos na vida como verdadeiros mendigos, sentados num tesouro, pedindo esmolas” Muitas vezes ignoramos esse tesouro interno, que na Programação Neurolinguistica (PNL) chamamos de recursos internos. Um dos pressupostos da PNL é: “Nós temos todos os recursos que precisamos para fazer qualquer mudança na nossa vida e para ser feliz”. Muitas vezes nos sentimos incapazes disso. Distorcer a nossa imagem pra nós mesmos é negar a nossa força interna e as conseqüências disso afetam diretamente nossas atitudes na vida.

Lembre-se do intervalo que existe entre o estímulo e a resposta. Você pode assumir um compromisso consigo mesmo e exercer sua liberdade de escolha.Qual a imagem que você tem de você mesmo? Como você se define? O que aconteceria se no lugar de se criticar, se anular, você passasse a escolher valorizar a si mesmo, tratar-se com respeito, acreditar no seu direito de ser feliz?

Eu posso me permitir ouvir a voz da força da vida em mim. É essa a força mais nobre que poderá me apoiar para fazer uma mudança positiva.

Será que a natureza; a sabedoria divina existente em nós não seria bastante sábia para que possamos confiar mais Nela e relaxar?

 

Sobre a Autora: Luiza Lopes é educadora, consultora de empresas e especialista em Programação Neurolinguística.

Referencia: Indesp – Instituto de Desenvolvimento Pessoal

CONHEÇA A SI MESMO

Image

O prazer excessivo das cinco emoções prejudica a energia que protege e nutre os cinco sistemas orgânicos. Quando a energia é abalada, o corpo fica vulnerável a ataques… Ying e Yang se tornam divergentes, os órgãos são mal alimentados; a doença, e até a morte, pode ocorrer depois disso.

Para alcançar qualquer objetivo, é preciso começar a buscá-lo aqui e agora. Se a saúde e a longevidade são suas metas, entenda como você se tornou a pessoa que é hoje. Para começar, você é fusão física e espiritual de seus ancestrais. O histórico médico de sua família é um ponto de partida para conhecer a si mesmo.

Os seres humanos são criaturas sociais complexas que evoluem e se adaptam às mudanças externas. Todas as relações que você mantém com pais, irmãos, avós, primos, filhos, colegas de trabalho e vizinhos ajudam a modelar sua saúde e sua experiência emocional. É fundamental poder contar com as pessoas à sua volta nessa busca.

Todos nós temos um modelo que explica quem somos: você é irritado e animado, ou tranqüilo e comedido?

Temos também a responsabilidade de controlar nossas tendências. Quando administramos mal nossas próprias emoções, perdemos o controle. O resultado é estresse, a causa por traz de todas as doenças crônicas. Em contra posição, uma gargalhada espontânea pode estimular o sistema imunológico.

Não surpreende que os casais felizes tenham vidas longas e saudáveis. Além da segurança e satisfação emocional proporcionada por um casamento estável, os parceiros colhem os benefícios regeneradores da intimidade sexual. Estudos mostram que os idosos sexualmente ativos são mais felizes do que qualquer grupo etário.

Então o que o amor tem a ver com isso? Para ser capaz de controlar a energia desse sentimento, é preciso primeiro cultivar o amor-próprio. Só então é possível amar e ser amado. O amor romântico às vezes é dúbio: ampara aqueles que estão acompanhados, mas castiga os que estão sozinhos. Observa-se que entre casais idosos, quando um morre, o outro logo o segue. O amor universal ou o sentimento mais próximo disso, o amor fraterno já liberta a pessoa da angustia, da separação e do desejo. E promove a sua união à fonte essencial, que é a mesma para todos.

A espiritualidade e a fé pessoal são os elixires ocultos da vida. O fortalecimento da ligação com o divino (Deus), não importa a crença religiosa, traz paz interior e aumenta a capacidade de lidar com os problemas da vida. Estude obras espirituais e aplique seu conhecimento para melhorar sua vida. Reze e medite, expresse o amor universal ao se preocupar com o outro sua evolução e não apenas o iluminará, mas lhe acrescentará muitos anos de vida.

Aproveite e  se questione mais, duvide mais de sua capacidade e se supere em todos os seus objetivos. A palavra para que rege este momento é SUPERAÇÃO em todos os sentidos. Alivie-se dos cárceres emocionais e confie mais em seu potencial.

