25/ 07 – O DIA FORA DO TEMPO

diaforadotempo

Durante a sua permanência no planeta Terra os Maias ensinaram-nos os segredos do tempo galáctico, cientes dos ciclos lineares limitadores a que todos nós, seres humanos, fomos submetidos.

Sabiam que tínhamos perdido a habilidade natural de perceber os ciclos de Luz Cósmica ao longo de nossa existência, e que esta forma linear do tempo actual é controladora e esconde os verdadeiros aspectos multidimensionais do tempo.

A contagem do tempo Maia baseia-se em 13 ciclos lunares de 28 dias por ano solar, perfazendo 364 dias, mais um chamado de ‘Fora do Tempo’, entre o Ano Velho e o ano Novo. Pelo calendário Maia, o dia fora do tempo é o dia 25 de Julho.

Os Maias consideravam este dia como uma grande oportunidade de reciclar, recomeçar, recarregar as energias, libertar o que já não é mais preciso, agradecer por tudo o que foi recebido no período anterior em todos os aspectos. Agradecendo inclusivé os momentos menos bons, pois são, também eles, aspectos importantes na nossa aprendizagem e evolução como seres humanos cuja essência é espiritual.

No dia 26 de Julho recomeça um novo ciclo com o nascimento astronômico de Sirius, que se eleva no horizonte juntamente com o Sol, trazendo uma energia de limpeza e purificação interior, trabalhando os nossos corpos subtis, principalmente o emocional.

O novo ciclo será regido pela Lua (Lua Planetária Vermelha) estimulando a necessidade de limpar a casa, relacionamentos, pensamentos, medos, culpas, tristezas, magoas e dando início ao novo ano que entra.

Muitos acreditam que seguindo este calendário estaremos a mudar a nossa frequência e participar da campanha para um novo tempo, o tempo real da harmonia e da Paz, onde o tempo deixa de ser dinheiro para ser arte.

O Calendário da Paz é a única ferramenta que permite sairmos da frequência artificial para a sincronicidade da Lei do Tempo e a frequência natural 13:20, que rege o nosso Sistema Solar e toda a Galáxia. A calendário de 13 luas de 28 dias é uma medida de exactidão biológica da órbita do nosso planeta ao redor da sua estrela, o Sol. É um padrão de medida perfeito que coordena e sincroniza as fases da Lua com os ciclos galácticos e o tempo.

O propósito deste exercício é gerar uma onda telepática de amor que nos ligue com o centro da Terra, com os alternadores bipolares do arco-íris que mantém os campos magnéticos da Terra nos seus devidos lugares e com todos os outros kins (pessoas) planetários que participam da mesma meditação. Estabelecendo esta onda intermundial telepática na Terra, criamos uma matriz de comunicação que aproxima cada vez mais a noosfera – o envelope mental da Terra – para a manifestação consciente. Esta matriz também proporciona um campo de protecção de vibrações de pensamentos genuinamente positivos que se destinam a manter o campo de ressonância da Terra em estado de harmonia e paz.

O objectivo deste exercício anual é, de facto, manifestar a ponte do Arco-Íris da Terra – os alternadores dia-noite do campo magnético da Terra – no fecho do ciclo do solstício de Inverno (Norte)/Verão (Sul) . Esta Ponte do Arco-Íris é a ponte da paz, há muito tempo profetizada, e que ligará permanentemente a Terra tri-dimensional com a quarta e as dimensões mais elevadas, assegurando uma paz e harmonia que não serão possíveis de serem abaladas. Para que todos os seres possam participar desta meditação, mesmo se nunca ouviram falar da ordem da sincronicidade, existe esta versão universal da Ponte do Arco-Íris do Dia-Fora-do-Tempo para a Paz Mundial.

Texto: Ed Toreta
Via: STUM – http://somostodosum.ig.com.br/

Anúncios

DEZ LIÇÕES QUE EU APRENDI COM OS ANJOS

Imagem

QUANTO MAIS EU CONVERSO COM OS MEUS ANJOS, MAIS EU APRENDO. AQUI ESTÃO DEZ LIÇÕES QUE ELES ME ENSINARAM QUE MUDARAM A MINHA VIDA.

1 – VIVA COM INTEGRIDADE.

OS ANJOS ME DISSERAM: “PASSE O SEU TEMPO FAZENDO ATIVIDADES QUE SE EQUIPAREM AS SUAS INTENÇÕES MAIS ELEVADAS. DEIXE IR COISAS QUE A SUA INTUIÇÃO LHE INDUZA A RENUNCIAR. ESTAS COISAS PODEM ENTÃO SER CURADAS, DE MODO QUE POSSA APRECIÁ-LAS, OU A ATIVIDADE SERÁ FACILMENTE AFASTADA”.

OS ANJOS ME INCITARAM A CONFIAR EM MEU CORAÇÃO. ELES ME GARANTIRAM QUE EU ESTARIA SEGURA EM ME DESLIGAR DO TRABALHO QUE NÃO SE EQUIPARAVA AOS MEUS VERDADEIROS INTERESSES. RAPIDAMENTE EU PERCEBI QUE OS ANJOS ESTAVAM CERTOS!

2 – HÁ SOMENTE O AGORA.

“VOCÊ É COMPLETA E ÍNTEGRA AGORA. NÃO LANCE OS OLHOS NO QUE O AMANHÃ POSSA TRAZER – ISTO IMPLICA QUE VOCÊ É IMPERFEITA OU QUE LHE FALTA ALGO AGORA, E QUE VOCÊ ESTARÁ COMPLETA QUANDO ALGO CHEGAR A SUA VIDA NO FUTURO”.

QUANDO OS ANJOS DISSERAM ISTO, EU COMPREENDI QUE ESTIVERA VIVENDO PARA O FUTURO. MEU FOCO ESTAVA NO QUE O AMANHÃ ME TRARIA, AO INVÉS DE EM MINHAS ATUAIS BÊNÇÃOS. EU AGORA FAÇO UMA “LISTA DE GRATIDÃO” MENTAL A CADA NOITE.

