A Dor do Fechamento de uma Era

Spiral of documents

Existe uma forte tendência no coletivo em se agarrar ao sofrimento e não existe lugar mais fértil de sofrimento do que olhar para a desgraça alheia. Quem quer sofrer não tem nenhum trabalho, existem mil ” causas” de aparente injustiça para se engajar.
A razão é muito clara!

Saímos de uma Era de água onde a emocionalidade era o tom dominante. Crime, castigo, culpa e pecado eram o mote de todos os que levantam a bandeira de justiceiros.
Isso deu espaço para que políticos e chantagistas levassem grandes vantagens e posassem de salvadores, a verdade é que eles precisam da miséria e do sofrimento alheio, então criam cada vez mais.

A partir de 2012 fecharam-se os portões de Peixes! Entramos em uma era extremamente racional e seca e não tem jeito de voltar para trás. O medo de perder isso instalou-se nas populações.
Nesse período, mentes racionais despontam como grande inspiração, trazendo lucidez. Mas mentes que tem medo do vazio e não recebem energia de luz se alimentam de sofrimento.
Existe muito grito e muito choro e uma tendência voraz em acabar com quem traz a lucidez.
Basta raciocinar um pouco:
1.- Não existem vítimas. Vítima e agressor estão em conluio. O vitimismo foi altamente exaltado na Era de Peixes.
2.- Não existe uma folha que cai sem que o Criador queira. É uma arrogância humana achar que podemos controlar a Vontade Divina.
3.- Cada um passa exatamente o que precisa passar. Reconhecer isso é uma humildade.
4.- Sem auto responsabilidade cada um sempre fica exatamente no lugar onde está.
5.- Em algum nível inconsciente o ajudado jamais vai lhe perdoar, isso já foi dito aqui.

Claro que devemos lutar contra quem nos oprime. Mas evitamos isso e vamos correndo ajudar quem achamos que precisa de ajuda. E ainda por cima, sequer ajudamos, simplesmente gritamos nas mídias coletivas, como se os outros tivessem que escolher nossas causas entre as milhares causas criadas, ou pudesse fazer alguma coisa.
Isso pode ser visto claramente ante a impossibilidade de diálogo racional. O resultado é a briga, separação e conflito.

Posts de indignação e revolta são abundantes e tem o poder de baixar a vibração coletiva, fique atento/a!

Nós mesmos, estamos pagando caro o tópico da corrupção e cada um tem o dever de cuidar de si. Nesse caso a primeira providência é encontrar a corrupção em si mesmo, então lutar contra ela lá fora se está nos vitimizando, já que o lugar da vítima é um lugar nada confortável de se estar, além de ser um lugar de fraqueza.

Se lhe fosse oferecido 50 mil reais mensais para entrar no seleto grupo dos corruptos, quantos de nós negaria?
Olhe com atenção para isso. Você não precisa dar satisfações para ninguém a respeito de suas conclusões não ser para si próprio/a.
Cure isso e estará curando o mundo.

Emocionalidade não tem
nada a ver com amor, pois o amor não é direcionado, por isso cuidado com pseudos amorosidades.
Muitos podem se sentir feridos com essas afirmações, mas não sou eu que estou ferindo, estou apenas traduzindo e clareando através do céu.
È necessário lembrar que somos privilegiados por fazer parte desse elenco nesse momento.
Quem aqui está é porque tem escopo para isso.

As mudanças são grandes e fortes, e quanto mais resistentes mais difícil será a passagem. Parar de se identificar com a dor dos outros dá um grande espaço de calma para lidarmos com as nossas questões sem julgamento.
É importante lembrar também que todo julgamento começa com o auto julgamento, portanto, observe e não se julgue. A Consciência é Luz que queima, assim que observamos de verdade aquele agregado psicológico se dissolve.

Toda a revolução começa no indivíduo.
Observe o Observador.
Ele não sente e não julga, apenas observa!

 

Por: Indumani Deva

https://www.facebook.com/maga.pierri

Anúncios

Uma resposta em “A Dor do Fechamento de uma Era

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s