Fonte: Livro – Os Segredos da Longevidade Autor: Dr. Maoshing Ni 

Adaptação: Juliano Figueiredo – Massoterapeuta Complementar e de Problemas Psicossomáticos 

Saiba mais: https://omundodegaya.wordpress.com/misttico/

DEUS – SEGUNDO BARUCH SPINOZA

 

46

Einstein, quando perguntado se acreditava em Deus, respondeu: -“Acredito no Deus de Spinoza, que se revela por si mesmo na harmonia de tudo o que existe, e não no Deus que se interessa pela sorte e pelas ações dos homens”.

“Pára de ficar rezando e batendo o peito! O que eu quero que faças é que saias pelo mundo e desfrutes de tua vida. Eu quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que eu fiz para ti.

Pára de ir a esses templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo construíste e que acreditas ser a minha casa. Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nos lagos, nas praias. Aí, é onde eu vivo e aí, expresso meu amor por ti.

Pára de me culpar por tua vida miserável: eu nunca te disse que há algo mau em ti ou que eras um pecador, ou que tua sexualidade fosse algo mau. O sexo é um presente que eu te dei e com o qual podes expressar teu amor, teu êxtase, tua alegria. Assim, não me culpes por tudo o que te fizeram crer.

Pára de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo. Se não podes me ler num amanhecer, numa paisagem, no olhar de teus amigos, nos olhos de teu filhinho…, não me encontrarás em nenhum livro!

Confia em mim e deixa de me pedir.Tu vais me dizer como fazer meu trabalho? Pára de ter tanto medo de mim. Eu não te julgo, nem te critico, nem me irrito, nem te incomodo, nem te castigo. Eu sou puro amor. Pára de me pedir perdão. Não há nada a perdoar.

Se eu te fiz, eu te enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de sentimentos, de necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio. Como posso te culpar se respondes a algo que eu pus em ti? Como posso te castigar por seres como és, se eu sou quem te fez?

Crês que eu poderia criar um lugar para queimar todos os meus filhos que não se comportem bem, pelo resto da eternidade? Que tipo de Deus pode fazer isso?

Esquece qualquer tipo de mandamento, qualquer tipo de lei; essas são artimanhas para te manipular, para te controlar, que só geram culpa em ti.

Respeita teu próximo e não faças o que não queiras para ti. A única coisa que te peço é que prestes atenção a tua vida, que teu estado de alerta seja teu guia.

Esta vida não é uma prova, nem um degrau, nem um passo no caminho, nem um ensaio, nem um prelúdio para o paraíso. Esta vida é a única coisa que há aqui e agora, e a única que precisas.

Eu te fiz absolutamente livre.Não há prêmios nem castigos. Não há pecados nem virtudes. Ninguém leva um placar. Ninguém leva um registro. Tu és absolutamente livre para fazer da tua vida um céu ou um inferno.

Não te poderia dizer se há algo depois desta vida, mas posso te dar um conselho. Vive como se não o houvesse, como se esta fosse tua única oportunidade de aproveitar, de amar, de existir. Assim, se não há nada, terás aproveitado a oportunidade que te dei.

E se houver, tem certeza que eu não vou te perguntar se foste comportado ou não. Eu vou te perguntar se tu gostaste, se te divertiste… Do que mais gostaste?… O que aprendeste?…

Pára de crer em mim- crer é supor, adivinhar, imaginar. Eu não quero que acredites em mim. Quero que me sintas em ti. Quero que me sintas em ti quando beijas tua amada, quando agasalhas tua filhinha, quando acaricias teu cachorro, quando tomas banho no mar.

Pára de louvar-me! Que tipo de Deus ególatra tu acreditas que eu seja? Me aborrece que me louvem. Me cansa que agradeçam. Tu te sentes grato? Demonstra-o cuidando de ti, de tua saúde, de tuas relações, do mundo. Te sentes especial, apreciado?… Expressa tua alegria! Esse é o jeito de me louvar.

Pára de complicar as coisas e de repetir como papagaio o que te ensinaram sobre mim. A única certeza é que tu estás aqui, que estás vivo, e que este mundo está cheio de maravilhas.

Para que precisas de mais milagres? Para que tantas explicações? Não me procures fora! Não me acharás. Procura-me dentro… Aí é que estou, batendo dentro de ti.

(Baruch Spinoza.)

As sábias palavras são de Baruch Spinoza – nascido em 1632 em Amsterdã, falecido em Haia em 21 de fevereiro de 1677, foi um dos grandes racionalistas do século XVII dentro da chamada Filosofia Moderna, juntamente com René Descartes e Gottfried Leibniz. Era de família judaica portuguesa e é considerado o fundador do criticismo bíblico moderno. Acredite, essas palavras foram ditas em plenos século XVII. Continuam verdadeiras e atuais até hoje…