SUPERANDO OBSTÁCULOS

Imagem

A cada momento, a vida nos desafia a superar obstáculos, enfrentando nossas fraquezas e inseguranças. Às vezes, temos a impressão de que jamais conseguiremos dar conta da tarefa, pois nos esquecemos do poder interior que nos é inerente.

Ele sempre existiu, mas ao longo de nosso crescimento, foi sendo sufocado pelas crenças negativas que nos incutiram. A principal delas é a de que somos incapazes de vencer nossas próprias limitações, e ao incorporá-la, assumimos uma postura de timidez e encolhimento.

Desconstruir essa imagem de derrota e substituí-la por uma confiança inabalável, não é uma tarefa fácil. Mas temos, sim, o poder de fazê-lo, se tivermos a coragem de ir ao encontro daquilo que nos impõe medo.

Sair da paralisia só pode ser possível, se ainda existir em nós uma parcela, ainda que mínima, de vocação para a felicidade. Será ela, essa pequena chama, que nos impulsionará a enfrentar o que for preciso para sair do estado de sofrimento e descrença.
Nada pode ser mais compensador do que entregar-se a esta possibilidade e descobrir que o esforço valeu a pena, que os fantasmas que nos aterrorizavam a mente eram apenas isso, sombras às quais durante muito tempo atribuímos um grande poder.

Mas a verdadeira força, aquela que emana da dimensão espiritual do nosso ser, só pode ser descoberta a partir do momento em que tomamos a firme decisão de acreditar em sua existência. Não mais alimentar as dúvidas e incertezas é o passo decisivo para que experimentemos finalmente um estado permanente de alegria e serenidade.

“Felicidade ou infelicidade não são dependentes de circunstâncias externas. Não há nem felicidade nem infelicidade nas coisas externas; seu estado de alegria ou de tristeza depende de sua reação a essas coisas externas.
Na verdade, as coisas não importam; o que importa é a sua visão das coisas; tudo depende de como olhamos as coisas. Assim, em suma, a importância é do indivíduo, e não do objeto: a importância está em você e não no objeto que você possui.
Daí que podemos dizer que a felicidade ou a infelicidade reside dentro de nós. Epictectus disse: “Se você está infeliz, saiba com certeza que você é a causa disso”.
Eu diria a mesma coisa. Nós somos a causa de nossa miséria, porque seja de que forma estejamos, nós mesmos criamos essa condição. Por favor, tenha esta verdade em sua mente, porque você não pode transformar a sua vida sem ela: se você se sente infeliz, saiba que alguma coisa está errada em seu ponto de vista.
Uma vida miserável é resultado de uma maneira errada de olhar para as coisas; e uma vida feliz é o resultado de uma abordagem correta em relação à vida.
Por favor, sempre que você se sentir miserável, tente buscar pela causa da sua infelicidade dentro de você, não do lado de fora. E então, gradualmente, você descobrirá as causas da sua infelicidade, escondidas em suas próprias reações. Então, uma nova vida começa para você”. 
(Osho)

Por: Elizabeth Cavalcante

Uma resposta em “SUPERANDO OBSTÁCULOS

  1. Pingback: SUPERANDO OBSTÁCULOS | Cosmopolitan Girl

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s