ORAÇÃO MATINAL

Imagem

Obrigado pelo Universo, que é nosso santuário.

Obrigado pelo Povo das Estrelas, que cuida de nossas águas e de tudo que é vivo, nos guia e nos dá um lugar na vida.

Obrigado por nossa sagrada Avó, a Terra, mãe de todos os seres vivos, que são nossos parentes.

Obrigado pelo Vento do Leste que nos traz, para abrir o amanhecer, a Estrela da Manhã, nos permitindo começar um novo dia sem repetir os mesmos erros de ontem. O Vento do Leste traz a renovação para nossos corações, mentes, corpos e espírito, assim como para os espíritos de nossa Avó sagrada, a Terra e todos os nossos parentes, os seus filhos.

Obrigado pelo Povo Veado de Rabo Negro, que mora no Leste e cuida de nós.

Obrigado pelo Vento do Sul, que traz o calor e a generosidade para nossos corações, assim como para nossa Sagrada Avó, a Terra, e todos nossos parentes, seus filhos.

Obrigado pelo Povo Coruja, que mora no Sul e cuida de nós.

Obrigado pelo Vento do Oeste, que traz os espíritos do raio e do trovão para limpar e refrescar com a chuva nossa sagrada Avó, a Terra, todos os nossos parentes, seus filhos, limpando e refrescando nossos corações, mentes, corpos e nosso espírito.

Obrigado pelo Povo Búfalo, que mora no Oeste e cuida de nós.

Obrigado pelo Vento do Norte, que traz o vento forte e perseverante que dá a nossa sagrada Avó, a Terra, e a todos os seus filhos, força e resistência para nossos corações, mentes, corpos e espírito.

Obrigado pelo Povo Cervo, que vive no Norte e cuida de nós.

Obrigado por todos os seres alados, todos os que voam, por seus ensinamentos, sua generosidade, e seu sacrifício.

Obrigado especialmente pela águia, que voa mais alto, vê mais longe, e é fiel ao cônjuge.

Obrigado pelos seres de quatro patas, que tanto nos dão e nos ensinam, pelos sacrifícios e por aquilo que compartilham.

Obrigado especialmente pelo búfalo, pois onde quer que o búfalo esteja, estará o nosso povo.

Obrigado por todos os nossos parentes que rastejam e nadam em nosso planeta, por seus sacrifícios e por tudo que compartilham conosco.

Obrigado pelos seus ensinamentos e por tudo aquilo que nos dão.

Obrigado por tudo que cresce, por toda a vegetação da Terra. Ela tanto nos ensina e nos dá.

Obrigado pelo seu sacrifício e por aquilo que compartilham.

Obrigado especialmente pela árvore e pelas folhas que sussurram, por sua força e independência, por seu ensinamento.

Obrigado pela sagrada Árvore da Vida, a qual devemos nutrir e cuidar, para garantir que ela dê novas flores e frutos e permita, assim, que nosso povo continue vivo.

Obrigado pelo salmão e pelos diversos peixes, que nos ensinam que herdamos o direito de voltar para nossa casa.

Obrigado pela aranha que, nos ensina as artimanhas do destino.

Obrigado por cada cerimônia sagrada trazida para nós pela Mulher Novilha de Búfalo Branco.

Obrigado por nossa tenda do suor, que nos ilumina por meio da compreensão, da purificação e limpeza.

Obrigado pela Dança do Sol, que dá aos homens a oportunidade de absorver e valorizar o milagre da renovação da vida ao partilharem, em menor escala, da experiência do nascimento.

Obrigado pelo Chamado da Cerimônia da Busca da Visão, que nos permite reconhecer o caminho correto a ser seguido na vida, uma estrada que é otimista e livre.

Obrigado pela Cerimônia de Criação de Laços de Parentesco, que nos permite trazer novos membros para nossa nação, família e clã.

Obrigado pela Cerimônia de Conservação do Espírito, que nos dá o privilégio de honrar os nossos ancestrais e de reunir a comunidade para compartilhar e celebrar os feitos daqueles que se foram.

Obrigado pela Cerimônia do Lançar da Bola, que reúne a comunidade em um só coração, uma só mente, um só espírito e corpo.

Obrigado pela Cerimônia da Menarca, que faz com que nossas jovens mulheres almejem pertencer ao universo com dignidade.

Obrigado por nossas cerimônias de cura, onde os enfermos, incapacitados e doentes são cuidados.

Obrigado por nossos parentes que crescem da terra e produzem doces remédios.

Obrigado pelo barro, pelas nuvens, pelo cobertor branco que cobre nossa Avó, a Terra, na época do frio.

Obrigado pela água.

Obrigado por poder celebrar Solstícios e Equinócios.

Obrigado por dançar e cantar junto ao irmão fogo.

Obrigado por celebrar cada lua cheia.

Obrigado por todas as cores sagradas, que juntas representam tudo o que vale a pena na vida, e que separadas, tanto nos ensinam.

Obrigado pelo vento que se move em um círculo, pois ele nos ensina sobre o respeito, o encanto e o assombro.

Obrigado por poder compartilhar a cura nativa com todos que entram em meu espaço sagrado de cura.

Obrigado por tudo que é sagrado, abençoado e bom.

Somos todos ligados por relações de parentesco.

 

Fonte: Xamã Urbano

Uma resposta em “ORAÇÃO MATINAL

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s