3 – TODO O CONFLITO ESTÁ DENTRO DE SUA MENTE.

QUALQUER CONFLITO QUE VOCÊ PERCEBA OU EXPERIENCIE NO MUNDO EXTERNO, É UMA PROJEÇÃO DO SEU EGO. NA VERDADE, O MUNDO ESTÁ COMPLETAMENTE EM PAZ E VOCÊ PROJETA O SEU MEDO DA PAZ NO MUNDO. VOCÊ NÃO QUER RESOLVER O SEU CONFLITO INTERIOR, MAS QUER AFASTÁ-LO DE VOCÊ. ASSIM, VOCÊ O PROJETA EM OUTRAS PESSOAS E PENSA QUE “ELAS” SÃO AQUELES QUE LHE ESTÃO CAUSANDO DESCONFORTO. OUTRAS PESSOAS SÃO NEUTRAS, ARDÓSIAS EM BRANCO, E VOCÊ AS COLORE COM O SEU PRÓPRIO SIGNIFICADO E DEFINIÇÕES. ENTÃO, VOCÊ REAGE A ELAS COMO SE ESTAS COLORAÇÕES E DEFINIÇÕES FOSSEM REAIS. OUTRAS PESSOAS, POR SUA VEZ, TRATAM-NA DO MODO QUE VOCÊ ESPERA, EM UMA PROFECIA AUTO-REALIZADORA”.

QUANDO OS ANJOS EXPLICARAM ISTO, EU COMPREENDI COMO MUITAS VEZES EU TINHA PERMITIDO QUE O MEDO CRIASSE MOMENTOS INFELIZES PARA MIM. MAS, SEMPRE EU TIVE O PODER DE ESCOLHER OS PENSAMENTOS E SENTIMENTOS QUE EU ATRIBUÍA A TODAS AS SITUAÇÕES.

4 – PURIFIQUE A SUA ALIMENTAÇÃO.

“TODO ALIMENTO TEM VIBRAÇÃO, E VOCÊ QUER TER UMA VIBRAÇÃO TÃO ELEVADA E AGRADÁVEL QUANTO SE SINTA LIGADA. FAÇA UMA DIETA DE FRUTAS E VEGETAIS FRESCOS, NOZES E GRÃOS INTEGRAIS, OS QUAIS TÊM FREQÜÊNCIAS MAIS ELEVADAS DE VIBRAÇÃO. EVITE CARNES, LATICÍNIOS, ÁLCOOL, AÇÚCAR, CHOCOLATE E CAFEÍNA QUE TÊM VIBRAÇÕES INFERIORES. E LEMBRE-SE DE QUE A ESSÊNCIA DE TODOS OS ALIMENTOS QUE VOCÊ COME, A AFETA LOGO APÓS O ALIMENTO TER SIDO DIGERIDO”.

NO MOMENTO EM QUE OS ANJOS ME DISSERAM A LIÇÃO 4, A MINHA DIETA JÁ ERA BASTANTE SAUDÁVEL. EU TINHA DESISTIDO DAS CARNES, AVES E ÁLCOOL. AINDA ASSIM, HAVIA ESPAÇO PARA APERFEIÇOAR, ASSIM EU SEGUI O CONSELHO DIETÉTICO DOS MEUS ANJOS GUARDIÃES E ADOTEI UMA ABORDAGEM VEGETARIANA PARA A ALIMENTAÇÃO. A MELHORIA DA MINHA ENERGIA E A APARÊNCIA FOI DRÁSTICA E IMEDIATA! AO INVÉS DE ME SENTIR PRIVADA, A ESCOLHA DE ALIMENTOS SAUDÁVEIS PARECEU FÁCIL E NATURAL.

5 – NÃO DÊ A FIM DE OBTER.

“DEIXE IR O ESBOÇO DOS RESULTADOS QUE VOCÊ ESPERA AO DAR. VOCÊ CONSEGUIRÁ RESULTADOS DO ATO DE DOAR: ESTA É A LEI UNIVERSAL. MAS, NÃO CABE A VOCÊ COMO A CAUSA E O EFEITO SERÃO CIRCULADOS. ALÉM DISTO, SE ESPERA ALGO EM TROCA, VOCÊ VERDADEIRAMENTE NÃO ENTREGOU NADA. AO INVÉS DISTO, VOCÊ O ESTÁ MANTENDO NA CONSCIÊNCIA, ESPERANDO OBTER ALGO PRIMEIRO, ANTES QUE O LIBERE TOTALMENTE”.

NOVAMENTE, EU ME SENTI ENVERGONHADA QUANDO OS ANJOS VIRAM NOS RECESSOS DA MINHA ALMA. ELES SABIAM QUE EU ERA UMA PESSOA DOADORA. NO ENTANTO, EU TINHA QUE ADMITIR QUE ALGUMAS VEZES, DEI COM EXPECTATIVAS DE RECEBER ALGO EM TROCA. COM PLENA CONFIANÇA EM MEUS ANJOS GUARDIÕES, EU DECIDI LIBERAR TODOS OS CORDÕES LIGADOS AOS MEUS PRESENTES PARA OS OUTROS. QUASE IMEDIATAMENTE, EU COMECEI A RECEBER RECOMPENSAS SURPREENDENTES, TAIS COMO NOVAS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS E MARAVILHOSAS EXPERIÊNCIAS COM OS AMIGOS.

6 – PASSE ALGUM TEMPO SOZINHA NA NATUREZA.

“OS SONS E CHEIROS DA NATUREZA SÃO INVISÍVEIS, ASSIM ELES LEVAM A SUA MENTE AO REINO INVISÍVEL DO ESPÍRITO, ONDE AS COISAS TÊM UMA VIBRAÇÃO MAIS ELEVADA E MAIS RÁPIDA DO QUE A MATÉRIA. HÁ PROPRIEDADES DE CURA NA NATUREZA. ALÉM DISTO, HÁ ANJOS MUITO REAIS NA NATUREZA. VOCÊ PODE PEDIR QUE ESTES ANJOS DA NATUREZA A CUREM. ESTAR NA NATUREZA A AJUDA A SE ADAPTAR AO RITMO NATURAL DA TERRA, E DESDE QUE O TEMPO E OS CICLOS SÃO UMA PARTE DE TUDO, VOCÊ SE TORNA MAIS SINCRONIZADA COM O RITMO DA VIDA”.

