MEDITAÇÃO À DOIS – O CAMINHO PARA O AMOR

161

Meditar com um parceiro pode ser muito poderoso e transformador. É reconhecer que a outra pessoa é você. Você e eu somos um. Somos um, e somos Deus. Compartilhamos a mesma essência Divina. Através da luz dos olhos você vê a alma da outra pessoa, um fragmento da alma universal e do espírito eterno. Então quando você medita com um parceiro a questão não é o parceiro em si, mas você e seu reflexo no outro. A questão é a sua experiência, sua meditação. Ao focar nos olhos do outro, na vibração do coração e no som, você penetra sua própria alma. Quando você senta na frente do outro, sentimentos e pensamentos podem aparecer. Você pode querer rir, chorar, você pode se sentir desconfortável no início. Apenas não dê atenção a isso nem o reprima, simplesmente não apegue sua mente às sensações e foque no mantra e na meditação. E lembre sempre, seja o que for que surgir, de não culpar seu parceiro por isso. É o seu próprio mundo interior e a sua própria experiência. Faça-nos saber se você tiver perguntas e conte-nos sobre seu progresso.

Com o coração

Markus & Angelika

Mirabai Ceiba

 

Saiba maishttps://omundodegaya.wordpress.com/taroline/

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s