A PRÁTICA DO HO´OPONOPONO

1406

O interesse por informação sobre o sistema Havaiano de cura Ho’oponopono tem aumentado muito aqui no Brasil estes últimos meses. Existem muitas traduções para o português de artigos em inglês que constam na internet. Ano passado reuni vários que melhor abordavam o processo e incluí em um E-book que editei sobre o Ho’oponopono, ele pode ser baixado gratuitamente neste site: http://www.hooponopono.com.br

A respeito da prática em si, que é muito simples e objetiva, vou apresentá-la aqui: Agora você vai entender porque o intelecto não dispõe dos recursos para resolver problemas, ele só pode manejá-los. E manejar não resolve problemas.

Ao fazer o Ho’oponopono você pede a Deus, a Divindade, para limpar, purificar a origem destes problemas, que são as recordações, as memórias. Você assim neutraliza a energia que você associa à determinada pessoa, lugar ou coisa. No processo esta energia é libertada e transmutada em pura luz pela Divindade. E dentro de você o espaço que foi liberado é preenchido pela luz da Divindade. Então, no Ho’oponopono não há culpa, não é necessário reviver sofrimento, não importa saber o porquê do problema, de quem é a culpa, sua origem.

No momento que você nota dentro de si algum incômodo em relação a uma pessoa, ou lugar, acontecimento ou coisa, inicie o processo de limpeza, peça a Deus:

“Divindade, limpe em mim o que está contribuindo para este problema.”

Então use as frases desta seqüência: “Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.” várias vezes, você pode destacar uma que lhe toca mais naquele momento e repeti-la. Deixe sua intuição lhe guiar.

Quando você diz “Sinto muito” você reconhece que algo (não importa se saber o que) penetrou no seu sistema corpo/mente. Você quer o perdão interior pelo o que lhe trouxe aquilo.

Ao dizer “Me perdoe” você não está pedindo a Deus para te perdoar, você está pedindo a Deus para te ajudar se perdoar.

“Te amo” transmuta a energia bloqueada (que é o problema) em energia fluindo, religa você ao Divino.

“Sou grato” é a sua expressão de gratidão, sua fé que tudo será resolvido para o bem maior de todos envolvidos.

A partir deste momento o que acontece a seguir é determinado pela Divindade, você pode ser inspirado a tomar alguma ação, qualquer que seja, ou não. Se continuar uma dúvida, continue o processo de limpeza e logo terás a resposta quando completamente limpo.

Lembre-se sempre que o que você vê de errado no próximo também existe em você, somos todos Um, portanto toda cura é auto cura. Na medida em que você melhora o mundo também melhora. Assuma esta responsabilidade. Ninguém mais precisa fazer este processo, só você.

A prece a seguir é da criadora do sistema Ho’oponopono da Identidade Própria, a Kahuna Morrnah Simeona. Faça esta oração em relação a qualquer problema com qualquer pessoa; ao se fazer o apelo ao Divino Criador estamos nos dirigindo à divindade que existe dentro de todas as pessoas, que é a extensão do Divino Criador. Só é necessário isso.
“Divino Criador, pai, mãe, filho em Um…
Se eu, minha família, meus parentes e ancestrais lhe ofendemos, à sua família, parentes e ancestrais em pensamentos, palavras, atos e ações do início da nossa criação até o presente,
nós pedimos seu perdão…
Deixe isto limpar, purificar, libertar, cortar todas as recordações, bloqueios, energias e vibrações negativas
e transmute estas energias indesejáveis em pura luz…
Assim está feito.”

Para mais informações e materiais sobre o Ho’oponopono visite http://www.hooponopono.forumativo.com e http://www.hooponopono.com.br

Sobre o autor

Al McAllister é Gaúcho de Porto Alegre, RS. Artista Plástico formado pelo Pratt Institute em Nova York. Com representação nos EUA e São Paulo, e pinturas em coleções particulares mundo afora. Adepto do chimarrão diário que compartilho com os amigos que visitam meu ateliê em Niterói, RJ onde resido. Em 2007 tive a grata satisfação de conhecer a prática do Ho’oponopono da Identidade Própria, conforme ensinado pelo Dr. Ihaleakala Hew Len. Ele define assim: “O Ho’oponopono é o processo de se liberar as energias tóxicas internas, permitindo assim que a Inspiração do Divino tenha um efeito impactante nos seus pensamentos, palavras, feitos e ações.” Você pode ler mais artigos de Al McAllister no http://www.suamente.com.br

——~-~—-~~~—————————~~————————————~
Você pode divulgar este artigo em sua página ou informativo, desde que mantenha o texto intacto, inclua esta nota sobre o autor com os links ativos e esta sentença, e avise-nos quando o artigo for publicado no email webmaster@suamente.com.br.

Uma resposta em “A PRÁTICA DO HO´OPONOPONO

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s