ESCALDA-PÉS – FUNCIONA OU NÃO?

Imagem

O hábito de fazer escalda-pés em determinados momentos do ano é um costume milenar em várias tradições e civilizações. Há 6 mil anos atrás já há relatos da prática de lava-pés, que tinha a finalidade de relaxamento e limpeza. Há inclusive uma passagem bíblica que envolve esta prática: No Cenáculo, durante a Ceia Pascal, Jesus como Mestre e Senhor, despoja-se do manto, pega uma bacia e põe-se a lavar os pés dos discípulos. Na tradição judaica, oferecer água para lavar os pés era sinal de hospitalidade e acolhida, um ato geralmente realizado por escravos, empregados ou pessoas que cometiam delitos. Jesus com este gesto reverencia seus convidados e deixa uma mensagem de humildade. Em várias tradições orientais oferecer água para lavar os pés também mostrava um sinal de respeito e acolhimento por parte do anfitrião. Na medicina tradicional chinesa, o escalda-pés é usado amplamente em diversas situações clínicas. O escalda-pés muitas vezes nos foi apresentado por nossas avós, um conhecimento tradicional que está disponível, que é fácil de ser realizado e é efetivo.

A grande indicação – evitar resfriados e gripes!

Talvez uma das mais milagrosas indicações do escalda-pés é naquele momento em que percebemos que estamos iniciando um resfriado ou uma gripe. Isso acontece geralmente quando ficamos muito expostos ao vento, ao frio e à umidade. Todos esses fatores patogênicos sensibilizam nossos receptores na pele facilitando a entrada de vírus e bactérias. O fato é que começamos a sentir uma baixa de energia, cansaço, tosse, espirros, frio em todo corpo, tremores, coriza, dentre outros sintomas. Nesse momento realizar o escalda-pés à noite com um chá quente e logo após ir dormir bem enrolado num cobertor pode ser melhor do que qualquer outra medicação.

Outra importante indicação – deficiência de Yang!

A grande maioria de nós tem deficiência de Yang Qi (energia vital), seja aguda ou cronicamente. Muitos de nós vivemos com nossas extremidades frias, vivemos desanimados, sem energia e ficamos doentes com facilidade. Nossa memória, nossa cognição e nossos insights não acontecem de maneira fácil. Temos noites de sono péssimas, respiramos mal e nos alimentamos mal. O resultado a médio e longo prazo é um esgotamento geral de energia, disposição e calor no corpo. Quando nos percebemos nesse tipo de situação o escalda-pés é uma terapêutica importante a ser realizada, não isoladamente, mas complementar a outros tratamentos.

Mesmo que você não se encontre com todos os sintomas relacionados, fazer escalda-pés jamais será ruim, a menos que a pessoa tenha alguma úlcera na perna, diabetes avançado, neuropatias periféricas, cardiopatia isquêmica, ai sim seria contraindicado. Ao fazê-lo, você estará reparando suas energias e fortalecendo o seu corpo ao fazer escalda-pés uma ou duas vezes por semana.

A técnica

1)    Escolha um recipiente alto e largo, que possa acomodar seus pés e que possa conter água até metade de sua perna/canela (não adianta fazer escalda-pés com a água apenas na sola dos pés, o efeito será pequeno);

 2)    Coloque água morna do chuveiro até ¾ do recipiente;

 3)    Esquente uma chaleira grande com água;

 4)    Pegue toalha para secar os pés logo depois de tirá-los da água;

 5)    Pegue meias e calça de agasalho para se aquecer e não pegar frio logo depois (pegar frio depois pode piorar o quadro de resfriado e gripe, você está exposto, deve se proteger rapidamente);

 6)    Coloque as pernas na água, vá colocando aos poucos a água da chaleira, mantendo a temperatura elevada (cuidado para não se queimar!);

 7)    Faça escalda-pés por no mínimo 25 minutos. O ideal é interromper logo que perceba estar suando na testa.

 8)    Querendo aumentar o efeito do calor, pode se cobrir e colocar uma touca na cabeça.

 9)    Nos spas são utilizadas várias fragrâncias, chás, sal grosso, perfumes. Isso tudo é secundário, mas deixa um clima agradável para seu tratamento. Você pode criar a vontade no que se refere a essa questão.

 10) Quando terminar, enxugue rapidamente os pés, coloque meias, calçados e vai direto para a cama com várias cobertas. Se suar durante a noite, troque as roupas para evitar o contato com a umidade.

Você ainda questiona a efetividade do escalda-pés?

Então experimente nos momentos mencionados.

Faça a técnica corretamente.

No outro dia estará com uma nova disposição!

 

Fonte: Caminhos de Cura

Revisão: Cibele Santos – Nutricionista, Taróloga e Terapeuta Xamânica

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s