DIANTE DO PEDIDO DOS ANJOS, EU ME AFASTEI MAIS DA MINHA MESA E COMECEI A PASSAR A MINHA HORA DO ALMOÇO AO AR LIVRE. O AR FRESCO, O SOL E A FRAGRÂNCIA DAS FLORES ME AJUDAM A MEDITAR EM NÍVEIS MAIS PROFUNDOS. EU ME SENTO AO AR LIVRE E PEÇO QUE OS ANJOS DA NATUREZA ME ENVOLVAM.

7 – DESLIGUE-SE DA MATÉRIA.

“QUANDO ESTÁ APEGADA EM PENSAMENTO À MATÉRIA, VOCÊ FICA LIGADA AOS PRODUTOS DA MENTE DO EGO, E ASSIM, PERMANECE LIGADA AO EGO. NÃO HÁ MODO DE ESCAPAR DESTA LEI. MENTE SOBRE A MATÉRIA É A MENTE DO EGO”.

MEUS ANJOS GUARDIÕES DEIXARAM CLARO QUE NÃO HÁ NADA ERRADO COM ITENS MATERIAIS. A MATÉRIA É NEUTRA, DE ACORDO COM OS ANJOS. ELES TAMBÉM COMPREENDEM QUE NÓS, SERES HUMANOS, TEMOS NECESSIDADES MATERIAIS, TAIS COMO OS ALIMENTOS, ROUPAS E ABRIGO. ENTRETANTO, QUANDO NÓS CONTEMPLAMOS EXCESSIVAMENTE OS ITENS MATERIAIS – COMO PENSAR CONTINUAMENTE EM DINHEIRO OU POSSES – ESTAMOS FOCADOS EM NOSSA NATUREZA DE BAIXA ESTIMA, AO INVÉS DE NOSSO EU SUPERIOR.

8 – NÃO JULGUE.

“VOCÊ JULGA OS OUTROS COMO UM MEIO DE SE PROTEGER, PARA MANTÊ-LOS AFASTADOS DE VOCÊ, ASSIM VOCÊ NÃO SE APROXIMARÁ DELES E NÃO SE MAGOARÁ. MAS LHE DISSEMOS QUE VOCÊ NÃO PRECISA PENSAR EM SUA SEGURANÇA. VOCÊ ESTÁ SEGURA, E UM PADRÃO DE PENSAMENTO OPRESSIVO DE PREOCUPAÇÃO COM A SUA SEGURANÇA, PODERÁ TRAZER EXATAMENTE A COISA QUE VOCÊ TEME EM SUA VIDA”.

OS ANJOS EXPLICARAM QUE ATRAÍMOS PARA NÓS AQUILO QUE PENSAMOS. SE EU PENSAR OBSESSIVAMENTE EM PERIGOS FÍSICOS OU EMOCIONAIS, EU CRIO UM CLIMA NO QUAL OS MEUS PIORES MEDOS SE TORNAM REAIS. COM A PRÁTICA, EU COMECEI A NOTAR QUE NO MOMENTO EM QUE IRIA JULGAR OUTRAS PESSOAS, EU COMEÇAVA A LIBERAR OS MEUS MEDOS AOS ANJOS, E SENTIA OS MEUS HÁBITOS DE JULGAMENTO DESAPARECEREM GRADUALMENTE.

9 – VOCÊ VIVE ONDE A SUA CONSCIÊNCIA ESTÁ FOCALIZADA.

“SE VOCÊ TEM UM PENSAMENTO DESPROVIDO DE AMOR – COMPETIÇÃO, INVEJA OU PREOCUPAÇÃO, VOCÊ SENTE DOR. VOCÊ É A SUA CONSCIÊNCIA E SENTE OS EFEITOS DE ONDE A SUA CONSCIÊNCIA ESTÁ FOCADA. VOCÊ NÃO QUER A DOR. PORTANTO, ESCOLHA DAR O SEU PENSAMENTO NÃO AMOROSO À LUZ”.

EM PRIMEIRO LUGAR, ESTA LIÇÃO FOI DOLOROSA PARA ENCARAR. EU SEMPRE PENSEI QUE AS MINHAS CIRCUNSTÂNCIAS EXTERNAS INFLUENCIAVAM A MINHA FELICIDADE. ENTRETANTO, OS ANJOS INSISTIRAM QUE ISTO ERA O OPOSTO, E QUE OS MEUS PENSAMENTOS COLORIAM O MEU MUNDO. ELES ME DISSERAM QUE A MINHA FELICIDADE NÃO DEPENDIA DO QUE EU TINHA, MAS SIM NO QUE EU PENSAVA.

10 – EM TODAS AS COISAS, DÊ GLÓRIA A DEUS.

“NÃO BUSQUE A GLÓRIA PARA SI MESMA. EM ESSÊNCIA, CONTUDO, QUANDO VOCÊ DÁ GLÓRIA A DEUS, ESTÁ DANDO GLÓRIA A ESTA PARTE SUA QUE É UNA COM DEUS. AO DAR GLÓRIA A DEUS, VOCÊ PERMANECE AFASTADA DO ESTADO DO EGO, E PERMANECE CENTRADA NA CONSCIÊNCIA DO SEU EU SUPERIOR”.

