DESTINO OU ESCOLHAS

1326

Quando eu vejo alguém falar sobre destino sempre vem algo na minha mente e no meu coração, uma voz dizendo: Será o destino ou são as escolhas?

Quando digo escolhas, estou me referindo a tudo, tudo mesmo! Podemos começar desta forma:

Antes de nascer, o espírito precisar reencarnar, pois esta é a Lei da Natureza, é a Lei Divina, como disse o mestre e nosso irmão mais velho Jesus Cristo aos 12 anos de idade:

Quando perece o corpo físico, o Espírito, que é imortal, liberta-se, íntegro, levando portando, suas aquisições intelectuais e morais. Admitindo-se a realidade reencarnacionista tudo se faz esclarecedor, encontrando a justiça das leis do Criador atuando na criatura e, de forma coletiva, em toda a humanidade. A reencarnação é uma lei da Natureza. Jesus Cristo, aos 12 anos, dando aula no templo para os Anciões e já em fase adulta o amigo sublime também disse: “Podereis fazer o que eu faço e muito mais”.

Na finita maioria de nós, ainda estamos em um estágio de mais precisar encarnar do que escolher encarnar, por exemplo: Precisei deste pai, mãe, parentes, família, condição social, país, cidade e assim por diante para esta vida, porém o fato de precisar não nos isenta dos efeitos de nossas más escolhas do passado (Lei do Carma*). No momento atual em que vive a humanidade, nós (espíritos) também escolhemos outras tantas situações que precisamos trabalhar nesta nossa vida atual. Estamos fazendo escolhas antes mesmo de “nascer” neste plano e principalmente em vida, por isso, somente escolhas e não destino.

Todos nós (espíritos) sabemos de nossas missões de alma e que devem ser trabalhadas aqui neste plano encarnados, porém estamos em um ritmo muito lento em relação a esta percepção. A cada imperfeição nossa que aflora por qual razão que seja, vamos logo colocando culpa nas pessoas ou situações que originaram esta reação, sem ter a lucidez que tudo que sentimos no âmbito das emoções, sentimentos e quando pensamos pertencem somente a nós. As pessoas ou situações que nos rodeiam são apenas gatilhos que disparam em nós o que também viemos fazer nesta vida, nesta encarnação.

Já está ai um excelente começo para iniciarmos uma de nossas missões de alma, o autoconhecimento, autosuperação, autopercepção, reforma evolutiva (íntima), julgamento, preconceito, medos, tristezas, raivas, ódios e tantas outras emoções densas que estamos revirando uma vida após a outra, desperdiçando uma encarnação atrás da outra sem termos a maturidade espiritual de encararmos nossas imperfeições sem jogar a culpa nos outros…

Quando falamos de predestinados também falamos de escolhas e a grande diferença que as pessoas (espíritos) predestinadas tem em relação a nós é que foram grandes mestres da humanidade, exemplos: Buda, Krishna, Jesus Cristo, Lao-Tsé, São Francisco de Assis e muitos outros, são nossos irmãos mais velhos que sabendo de suas missões de alma e principalmente missão de alma para com a humanidade “escolheram” encarnar mais uma vez em nosso plano terrestre e deixando suas marcas atemporais trazendo um legado de amor, fraternidade, paz e de consciência divina para todo o mundo, porém, até eles poderiam ter escolhido quando estiveram encarnados a desviar-se de suas predestinações, mas é claro que enfrentaram todos os tipos de adversidades que existiam em suas épocas, uma vastidão de ignorância da raça humana e cumpriram suas missões.

Cada um dos grandes mestres da humanidade que já passaram pelo nosso planeta realizaram suas missões fazendo “escolhas” antes mesmo de encarnarem e principalmente vivendo suas encarnações.

Podemos nos espelhar em grandes mestres da humanidade lembrando que é possível conquistar nossos objetivos de alma pessoal e coletiva. Os grandes mestres, espíritos de pura luz e consciência divina são nossos irmãos mais velhos, eles deixaram muitas mensagens para nós em suas passagens de vida mostrando que nós somos capazes de chegar lá também.

Somos sim predestinados, somos predestinados ao amor, felicidade, coragem, confiança, superação, carinho, paz, felicidade, unidade, imortalidade e ao infinito da criação de Deus.

Crie sua história de sucesso, faça uma vida de realizações com escolhas lúcidas, entre no campo da ação, saia da inércia e não fique esperando o destino bater na sua porta, pois a vida é feita de escolhas.

Reverbere para o infinito que você é o Senhor da sua Vida. Deus lhe deu o maior poder de todos, o Livre Arbítrio, ou seja, o poder da escolha!

E você acredita em destino?

Amor
Determinação
Confiança

Jefferson L. Orlando

* Carma
 – Do sânscrito “Karma” – ação; causa – é a lei universal de causa e efeito – Tudo aquilo que pensamos, sentimos e fazemos são movimentações vibracionais nos planos mental, astral e físico, gerando causas que inexoravelmente apresentam seus efeitos correspondentes no universo interdimensional. Logo, obviamente não há efeito sem causa, e os efeitos procuram naturalmente as suas causas correspondentes. A isso os antigos hindus chamaram de Karma.

Jefferson L. Orlando – É Psicoterapeuta Reencarnacionista, Palestrante, Ministrante, Escritor, Apresentador do Programa Sol do Everest (Canal YouTube), Outorgado pela Magia Divina, Projetor Extrafísico e Espiritualista. Reside e atende em São Paulo/Capital com a Psicoterapia Reencarnacionista, Regressão Terapêutica (Método ABPR – Conduzido pelos Mentores Espirituais) e Bioenergético Anímico-Mediúnico através das Mandalas pela Magia Divina. Site: www.soldoeverest.com.br E-mail: jefferson@soldoeverest.com.br

2 respostas em “DESTINO OU ESCOLHAS

  1. Bom dia!
    Muito relativo, nao temos total escolha como imaginamos
    Diante da mira de um assassino, assaltante, catastrofes, doencas, economico, e muitos outros impedimentos nao temos escolhas.
    Se a vida fosse facil somente por uma escolha pessoal e pronto estariamos felizes.
    Temos escolhas dentro de certas situacoes apresentadas, vividas.
    Temos escolhas Desde que respeitando o outro, a etica, valores, compromissos assumidos, etc.
    Obrigada

    Enviado do meu iPad

    >

  2. Acredito em destino em parte, ou seja, muitas coisas que nos acontecem já estavam programadas visando nosso progresso, nosso aperfeiçoamento. Mas, com certeza, estamos sempre fazendo escolhas, inclusive nesta encarnação. Temos um certo livre-arbítrio para andar para a frente ou para estancar. Quem se enveredou pelo caminho das drogas, por exemplo, escolheu esse caminho. Foi opção pessoal. Não foi nada imposto ou programado antes de reencarnar. Para mim, uma vida sem livre-arbítrio não tem nada a ver.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s