INICIALMENTE, A MINHA LIÇÃO ME HUMILHOU. MAS ANTES QUE EU PUDESSE ESCORREGAR NOS SENTIMENTOS DE VERGONHA, OS MEUS ANJOS ME IMPULSIONARAM COM A LEMBRANÇA QUE – DESDE QUE O MEU EU VERDADEIRO É UNO COM DEUS – EU ESTAVA LOUVANDO O EU VERDADEIRO, A CADA VEZ QUE EU DAVA GLÓRIA A DEUS. AS DEZ LIÇÕES SÃO AGORA PARTES ARRAIGADAS E PERMANENTES DA MINHA VIDA DIÁRIA. QUANDO OS MEUS CLIENTES ME ELOGIAM SOBRE A CLAREZA DA ORIENTAÇÃO DIVINA QUE EU RECEBO DURANTE AS NOSSAS SESSÕES, EU DIGO: OBRIGADA, MAS TODO O CRÉDITO VAI PARA DEUS E PARA OS ANJOS. ELES ME ENSINARAM A COMO RECEBER A ORIENTAÇÃO DIVINA. EU MEREÇO O CRÉDITO APENAS POR SEGUIR ESTA ORIENTAÇÃO, PORQUE – GRAÇAS A ELES – SOU AGORA UMA BOA OUVINTE.

DOREEN VIRTUE 

Saiba mais: https://omundodegaya.wordpress.com/misttico/

IMPERMANÊNCIA

Imagem

A vida é como um piquenique em uma tarde de domingo… ela não dura muito tempo. Só olhar o sol, sentir o perfume das flores ou respirar o ar puro já é uma alegria. Mas se tudo o que fazemos é ficar discutindo onde pôr a toalha, quem vai sentar em que canto, quem vai ficar com o peito ou a coxa do frango…, que desperdício! Mais cedo ou mais tarde o tempo fecha, a tarde cai e o piquenique acaba. E tudo o que fizemos foi ficar discutindo e implicando uns com os outros. Pense em tudo que se perdeu.

Você pode estar se perguntando: se tudo é impermanente, se nada dura, como pode alguém viver feliz? É verdade que não podemos, de fato, agarrar ou nos segurar às coisas, mas podemos usar esse conhecimento para olhar a vida de modo diferente, como uma oportunidade muito breve e rara. Se trouxermos à nossa vida a maturidade de saber que tudo é impermanente, vamos ver que nossas experiências serão mais ricas, nossos relacionamentos mais sinceros, e teremos maior apreciação por tudo aquilo que já desfrutamos.

Também seremos mais pacientes. Vamos compreender que, por pior que as coisas possam parecer no momento, as circunstâncias infelizes não podem durar. Teremos a sensação de que seremos capazes de suportá-las até que passem. E com maior paciência seremos mais delicados com as pessoas a nossa volta. Não é tão difícil manifestar um gesto amoroso quando nos damos conta de que talvez nunca mais estaremos com a nossa tia-avó. Por que não deixá-la feliz? Por que não dispor de tempo para ouvir todas aquelas histórias antigas?

Chegar à compreensão da impermanência e ao desejo autêntico de fazer os outros felizes nesta breve oportunidade que temos juntos, constitui o começo da verdadeira prática espiritual. É esse tipo de sinceridade que efetivamente catalisa a transformação em nossa mente e em nosso ser.

Não precisamos raspar a cabeça nem usar vestes especiais. Não precisamos sair de casa nem dormir em uma cama de pedras. A prática espiritual não requer condições austeras…. apenas um bom coração e a maturidade de compreender a impermanência.

Isso nos fará progredir.

Chagdud Tulku Rinpoche, em ” Portões da Prática Budista”

 

Saiba mais:https://omundodegaya.wordpress.com/misttico/

 

DEUS – SEGUNDO BARUCH SPINOZA

 

46

Einstein, quando perguntado se acreditava em Deus, respondeu: -“Acredito no Deus de Spinoza, que se revela por si mesmo na harmonia de tudo o que existe, e não no Deus que se interessa pela sorte e pelas ações dos homens”.

“Pára de ficar rezando e batendo o peito! O que eu quero que faças é que saias pelo mundo e desfrutes de tua vida. Eu quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que eu fiz para ti.

Pára de ir a esses templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo construíste e que acreditas ser a minha casa. Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nos lagos, nas praias. Aí, é onde eu vivo e aí, expresso meu amor por ti.

Pára de me culpar por tua vida miserável: eu nunca te disse que há algo mau em ti ou que eras um pecador, ou que tua sexualidade fosse algo mau. O sexo é um presente que eu te dei e com o qual podes expressar teu amor, teu êxtase, tua alegria. Assim, não me culpes por tudo o que te fizeram crer.

Pára de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo. Se não podes me ler num amanhecer, numa paisagem, no olhar de teus amigos, nos olhos de teu filhinho…, não me encontrarás em nenhum livro!

Confia em mim e deixa de me pedir.Tu vais me dizer como fazer meu trabalho? Pára de ter tanto medo de mim. Eu não te julgo, nem te critico, nem me irrito, nem te incomodo, nem te castigo. Eu sou puro amor. Pára de me pedir perdão. Não há nada a perdoar.

Se eu te fiz, eu te enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de sentimentos, de necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio. Como posso te culpar se respondes a algo que eu pus em ti? Como posso te castigar por seres como és, se eu sou quem te fez?

Crês que eu poderia criar um lugar para queimar todos os meus filhos que não se comportem bem, pelo resto da eternidade? Que tipo de Deus pode fazer isso?

Esquece qualquer tipo de mandamento, qualquer tipo de lei; essas são artimanhas para te manipular, para te controlar, que só geram culpa em ti.

Respeita teu próximo e não faças o que não queiras para ti. A única coisa que te peço é que prestes atenção a tua vida, que teu estado de alerta seja teu guia.

Esta vida não é uma prova, nem um degrau, nem um passo no caminho, nem um ensaio, nem um prelúdio para o paraíso. Esta vida é a única coisa que há aqui e agora, e a única que precisas.

Eu te fiz absolutamente livre.Não há prêmios nem castigos. Não há pecados nem virtudes. Ninguém leva um placar. Ninguém leva um registro. Tu és absolutamente livre para fazer da tua vida um céu ou um inferno.

Não te poderia dizer se há algo depois desta vida, mas posso te dar um conselho. Vive como se não o houvesse, como se esta fosse tua única oportunidade de aproveitar, de amar, de existir. Assim, se não há nada, terás aproveitado a oportunidade que te dei.

E se houver, tem certeza que eu não vou te perguntar se foste comportado ou não. Eu vou te perguntar se tu gostaste, se te divertiste… Do que mais gostaste?… O que aprendeste?…

Pára de crer em mim- crer é supor, adivinhar, imaginar. Eu não quero que acredites em mim. Quero que me sintas em ti. Quero que me sintas em ti quando beijas tua amada, quando agasalhas tua filhinha, quando acaricias teu cachorro, quando tomas banho no mar.

Pára de louvar-me! Que tipo de Deus ególatra tu acreditas que eu seja? Me aborrece que me louvem. Me cansa que agradeçam. Tu te sentes grato? Demonstra-o cuidando de ti, de tua saúde, de tuas relações, do mundo. Te sentes especial, apreciado?… Expressa tua alegria! Esse é o jeito de me louvar.

Pára de complicar as coisas e de repetir como papagaio o que te ensinaram sobre mim. A única certeza é que tu estás aqui, que estás vivo, e que este mundo está cheio de maravilhas.

Para que precisas de mais milagres? Para que tantas explicações? Não me procures fora! Não me acharás. Procura-me dentro… Aí é que estou, batendo dentro de ti.

(Baruch Spinoza.)

As sábias palavras são de Baruch Spinoza – nascido em 1632 em Amsterdã, falecido em Haia em 21 de fevereiro de 1677, foi um dos grandes racionalistas do século XVII dentro da chamada Filosofia Moderna, juntamente com René Descartes e Gottfried Leibniz. Era de família judaica portuguesa e é considerado o fundador do criticismo bíblico moderno. Acredite, essas palavras foram ditas em plenos século XVII. Continuam verdadeiras e atuais até hoje…


O PODER DA CO-CRIAÇÃO

Imagem

Co-criar é um poder que todos temos, e que tem a função (objetivo) de garantir que todas as experiências que você realmente deseje ter, consiga ter, isto é, garante que você possa SER, TER e FAZER tudo o que você desejar.

É baseada em uma lei universal chamada Lei da Atração (em inglês chama-se Law of Attraction, que pode ser abreviada para LOA). É chamada de “co-criação” porque você não cria sozinho(a), mas sim com a ajuda de uma força universal.

Você não precisa obrigatoriamente acreditar na sua existência, basta realmente seguir todos os passos necessários e os resultados virão. Depois de algumas experiências, se você não acreditava na existência da LOA, vai passar a acreditar…

De acordo com o livro Conversas com Deus – livro 1, do autor Neale Donald Walsch, páginas 39 e 40, o objetivo da vida não é aprender, mas apenas termos experiências e a LOA garante que todos possamos experienciar, co-criar e brincar à vontade…

Somos todos mini-deuses co-criando e experimentando os resultados das nossas co-criações.

CONCEITOS BÁSICOS IMPORTANTES

Primeiramente é importante definir alguns conceitos importantes. Estes conceitos estão aqui para servir como uma base lógica e que faça sentido principalmente para pessoas mais céticas e científicas. Não são provas científicas, mas apenas conceitos simples e lógicos. Você pode escolher aceitar estes conceitos como verdadeiros por fazerem sentido para você ou pode rejeitá-los completamente. A vantagem em aceitá-los é que você terá uma base sólida de apoio às suas co- criações.

A. LIGAÇÕES

Como a própria Física Quântica já constatou, tudo, em todo o universo, está conectado, e por isto, somos todos uma só energia. Portanto nós (seres humanos) estamos conectados entre nós, estamos conectados a todos os seres vivos deste planeta, estamos conectados ao próprio planeta Terra e ao universo inteiro. Há apenas um campo de energia em todo o universo. Tudo está conectado com tudo e você faz parte deste todo, isto é, você está literalmente conectado à tudo no universo, sem exceção.

 Conceito 1 – TUDO ESTÁ CONECTADO

 B. EXISTÊNCIA DE UMA INTELIGÊNCIA SUPREMA

Embora a existência de Deus não possa ser provada cientificamente, dá para se notar muito facilmente que há uma inteligência por trás de tudo o que existe. Para verificar isto, basta observar a perfeição que existe nas funções vitais que mantém vivos e saudáveis todos os seres deste planeta, a perfeição que existe em toda a natureza e a perfeição que existe nos sistemas solares e galáxias. Dá para ver e sentir que tudo acontece por algum motivo. Este motivo tem lógica e faz todo sentido. Cada reação química que acontece no seu organismo, ocorre no momento exato e perfeito. A vida é o resultado da soma de todas estas bilhões de pequenas reações químicas que ocorrem simultaneamente e em perfeita harmonia. É algo perfeito demais para ser chamado coincidência.

À partir dos infinitos exemplos desta inteligência perfeita, é fácil deduzir e aceitar que existe algo por trás disto tudo. Podemos chamá-lo de “Deus” ou “Universo” ou “Tudo O Que Existe”. O nome que se dá não tem importância. Os nomes são apenas símbolos que representam algo, que neste caso representa toda a existência. Eu optei por chamá-lo de Deus. Este “Deus” não é o Deus das religiões, é a palavra que representa a origem de tudo o que existe.

 Conceito 2 – DEUS EXISTE E É A INTELIGÊNCIA POR TRÁS DE TUDO

 C. RELAÇÃO ENTRE NÓS E DEUS

Como só existe um campo de energia, tudo tem que fazer parte dele, incluindo Deus. Mas Deus é o nome dado ao todo, portanto, Deus não faz parte do todo, Deus é o todo. Como nós fazemos parte deste campo de energia, portanto nós e Deus somos um só. Assim, somos todos partes de Deus. Se Deus fosse um oceano, cada um de nós seria uma pequena gota deste oceano.

 Conceito 3 – DEUS E NÓS SOMOS UM SÓ

 D. O CRIADOR

O Universo existe a alguns bilhões de anos. Antes destes bilhões de anos, o Universo não existia. Então tinha que existir algo antes da existência do Universo (big bang). Portanto podemos deduzir que o que existia antes de tudo só pode ser Deus, pois “o nada” não pode criar nem originar alguma coisa.

 Conceito 4 – DEUS É O TODO E A ORIGEM DE TUDO

E. CONCLUSÃO FINAL

Foram apresentados estes 4 conceitos: “Tudo está conectado ”, “Deus existe e é a inteligência por trás de tudo ”, “Deus e nós somos um só ” e “Deus é o todo e a origem de tudo ”.

Baseando-nos nestes 4 conceitos, podemos concluir que como Deus é a origem de tudo, é também a nossa origem. E como nós e Deus somos um só, somos pedacinhos de Deus.

Como Deus é o criador de tudo o que existe, incluindo todos os Universos e Dimensões e como somos todos partes dele, temos em nosso interior, a mesma essência de Deus, isto é, temos exatamente as mesmas características, as mesmas capacidades e os mesmos poderes que Deus. Como Deus é um criador, somos também criadores e esta é a origem da Lei da Atração (Co-Criação), que também pode ser chamada “Lei da Co-criação”.

Esta lei é tão certa quanto à Lei da Gravidade, mas enquanto a Lei da Gravidade atrai tudo para baixo, a Lei da Atração atrai tudo para você !!!

QUAL É A BASE DE FUNCIONAMENTO DAS CO-CRIAÇÕES ?

Tudo no universo funciona com base em vibrações e as co-criações não são uma exceção. Portanto o mecanismo base de funcionamento das co-criações são as vibrações, isto é, elas são ativadas com base nas vibrações emitidas e não nas palavras pronunciadas. Pensamentos e emoções são ambos vibrações, são ambos energia. Agora é necessário que você entenda um conceito básico…

Como já foi dito, nós somos partes (pedacinhos) de Deus. A essência de Deus é uma energia de unidade, isto é, sem separações. Nós vivemos em uma dimensão em que a unidade está dividida em duas partes. Isto é chamado de dualidade. A dualidade está em tudo, incluindo em nossos corpos. Um exemplo é o cérebro, que é formado por duas partes (direita e esquerda)

Além da separação física do cérebro em duas partes, temos também uma outra separação importante, que é a Mente e o Coração. A mente e o coração são dois poderes criativos, sendo que a mente coordena (foca) e o coração executa. Eles têm que trabalhar em conjunto para criar algo.

Concluindo…Como somos partes de Deus, temos as mesmas capacidades que Ele/Ela. Como Deus é um criador, também somos criadores.

A essência de Deus é uma essência de Unidade, portanto nossa essência também é de Unidade. Mas estamos em uma dimensão de dualidade e portanto, nossa essência de Unidade está dividida em duas partes.

Então para ativar o nosso poder de criação, temos que juntar estas duas partes, para que juntas, sejam uma Unidade (essência de Deus). E quais são as 2 partes que tem que estar juntas ? Mente e Coração !!!

Portanto, para usar o seu poder de criação, você tem que alinhar a sua mente e o seu coração. Ambos têm que estar perfeitamente sintonizados com o que você quer Ser, Ter ou Fazer. Para sintonizar mente e coração, basta pensar/visualizar/focar-te (mente) e sentir (coração) ao mesmo tempo. Visualize e sinta exatamente como se o seu desejo já fosse real aqui e agora, sem julgar o que você está criando.

Você está, durante todos os momentos da sua vida, co-criando todas as situações do seu dia a dia. Você faz isto através dos pensamentos e emoções que você tem. Cada combinação entre pensamento e emoção cria algo, sem exceção. O problema é que estamos sempre co-criando aleatoriamente.

Co-criar aleatoriamente gera experiências aleatórias, mas o que acontece com mais frequência é co-criarmos todos os dias a mesma coisa, o que gera a sensação de que a vida não progride e que está sempre igual. É porque você está sempre co-criando mais do mesmo.

Mude os seus pensamentos e a sua vida mudará completamente. Você está no comando, mesmo que pareça que não está.

Um outro problema de co-criar aleatoriamente é que você desperdiça tempo e energia para gerar as mesmas experiências repetidamente. E muitas vezes são experiências negativas.

Quando alguém convence você de alguma coisa, esta pessoa está fazendo com que você co- crie aquilo de que esta pessoa te convenceu e isto torna-se a sua realidade. E aí você pensa: “É verdade, ele/ela tinha razão”, mas o que aconteceu foi que você co-criou o que foi sugerido. A TV usa muito esta estratégia muito bem disfarçada, das mais diversas maneiras que você acaba nem notando.

Por isto, ao ver TV ou filmes ou notícias, você está sendo manipulado(a) sem ter a mínima noção disto.

O resultado é que você acaba por alterar a sua forma de pensar, a sua forma de interpretar as coisas em todos os níveis e além disto tudo, você acaba por co-criar algo que pode ser negativo para você, mas que é muito lucrativo para algumas empresas…

Aquilo em que você realmente acredita que seja verdade, você torna verdade através das vibrações (pensamentos + emoções) emitidas.

Cada pensamento enviado ao Universo gera resultados e você recebe exatamente o que você enviou. Funciona como um bumerangue: vai e volta. Você pode usar o seu bumerangue aleatoriamente ou você pode usá-lo a seu favor e para o seu benefício, a escolha é sua.

Fonte: Despertar de Gaia

Saiba mais: https://omundodegaya.wordpress.com/misttico/

MAGIA ELEMENTAL – A FORÇA QUE VEM DA ALMA

Imagem

Magia Elemental é o Sistema de Magia que se utiliza dos elementos como símbolos para a prática de rituais. Historicamente, o sistema ocidental de classificação dos elementos tem suas raízes na Grécia antiga, na tentativa de explicar o cosmo e o ser humano. Assim, o estudante pode tanto buscar a Magia Elemental para compreender o mundo ao seu redor quanto para de maneira subjetiva, entender a si mesmo.

Assim, aos elementos foram atribuídas algumas características principais:

Fogo é quente e seco

Água fria e úmida

Ar quente e úmido

Terra fria e seca

Imagem

Note-se que, dependendo da visão utilizada, os elementos podem ser apenas símbolos para um ritual como objetos que possuem o mesmo tipo de energia do que aquela que se busca durante determinado ritual.

Externamente, pode-se associar os sólidos à Terra, os líquidos à Água, os gases ao Ar e o Plasma ao Fogo.

Por fim, por influência Aristotélica, foi concebido um quinto elemento, o Espírito ou Éter, que seria uma espécie de coordenador dos outros quatro elementos.

Os elementos normalmente são representados pelas cores Vermelho para o Fogo, Azul para Água, Amarelo para o Ar, Verde para Terra e Preto para o Espírito.

Pode-se traçar um paralelo entre as concepções clássicas dos elementos e a Teoria dos Tipos Psicológicos de (Carl Gustav) Jung , mais especificamente quanto às Funções Psicológicas. Este estudioso dividiu em quatro funções fundamentais: Pensamento, Sentimento, Sensação e Intuição.

Possibilita-se assim uma visão subjetiva e interna da ação de quatro dos elementos sendo que as duas primeiras, Pensamento e Sentimento, seriam, para Jung, maneiras de tomar decisões, enquanto as duas últimas, Sensação e Intuição, seriam formas de apreender informações. E quando os elementos/funções estivessem em equilíbrio teriam as seguintes características.

O Elemento Ar pode ser comparado à Função Pensamento, caracterizado pela capacidade de tomar decisões objetivas, lógicas e coerentes. Assim, o predomínio deste elemento/função tende a levar o indivíduo à uma preferência por escolhas racionais, planejadas e eficazes.

O Elemento Água pode ser comparado à Função Sentimento, caracterizando subjetivamente um indivíduo que tem a preferência por sentimentos fortes, mesmo que tristes. A predominância deste elemento no indivíduo faz com que ele tenda a levar em conta valores ao tomar decisões.

O Elemento Terra pode ser comparado à Função Sensação, que seja a observação do concreto, do detalhe, do sólido. A experiência concreta, obtida por meio dos sentidos sempre prevalecerá. Subjetivamente este elemento faz com que a pessoa esteja sempre no presente, no agora, no momento atual, pronta para tomar decisões imediatas.

O Elemento Fogo pode ser comparado à Função Intuição, possuindo como característica a abstração, é uma forma de apreender informações que leva em conta o passado, o futuro e as implicações das escolhas. Trata-se de uma análise do efêmero permeada por processos inconscientes. Leva-se mais em conta a valoração dos objetos do que o objeto em si, relacionando-a com experiências passas ou informações inconscientes.

Existe ainda a relação que pode ser feita entre os elementos e os quatro elementos e o Tarô, primeiramente quanto aos naipes: Bastões [ou Paus], Copas [Corações ou Taças], Espadas e Discos [ou Pantáculos ou Ouros]. O Bastão é relacionado com o Elemento Fogo. Copas é relacionado com o Elemento Água. Espadas é relacionado com o Elemento Ar. Discos é relacionado com o ElementoTerra.

Outra relação possível entre os quatro elementos e o tarô é quanto às cartas da corte: Rei, Rainha, Príncipe e Princesa. O Rei representa o Fogo. A Rainha Representa a Água. O Príncipe representa oAr. A Princesa representa a Terra.

Assim, pode-se perceber que poderá haver no Tarô uma mescla entre os elementos, podendo se falar que um Rei de Espadas é a manifestação ígnea do Ar ou uma Rainha de Discos é a manifestação aquática da Terra, etc.

Astrologicamente, os quatro elementos são distribuídos da seguinte maneira pelos Signos. O Fogo é o elemento dos signos de Áries, Leão e Sagitário. A Água e o elemento dos signos Câncer, Escorpião e Peixes. O Ar é o elemento dos signos Gêmeos, Libra e Aquário. A Terra é o elemento dos signos Touro, Virgem e Capricórnio.

Na classificação cabalista relacionam-se os quatro elementos com letras do alfabeto hebraico, primeiramente com as três letras mães onde o Fogo é ש [Shin ou Sin], a Água é מ [Mem, quando é grifado no final da palavra: ם] e o Ar é א [Aleph ou Alef]. O elemento Terra corresponde a última letra do alfabeto, que seja, o ת [Tau ou Tav]. FogoÁgua e Ar seriam elementos estritamente espirituais, que se manifestariam de maneira sensível quando cristalizados no quarto elemento, aTerra.

Utilizando ainda os elementos para dividir Árvore da Vida [ou Otz Chiim] da seguinte maneira: ao Fogoatribui-se a Sephira de Kether, o número 1, à Água corresponderiam as Sephiroth [plural de Sephira] de Chokmah e Binah, os números 2 e 3, ao Ar corresponderiam as Sephiroth de Chesed, Geburah, Tiphareth, Chesed, Hod e Yesod, numeradas respectivamente por 9,8,7,6,5,4,3 e 2, por fim, a Terraseria correspondente a Sephira de Malkuth, 10.

Se utilizarmos a árvore da vida no Arranjo anterior para analisar o homem, o Fogo corresponderia à sua essência espiritual [Jechidah] , a Água representaria seus aspectos criativos e transmissivos [Chiah e Neschamah], o Ar representaria suas qualidades mentais e morais [Ruach], enquanto a Terrarepresentaria seu veículo físico [Nephesch].

Os quatro elementos também podem ser atribuídos a quatro Arcanjos, o Fogo seria o elemento de Micael, a Água de Gabriel, o Ar de Rafael e a Terra de Auriel [ou uriel].

A correspondência feita com as Armas mágicas seria a de relacionar o Fogo à baqueta, a Água à Taça, o Ar à Espada e a Terra ao Pentáculo, sendo que o magista representaria o quinto elemento, o Espírito.

Pode passar desapercebido ao leigo, mas em todas a culturas encontra-se a caracterização dos elementos através de mitos e lendas, nos sistemas mágicos podemos encontrar alguns seres que, conforme o entendimento do magista, podem de fato existir ou ter uma consideração meramente simbólica. Geralmente atribuí-se ao Fogo as Salamandras, à Água as Ondinas, ao Ar os Silfos e àTerra os Gnomos.

Porém, deve ser observada a influência da magia elemental em todas as culturas, por exemplo, no Brasil, têm-se no meio de lenda os Saci-Pererê, como uma representação dos Gnomos, o Boitatá como uma representação equivalente às Salamandras, a Iara ou a Alamoa como uma representação equivalente às Ondinas e os Silfos normalmente são representados por lendas envolvendo aves como a do Uirapuru e do Biguá. O mesmo ocorre em outros povos, como o mito do Thunderbird nos EUA, para os Silfos ou os Duendes na Irlanda para os Gnomos.

Por Frater Ire aka C.C.E.

Saiba mais: https://omundodegaya.wordpress.com/misttico/

CONJURAÇÕES PARA DEFESA PSÍQUICA E ATAQUE ASTRAL

Imagem

As conjurações servem para nos defendermos no astral e, quando estivermos no mundo astral, verificar se conversamos realmente com um mestre nesta dimensão, pois existem entidades vestidas e disfarçadas de santidade.

As conjurações servem para o mundo astral, porém acabam repercutindo em outras dimensões, como no etérico e até no físico, sendo utilizado antes de realizarmos uma prática, para criar um círculo mágico de proteção, ao nos deitarmos antes de dormir etc.

Lembrando: toda prática deve ser feita “sempre” com Positividade, Concentração, Imaginação e Fé na Divindade, unidas em vibrante harmonia.

Cântico do Belilin

(entregue ao Mestre Samael por um Anjo da Força, chamado Anjo Aroch, ou simplesmente Anjo Belilin)

(por 3 vezes seguidas)

Belilin, Belilin, Belilin
Ânfora de Salvação
Quizera estar junto a Ti
O materialismo não tem força junto a mim
Belilin, Belilin, Belilin

(3x)
Pai meu, Deus meu, eu te suplico com todo o meu coração e com toda a minha alma, para que ordenes ao meu Intercessor-Elemental para que ele trace o círculo mágico de proteção ao redor do meu corpo (do meu quarto, de minha casa etc.).

Deve-se imaginar o elemental ao redor do corpo, ou do quarto, ou da casa, criando o círculo de proteção, nos sempre pedimos ao nosso Pai que ordene porque nós, com nossa porcentagem de Consciência, não temos ainda nenhuma autoridade sobre nossas partículas do Ser, como no caso do Iintercessor Elemental (ou Anjo da Guarda Elemental).

É importante que, sendo o círculo semi-etérico, qualquer animal pode quebrá-lo, assim, ao realizarmos um círculo no nosso quarto, e estando a janela aberta, um pássaro entra, o círculo já foi quebrado, isso ocorre também com qualquer pessoa que entra ou sai do lugar onde foi traçado o círculo de proteção.

No astral, devemos realizar a Conjuração de Júpiter, toda a vez que invocarmos um mestre, para termos certeza que estamos diante dele. Evocamos qualquer mestre com profundo respeito, intensa devoção e suprema humildade, usando a fórmula que nós dá o mestre Samael.

Invocação de um Mestre no Astral

O VM Samael nos dá uma fórmula para invocar um mestre no astral, ele dá o exemplo do anjo Adonai, mas como ele fala que atenderá ao chamado a quem quiser invocá-lo, aqui está a petição.

Estando conscientes que estamos em astral, com profundo respeito, intensa devoção e suprema humildade, invocaremos o V.M. Arcanjo Samael:

Samael! Vinde até aqui. Vinde até aqui. Vinde até aqui.
ANTIA…DA-UNA…SASTASA… Samael, Samael, Samael … AAAAAAOOOOOOMMMMMMM… Samael, Samael, Samael …

Continuaremos invocando o mestre, com o coração, até que ele chegue, quando ele chegar, devemos ser objetivos, compreender que o nível de Consciência nosso é pequeno, devemos conjurá-lo com toda força para sabermos se é realmente um mestre ou um demônio disfarçado. Aí, suplicaremos ajuda…

Conjuração de Júpiter

Com a mão direita apontando como mostra a figura e a esquerda no plexo solar como mostra a outra figura abaixo, devemos realizar com suprema força a conjuração de Júpiter, imaginando saírem labaredas de fogo da mão estendida em direção ao indivíduo que estamos conjurando no astral:

Em NOME DE JÚPITER
Pai dos Deuses
Eu te conjuro:
TE VIGOS COSSILIM!

Repete-se três vezes com muita força e imaginação, se o indivíduo fugir fulminado, é óbvio que era um adepto da loja negra disfarçado, se ficar sem nada ocorrer, é um verdadeiro mestre, os mestres gostam quando os discípulos os conjuram, isto mostra que o discípulo está lutando para Despertar a Consciência. Então, desta forma, podemos receber conhecimentos aos pés dos mestres e nós proteger contra os tenebrosos.

Conjuração da Semente Crística

Klimmmmmmmmmmmm

Klim… Krishnaya… Govindaya… Gopijana… Vallabhaya… Suáha…

Imagem

O Venerável Mestre Samael Aun Weor afirma que quando mantralizamos a palavra sagrada Klim, desce das dimensões inefáveis do Cristo Cósmico, do Fogo Divino, uma luz esplendorosa e indescritível.

Então, devemos mentalizar ao nosso redor uma poderosa luz branca, alva, que nos protege, como uma parede de aço ao nosso redor, e criando uma campo de energia harmoniosa no ambiente em que nos encontramos.

Se possível, pode-se mentalizar também uma Estrela de 5 pontas na cor azul-elétrico em nossa testa ou mesmo no coração. Outra dica importante: caso vejamos alguém (em casa ou na rua) transtornado, desequilibrado e/ou irado, pode-se mentalizar na testa deste indivíduo essa estrela e vocalizar a Conjuração da Semente Crística várias vezes seguidas.

Tenha certeza absoluta que mais cedo ou mais tarde a pessoa (ou pessoas) irá se acalmar, voltando ao estado anterior de relativo equilíbrio psíquico. (Também recomendável para pessoas com desequilíbrios mentais.)

Fonte: Gnose On Line